A próxima geração de cibercriminosos

Muito bom a todos, um título mais do que sugestivo, e quero começar com este pequeno vídeo que vi há muito tempo, uma daquelas joias que te fazem desconfiar da tecnologia e te dão arrepios.

Apesar de sua aparência inofensiva, este vídeo é certamente algo que todos nós, profissionais de TI, devemos temer e conhecer. Mas vamos revisar alguns detalhes primeiro.

Mario

O autor do vídeo nos conta a história do jogador que conseguiu superar esse nível do conhecido jogo Super Mario World. No processo, ele explica que o referido jogador não é humano, e sim um programa de computador que tem aprender sozinho o processo do jogo.

Neuroevolução

Este é o processo que Mar.io seguiu desde não saber absolutamente nada sobre o jogo até completar o nível com sucesso. Este processo emula cérebros humanos e gera uma rede neural. Esta rede pode ser vista no canto superior direito de Mar.io e é aquela que é gerada após uma longa sequência de tentativas e erros.

Resultar

Após 24 horas de evolução neural, Mar.io conseguiu completar com sucesso o nível, isso devido a uma série de gerações que aprenderam que o caminho a seguir é para a direita, que há coisas que podem prejudicar Mar.io e você pode evitá-los com comandos como pular e assim por diante.

Está tudo nos números

Se você viu o vídeo completo, você saberá que existe um diagrama no qual uma linha azul é mostrada (4:06). Este gráfico mostra o fitness alcançados em cada geração. Fitness é o resultado obtido a partir de uma função que consome, entre outras coisas, a distância e o tempo de morte de Mar.io. Como você pode ver, existem pontos em que ele para em sua evolução, mas eventualmente encontra a solução e continua a evoluir. Após 32 gerações de Mar.ios, o objetivo de completar o nível foi alcançado.

O que isso tem a ver com segurança?

Muitos estarão perguntando agora, mas acho que a resposta é mais do que óbvia, vamos mudar o contexto para Mar.io um pouco, vamos supor que em vez de jogar seu jogo inofensivo, damos a ele um computador com mmm ... Kali Linux ?

Kali Linux

Todo bom profissional de TI deve conhecer esse nome, assim como Ubuntu significa computadores desktop e os nomes Red Hat e SUSE, grandes empresas que giram em torno do Linux. A primeira coisa que sempre vem à mente quando falamos sobre segurança de computadores é o Kali Linux.

Simplifique o pentesting

Para aqueles de nós que já brincaram um pouco com a distro, sabemos que Kali simplifica muito as etapas de pentesting, pois nos dá um conjunto completo de ferramentas que podemos começar a usar em seu ambiente ativo e instalando em um disco rígido. Algumas dessas ferramentas são instaladas manualmente, elas vão me dizer mais de uma, mas se olharmos de forma um pouco simplista, com o que pré-instalamos estamos mais do que preparados para um pentesting «normal».

pentesting

Este é o processo que um analista de segurança executa, alguns defensivamente, mas se você estiver em Kali, provavelmente ofensivamente. Ao longo de um pentesting, o analista faz um reconhecimento do alvo, encontra possíveis vetores de ataque, realiza ataques direcionados em ambientes tão "controlados" quanto possível, e após um longo esforço gera um relatório detalhado de todo o processo e aponta possíveis falhas que podem ter um sistema / software / equipe / pessoa.

mario pentester

Suponha por um segundo que Mar.io decida dedicar sua vida à análise de segurança, não dorme, não come, não brinca, só precisa de tempo para processar coisas e números para analisar seus resultados. Vamos imaginar o que acontecerá depois de alguns meses estudando Kali Linux. Com um pouco de tempo você aprenderá a usar nmap, talvez mais tarde você se interesse em tentar metasploit, e quem sabe, talvez com o tempo gere um programa próprio para tornar as coisas mais eficientes. Isso me lembra muito o programa de IA do Facebook que decidiu criar sua própria linguagem de negociação porque o inglês não era muito "eficiente" (e não, também não era o esperanto, caso você esteja se perguntando 😛).

