É oficial, Ubuntu e Kubuntu não existirão mais em CDs

Na AMD! Ubuntu! Eu li a notícia e tenho certeza de que já teve eco suficiente na rede até agora.

Acontece que a versão atual de desenvolvimento do Ubuntu (12.10) não vai pesar 700 MB, não, vai pesar 800 MB. Isso de acordo com o que foi dito por Kate Stewart em lista de correio de Ubuntu:

Não existe mais uma imagem tradicional de tamanho de CD, DVD ou imagem alternativa, mas uma única imagem Ubuntu de 800 MB que pode ser usada de USB ou DVD.

O Ubuntu Server não é afetado pela mudança.

Cuja tradução para o espanhol seria mais ou menos:

Não haverá tamanho de CD padrão para a imagem (.ISO), DVD ou alternativo, em vez disso, um único ISO de 800 MB estará disponível, que pode ser usado a partir de USB ou DVD.

O Ubuntu Server não será afetado.

Agora você já sabe ... para instalar de um DVD ou de USB 🙁

Com Kubuntu Acontecerá igual ou pior, pois o ISO passará de 700MB para 1GB:

O Kubuntu 12.10 agora vem com uma imagem de 1 GB para um drive USB ou DVD.

Cuja tradução é:

O Kubuntu 12.10 agora vem em uma imagem de 1 GB para USB ou DVD.

O motivo da mudança não é outro senão melhorar a embalagem com a qual vem Ubuntu Por padrão, ou seja, esses 100 MBs a mais do que agora disponíveis permitirão que eles incluam mais pacotes, mais software.

Além disso, com o desaparecimento do CD alternativo do Ubuntu, os desenvolvedores não perderão tanto tempo fazendo essa outra imagem, eles apenas compilarão uma que seja multiuso.

Esta notícia não me incomoda ou gosto dela, só me parece que muitos não vão gostar.

A pergunta que devemos nos fazer é:

Quantos de nós instalamos pelo CD e só podemos instalar pelo CD?

Se mais de 10 usuários tiverem esse problema, isso automaticamente fará com que a decisão do Ubuntu não seja totalmente correta.

Para finalizar, quero deixar uma pequena lista comparativa do tamanho em MBs que os ISOs do Ubuntu possuem, uma lista feita por AMD! Ubuntu!:

  • Ubuntu 12.10 Beta 1 745MB
  • Ubuntu 12.04.1 695MB
  • Ubuntu 11.10 695MB
  • Ubuntu 11.04 685MB
  • Ubuntu 10.10 693MB
  • Ubuntu 10.04.4 694MB
  • Ubuntu 9.10 690MB
  • Ubuntu 9.04 699MB
  • Ubuntu 8.10 699MB
  • Ubuntu 8.04 699MB
  • Ubuntu 7.10 696MB
  • Ubuntu 7.04 698MB
  • Ubuntu 6.10 698MB
  • Ubuntu 6.06 696MB
  • Ubuntu 5.04 627MB
  • Ubuntu 5.04 625MB
  • Ubuntu 4.10 643M

Aliás, outras mudanças que virão no próximo Ubuntu 12.10 serão mais aplicativos em Python3, então a migração de Python2 para Python3 já começou para eles, nova versão do X.org e Mesa (pessoalmente acho que horrores serão vistos aqui ...)

PD: A mulher que fez o anúncio se chama Kate Stewart, mas ela definitivamente NÃO é a atriz kkkkk.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

22 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   Adoniz (@ NinjaUrbano1) dito

    Bem, eu sou igual a você nem vai nem vem a mim.

    XD

  2.   Alf dito

    não vai haver cd, na net tem uns apontamentos onde se diz que não vai haver cd ao vivo, a princípio pensei ter entendido que seria algo como debian, sem função live; entendi mal? ou eles apenas removerão o CD, mas ainda será um DVD ao vivo.

    lembranças

    1.    nano dito

      permanecerá DVD ao vivo

    2.    rock and roll dito

      Como detalhe nada mais, o Debian tem imagens ao vivo, com ambientes LXDE, Gnome, KDE e Xfce.
      Saudações.

  3.   crotus dito

    Não uso um CD ou DVD para instalar há muito tempo. Existem vários fatores:
    * Aqui na Argentina os discos ópticos aumentaram de preço.
    * Os pendrives estão com um bom preço e podemos apagá-los / formatar / reescrever, etc.
    * Para quem sofre de Versionitis ** Virtualbox (entre outros) tem sido de grande ajuda.

    ** Versionitis: Addiction para instalar qualquer distro que não seja proposta ou a última que saia do Distrowatch 🙂

  4.   Jamin-Samuel dito

    Eu os entendo .. Nesta altura do ano de 2012 ... Toda máquina já funciona e é feita para ler DVDs ..

