Linux Distros 100% livre de componentes "proprietários"

Estas são as distribuições GNU / Linux que, de acordo com a Free Software Foundation (FSF), têm uma política na qual se comprometem a incluir e oferecer apenas software livre. Essas distribuições rejeitam aplicativos não livres, plataformas de programação, drivers e firmware. Se eles incluírem algum por engano, eles serão removidos.


Se você está se perguntando por que uma determinada distribuição não está na lista abaixo, você pode querer ver o razões pelas quais a FSF não suporta algumas distribuições populares. Ele detalha as razões pelas quais várias distribuições conhecidas não atendem aos padrões definidos pela FSF.

Todas as distribuições listadas abaixo podem ser instaladas em seu disco rígido e muitas funcionam sem instalação. Eles são organizados em ordem alfabética.

  • BLAG, BLAG Linux e GNU, uma distribuição GNU / Linux baseada em Fedora.
  • dragora (Arg.), Uma distribuição GNU / Linux independente baseada no conceito de simplicidade.
  • dinebólico, uma distribuição GNU / Linux que dá ênfase especial à edição de áudio e vídeo.
  • gNewSense (EUA), uma distribuição GNU / Linux baseada em Debian e Ubuntu.
  • Kongoni é um sistema operacional GNU / Linux gratuito com um nome de origem africana. O nome vem da palavra Shona para "gnu" (também conhecido como connochaetes).
  • Musix GNU + Linux (Arg.), Uma distribuição GNU + Linux baseada no Knoppix, com ênfase especial na produção de áudio.
  • Trisquel (Espanha), uma distribuição GNU / Linux para pequenas empresas, usuários domésticos e centros educacionais.
  • UTUTO-e (Arg.), Uma distribuição GNU / Linux baseada no Gentoo.Foi a primeira distribuição GNU / Linux totalmente gratuita reconhecida pelo Projeto GNU.
  • venenux, uma distribuição gratuita construída em torno da área de trabalho do KDE.

O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

12 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   Vamos usar Linux dito

    Não falta nada!!
    Repara! : S
    Felicidades! Paulo.

  2.   paraclasse dito

    Trisquel ausente!

  3.   guzman6001 (reprasol) dito

    Eu uso Venenux… Parece-me uma distro extraordinária.

  4.   Vamos usar Linux dito

    Venenux é realmente bom ... um dos poucos 100% grátis que vem com o KDE.

  5.   Vamos usar Linux dito

    Não. Aparentemente não é, pelo menos para a FSF. No entanto, o conteúdo proprietário deve ser mínimo.
    Felicidades! Paulo.

  6.   Mordraug dito

    Havia alguns que eu não sabia, obrigado pela informação

  7.   Victor Hernandez dito

    Desculpe pela ignorância, mas eu entendi que o Debian também se enquadra neste título 😀

  8.   soberano dito

    Para mim, o melhor é LINUX CANAIMA, construído sob o governo Bolivariano da Venezuela Por nosso presidente Hugo Rafael Chavez frias

  9.   órfão dito

    O Debian está em uma distribuição livre, porém não está incluído nas distros desta categoria porque ele mantém e possui os repositórios não-livres e contrib em seus servidores.

    Resumindo, se eles usarem apenas o repositório principal, você obtém uma distribuição 100% gratuita.

  10.   Maty dito

    Q GREAT UTOTO

  11.   Jorgício dito

    Faltava o Parabola GNU / Linux, uma distro chilena, baseada no Arch Linux, mas totalmente gratuita, sem componentes proprietários.

    1.    Keiller dito

      Eu não a conhecia. Eu vou tentar.