O futuro da segurança

Vamos imaginar agora por um momento que depois haverá apenas Mar.ios trabalhando na segurança, alguns atacando, outros defendendo, mas isso não importaria mais. Por quê? Bem, porque se tivermos os dois lados lutando nesse nível, sem dormir, sem comer, sem nada ... o que um humano poderia fazer para estar no nível deles? Vamos lembrar da IA ​​do Google, que foi capaz de derrotar o melhor jogador de Go no que é considerado o jogo mais complicado do planeta para uma máquina :).

Isso nos leva ao mundo corporativo, no qual os pentesters não serão mais necessários, nem para auditar nem para se defender, e as grandes empresas terão servidores dedicados à análise contínua de seus programas e redes.

Devo continuar minha carreira em segurança?

Bem, isso é algo um pouco complicado de responder 🙂 se seguirmos a mesma premissa para qualquer área, vamos ver que 90% dos trabalhos futuros serão ou poderão ser feitos pelo pequeno Mar.ios, da psicologia, através do direito e medicina, até que finalmente cheguemos ao software, digo finalmente porque o ponto em que um programa é capaz de se modificar, esse será o ponto final do nosso controle sobre os programas, eles vão se aperfeiçoar e depois serão incontroláveis. Parece assustador, eu sei 🙂 mas deixe-me sonhar um pouco 😛

Voltando a focar no assunto, valha a pena ou não aprender a fazer isso, acho que sim ou não. Sim, vale a pena se você realmente vai se aprofundar no assunto, e vai investigar e aprender coisas que vão além do simples fato de repetir um processo mil vezes na esperança de obter o mesmo resultado.

Isso se aplica a pentesters e desenvolvedores e administradores de sistema. Quem sabe usar apenas uma ferramenta será facilmente substituído por um Mar.io no futuro. Aqueles que, por outro lado, podem desenhar ferramentas (verdadeiros hackers: P) serão os que treinam e melhoram o pequeno Mar.ios, não terão o futuro assegurado, mas desde que sejam melhores que os programas, eles vão poder levar pão para a mesa 🙂

Reflexão

Bom, até agora será por hoje, obrigado pela leitura e gostaria de te pedir um favor. Sei que muitos leem sem comentar, e é verdade que já lhes devo vários tópicos para escrever ou continuar, mas nunca é demais um feedback para saber se há dúvidas ou não, se podem comentar algo mais ou não, sim. Você tem uma contribuição substancial para o texto, ou o que quer que venha à mente 🙂 Assim você me motiva a continuar escrevendo e ao mesmo tempo me dá novas ideias para outros artigos. Saudações.

 


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique clique aqui.

65 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   anônimo dito

    Postagem muito boa, interessante, continue

    1.    Chris ADR dito

      Muito obrigado 🙂 Agradeço muito o gesto de deixar o comentário 🙂

  2.   Mercado dito

    Futuro apocalíptico ...
    Olá Chris!
    Muitas tecnologias estão chegando, surpreendentes e / ou assustadoras. No momento, muitas pessoas estão loucas em obter criptomoedas.
    Chris, da perspectiva de seu administrador de sistema, que potencial o blockchain tem além das criptomoedas? Eu li comentários de que essa tecnologia reduzirá o uso de servidores. Isso afetaria principalmente o uso do Linux em servidores?
    Bom post, obrigado!

    1.    Chris ADR dito

      Oi Mart, obrigado por compartilhar.

      Bem, eu não lido com criptomoedas, essencialmente porque também não lido com muito dinheiro hoje 😛 Mas pelo que eu sei, o blockchain tem um enorme potencial para a sociedade. Em primeiro lugar existe a natureza irrefutável das transações, em um ambiente global onde todos sabem TUDO que se transmite ou se transmite, é extremamente difícil fazer coisas "escondidas", e o registro irreversível torna o histórico de eventos capaz de mostrar muitos eventos .

      Eu também entendo que eles eliminam o irritante sistema de terceiros ao qual estamos tristemente escravizados. Vamos apenas pensar por um momento, se eu não tivesse que depender de cada entidade para fazer o que eles querem com minhas coisas, seria incrível ! A maior preocupação, no entanto, que surge disso é que nem todos estão preparados para tal responsabilidade, e muito pode ser o dano que surge de um "hack" para pessoas que não conseguem controlar um telefone celular de forma eficiente.