    Aquele que não gosta, é só hora de dar um pouco de amor ao seu hardware 😉

    1.    rock and roll dito

      Ok, mas nem todos podem se dar ao luxo de "amar seu hardware", muito menos se você pensar em instituições que exigem muitas máquinas, como as educacionais. Mas hey, existem muitas outras distribuições e, portanto, o que o Ubuntu faz não se preocupa com o resto do mundo SL.
      Saudações.

    2.    medina07 dito

      Estou com você 100%, um grande número de usuários espera que os sistemas operacionais atuais, bem como sua mídia de instalação funcionem sem problemas em máquinas obsoletas, algo totalmente impossível, visto que a tecnologia avança em um ritmo rápido e é uma ideia rebuscada que essa tecnologia funciona perfeitamente em equipamentos totalmente descontinuados. Felizmente para usuários que possuem computadores com poucos recursos, existem alternativas no GNU / Linux.

  5.   Pandev92 dito

    Bem, usar chaves usb não é tão difícil ...

    1.    truko22 dito

      Isso mesmo, e a instalação e execução no modo livecd são mais rápidas.

  6.   sieg84 dito

    eles dificilmente instalarão o Unity ou KDE em um PC que não seja capaz de inicializar a partir de um USB.

  7.   Khourt dito

    Na minha quase, já tenho uns 5 anos instalando a partir do USB, principalmente quando me dá "Versionitiss" Hehehe!

    @ KZKG ^ Gaara, ou quem sabe do assunto, já fui chamado sobre o Python 3, o que significa essa mudança no nível do usuário ??? Ou será que, como antes, podemos ter Python 2.6, Python 2.7 e Python 3? e apenas cada programa usa o que precisa. E a compatibilidade ???

  8.   k1000 dito

    Faz muito tempo que não uso o ubuntu, lutei com ele porque nas versões 10.X travava meu pc por motivo aparente, desde então procurei em DVD até 1GB, mas não justifico, instalei recentemente o openSUSE (que maravilha da distro XD) em CD e sai tudo bem vazio, quase nada e no final acaba baixando o DVD completando os aplicativos e atualizações. Acho que a decisão de ter um desktop mais completo é mais convincente.

  9.   Dom Vito dito

    Veja como o tempo passa rápido, a primeira versão do Ubuntu que usei foi a 6.06. Já se passaram 6 anos, mas mesmo que o tempo tenha passado, ainda parece uma distribuição feita pela metade.

  10.   Brutosaurus dito

    Cara ... acho que o mesmo que eles comentaram anteriormente por aí ... vai ser difícil instalar o ubun / kubun em um computador antigo que não permite inicializar a partir de um USB. Se é verdade que há quem “coleciona” esses CDs ... a única coisa que atualmente, infelizmente, deve fazê-lo em DVD.

  11.   Uau dito

    Se o seu computador não suporta DVD ou USB, certamente não aguentará o peso do Ubuntu + Unity na versão Live, então use o Xubuntu, que tem uma versão em CD e seu computador vai agradecer para sempre.

  12.   Brutosaurus dito

    Esqueci de comentar que a desvantagem de tudo isso é para quem tem um computador potente mas não tem uma conexão de internet muito boa, pois o download demoraria muito mais!

  13.   Seba dito

    Acho que o aumento da ISO é um passo lógico, porém, para computadores mais antigos ou voltados para ambientes educacionais existem outras alternativas que podem ser melhores.

  14.   Manuel_SAR dito

    Hmm, tudo bem, eu também percebi que agora as memórias USB caíram de preço e com o impacto que os netbooks que vêm sem uma unidade de CD / DVD tiveram, bem, é algo que eu penso ou sinto. Além disso, para alguns PCs que não podem inicializar a partir do USB, ainda existem inúmeras opções do Linux para serem instaladas a partir do CD.

  15.   Blazek dito

    Não me importa o tamanho da imagem ISO de uma distribuição. Aliás, refletindo um pouco, não me lembro da última vez que usei um CD ou DVD, acho que nem os uso mais, nem mesmo para instalar os drivers para máquinas Windows, porque eu baixa-los da internet e salvo as cópias nos pendrives . Aliás, aqui na Espanha é difícil encontrar CDs virgens, os DVDs virgens ainda estão sendo vendidos, mas há 5 ou 6 anos ocupavam vários estandes e agora você só encontra uma ou duas marcas em um canto.
    Total que há cada vez menos o que dizer adeus ao CD / DVD.

  16.   xintoísmo dito

    Eu nunca uso cd ou dvd hehehehe

  17.   Rafael dito

    Bons amigos, que notícia séria que nosso Kubuntu não cabe mais em um CD, estou desanimado com o editorial mas por outro lado acho que me lembro que a última equipe que só lia CDs o jogou fora há cerca de 8 anos atrás, por outro lado parte Reconheço que se houver 10 usuários do SEAT 600, o fabricante deve continuar a fabricar peças de reposição.
    Com todo o amor do mundo, sejamos realistas e acabemos com o populismo barato.

    Saudações a todos

    Rafael