      Isso me parece uma daquelas ondas de popularidade, você pode pegá-lo antes de explodir, ou pode pegá-lo quando ele estiver caindo, mas acredito que isso vai continuar crescendo por muito tempo, vai liberar todo o seu potencial nos anos seguintes, e nessa altura veremos se as instituições financeiras vão conseguir fazer frente com a sua tão "nova" fintech. Este é sem dúvida um tema quente nos próximos anos 🙂

      Quanto aos servidores, muito pelo contrário! A beleza dos servidores é que todos podemos acessar um, com nossos simples computadores podemos começar a trabalhar essa cadeia e sistema de mineração, é vital que os servidores acompanhem o fluxo de informações que seria executado se apenas criptomoedas fossem utilizadas. Em última análise, apenas GNU / Linux e UNIX iriam enfrentar o desafio (desculpe para os amantes de servidor Windows).

      Definitivamente, aquele que consegue um servidor poderoso para gerar criptomoedas, ou que pode ter um grande número de nós no futuro, será capaz de muitas coisas, estou pensando em conseguir muitos framboesas para começar a usá-los como uma rede de mineração 😛 mas eu ainda temos que esperar para conseguir um emprego e dinheiro para isso 😛

      Muito obrigado por trazê-lo para a mesa, cumprimentos

      1.    Jordi dito

        Olá
        No blockchain, acho que a ideia é muito boa: um banco de dados distribuído que não pode ser alterado, a menos que você tenha a maioria dos nós na rede.

        Mas não acho que ele tenha muito futuro além de servir como um "notário".

        É um sistema ultra-ineficiente em termos de capacidade, flexibilidade e velocidade e, portanto, só vejo futuro em ambientes muito específicos, como as transferências interbancárias de dinheiro.

        O dinheiro que os bancos trocam entre si não necessita de transferências instantâneas, podendo esperar vários minutos pela confirmação de cada transação, mas dá ao sistema a confiança e segurança que um serviço como este exige.
        O ruim também é que um sistema como este, para uso interno entre bancos, teria necessariamente poucos nós (alguns milhares no máximo), o que possibilita, se você tiver os melhores especialistas em matemática, estatística e informática em sua folha de pagamento, e com uma fortuna imensa, um dos grandes bancos será capaz de manipular a rede, introduzindo alguns milhares de nós.

        Total, por um lado, uma blockchain precisa ser gigantesca para ser segura, e quando é gigantesca torna-se extremamente lenta (e estamos falando do tratamento de alguns bytes, que é o que cada transação ocupa!).

        Quanto ao que disse sobre não depender de entidades… neste momento já estamos livres para enviar o dinheiro que quisermos para onde quisermos… pagando uma comissão.
        Mas no blockchain também temos que pagar comissão.
        Talvez a revolução nesse sentido chegue no dia em que uma rede blockchain global seja criada, amplamente apoiada por milhares de nós, MAS que não sofra com a distorção da especulação monetária. Uma rede em que a criptomoeda usada tem um valor em relação ao uro, ou dólar fixo. Neste momento, não me atreveria a enviar 1 milhão de EUROS por bitcoin, porque entre a compra de bitcons, a realização da transferência e a venda do destinatário, podem perder-se 100.000 euros ao longo do caminho devido à flutuação do mercado.

        Uma saudação

        1.    Chris ADR dito

          Olá Jordi, apenas uma nota para o seu comentário 🙂

          Os monitores coloridos também eram ultra-ineficientes em capacidade, flexibilidade e velocidade há não mais de 20 anos, mas olhe para nós hoje 🙂 4k 8k, 16k, 32k… 😛

          É mais com isso dos processadores quânticos, estamos prestes a entrar em um novo patamar de velocidade de processamento da informação, quem sabe, talvez daqui a cerca de 10 anos as grandes infraestruturas de bancos nacionais ao redor do mundo serão iguais à potência de um celular de o futuro, como acontece hoje com nossos smartphones e os supercomputadores que Kennedy tinha em seu governo 🙂 Então o blockchain seria um nó por pessoa, o que se tornaria algo bastante interessante sem dúvida 🙂

          Saudações de novo e boas festas

    2.    jaff dito

      você quer ver alguns usos do blockchain? storj.io, sia.tech ou golem.network

    3.    KRA dito

      De acordo com ChrisADR, em relação ao fato de os servidores desaparecerem, para complementar o ChrisADR direi que devido à maior falta do blockchain eles não vão desaparecer, ao invés disso se multiplicarão porque a cada transação o blockchain cresce mais e portanto requer de mais espaço, atualmente o blockchain Bitcoin pesa 166 / Gb usando Bitcoin-Core (bitcoin-qt) como uma carteira.

      Em relação ao que ChrisADR diz sobre servidores e Raspberries para minerar criptomoedas, deixe-me dizer que isso é uma perda de tempo e dinheiro, atualmente você não será capaz de obter uma quantidade de BTC, ETH que seja lucrativa porque atualmente são usadas soluções dedicadas ( Mineiros ASIC), atualmente tenho um AntMiner S9 e não ganho muito (0.00140114 (BTC)) por mês estando em uma piscina com centenas de mineiros.

      Se você extrair criptomoedas pouco conhecidas como Monero, pode ter uma chance, mas elas são quase inúteis.

      1.    Chris ADR dito

        Olá Kra 🙂 sempre com comentários precisos. Talvez eu devesse ter sido um pouco mais explícito sobre minha rede de framboesas para mineração 😛 o desejo não é expressamente minerar criptomoedas, o desejo é quebrar os algoritmos que funcionam na mineração 🙂 como li em algum lugar.

        O único código 100% seguro é aquele que não foi escrito

        E como um bom usuário de tecnologia, tenho 90% de certeza que ela tem bugs, e encontrá-los é vital, mas como não posso fazer isso em uma rede real, então criar minha própria mini-rede de trabalho 🙂 um mero entretenimento intelectual para me 🙂 tal Talvez isso esclareça as dúvidas.

        Saudações e obrigado por compartilhar

  3.   Ronaldo Rodríguez dito

    Sempre leio seus artigos, e bom, sem dúvida rsrsrs, a verdade é interessante.

    1.    Chris ADR dito

      Olá Ronaldo, muito obrigado por compartilhar 🙂 Sim, procuro escrever sobre temas interessantes 🙂 pelo menos os que gosto, e estou sempre aberto a sugestões para tratar de novos temas, para poder pesquisar e aprender antes escrevendo 🙂 Saudações e muito obrigado

  4.   Tom dito

    Muito interessante, gostei do artigo.

    lembranças

    1.    Chris ADR dito

      Olá Tom, muito obrigado pelo comentário 🙂 Eu sabia que você gostaria desse tópico, fiquei arrepiado ao ver aquele vídeo ese Saudações e muito obrigado

  5.   Balua dito

    Anime-se e vá em frente, você está indo bem.

    1.    Chris ADR dito

      Olá Balua, muito obrigado pelas suas amáveis ​​palavras 🙂 a ideia é sempre partilhar em comunidade 🙂 Sempre acreditei que um diálogo é melhor do que um monólogo monótono 🙂 Desta forma mantemos contacto e conhecemos um pouco de todos ao mesmo tempo discutimos tópicos interessantes 🙂 Saudações e agradecimentos

  6.   Manuel Martinez dito

    Aterrorizante, mas a lógica da sua abordagem torna-o muito credível e, o que é pior, perfeitamente possível.
    Enfim, post muito interessante.

    1.    Chris ADR dito

      Dizem que os grandes visionários da tecnologia são os que mais a temem, não me considero um visionário 😛 mas afinal a cada dia que aprendo mais sobre segurança, programação, tecnologia e acima de tudo humanidade, me surpreende que nós não nos destruímos até agora 😛 Mas é verdade, acho que essas grandes mentes visionárias já estão pensando em como podem evitar que as coisas fiquem fora de controle, espero que isso não aconteça 🙂 Muito obrigado por compartilhar

  7.   César dito

    Há algumas semanas encontrei sua página e a simplicidade de suas palavras me chamou a atenção. Esclareço que eles são meros operadores de PC e professores de química. Cansado dos vírus dos meus alunos, mudei para o Linux. Tentei o gentoo e não sei porque não funcionou corretamente problemas de som e o pad não reconheceu. Procurando a solução, encontrei no deepin e funciona melhor do que o mint 18.2. o netbook que uso é um Intel 2808 1.6ghz e 4ram. Acho que saí do assunto ...

    1.    Chris ADR dito

      Olá Cesar, muito obrigado pelas suas amáveis ​​palavras. Pois bem, o ensino sempre me chamou a atenção, aliás, gostaria muito de ser professor e ajudar jovens ou não tão jovens a despertar a curiosidade e a vontade de compreender as coisas 🙂 Também gostaria de ser investigador e ajudar a formar um futuro melhor com tecnologias livres 🙂 Continue com seu nobre trabalho e se você puder ao longo do caminho libertar seus alunos das garras do software proprietário 😛 Talvez, ao pedir a eles que usem pelo menos o formato LibreOffice, você já está fazendo um grande progresso em liberar suas mentes Eu também deixei o tópico ... 😛
      Muito obrigado por compartilhar e encorajamento com sua instalação do Gentoo, talvez o time não seja o mais poderoso do mundo e a instalação seja um pouco difícil, mas pelo menos você teria a satisfação de chegar a um ponto onde poucos no GNU alcance mundial / Linux, caso contrário, tentarei acelerar o desenvolvimento do stager para que você possa me ajudar a testar a instalação 😛 Saudações e muito obrigado novamente

  8.   JP dito

    Impressionante e assustador ao mesmo tempo. ?

    1.    Chris ADR dito

      Bem, isso me lembra de outro vídeo que vi um tempo atrás, acho que é fictício, mas aquele é assustador 🙂 Obrigado JP por seu tempo em deixar o comentário, eu realmente agradeço muito

  9.   Opus Apocalypse dito

    …… E Mar.io pula fora do tubo, mas em vez da voz afetuosa com sotaque italiano, o personagem parafraseia Darkseid “o universo pode começar a agonizar”…

    1.    Chris ADR dito

      E todos teremos que temer o pequeno Mar.ios 😛 Fico nervosa em encontrar notícias como esta 🙂 Muito obrigado por compartilhar, saudações.

  10.   Lex dito

    Post interessante amigo, gostaria de entrar no mundo da cibersegurança, mas a cada dia penso mais nisso xD

    1.    Chris ADR dito

      hehehe é algo extremamente interessante 🙂 Continuo procurando lugares aqui que estejam tão envolvidos com a cibersegurança quanto eu para poder trabalhar, ainda não achei nenhum realmente interessante: / Acho que será a supremacia do Windows que invadirá o Peru : / mas continue procurando e obrigado

  11.   Frank DJ dito

    Estima-se que até o ano de 2040 a inteligência artificial substituirá o trabalho de muitos profissionais, principalmente tarefas automatizadas repetitivas.
    Uma saudação

    1.    Chris ADR dito

      É verdade, na minha última prática eu vi um modelo de IA que fazia comparações psicológicas para uma empresa, era algo interessante e ao mesmo tempo complexo, mas o truque era encontrar essas tarefas repetitivas, certamente em muito pouco tempo as máquinas vão começar a fazer outras coisas e certamente também fazemos. Obrigado e cumprimentos

  12.   Hugo rando dito

    Muito bem, estou tentando fazer segurança cibernética, estou dando os primeiros passos, embora já tenha passado dos sessenta voltas. mas vejo um futuro complexo. Feliz Natal.

    1.    Chris ADR dito

      Muito obrigado Hugo 🙂 é um mundo “mágico”, cheio de mistérios e surpresas 😛 é sempre bom saber um pouco sobre isso e assim como as escolas estão começando a ensinar programação hoje, talvez chegue um momento em que a segurança cibernética Será mais um assunto, que seria interessante 🙂 Saudações e boas festas!

  13.   eguivit dito

    Muito obrigado por nos ajudar a entender um pouco mais um mundo familiar e ao mesmo tempo tão desconhecido, pelo menos para mim.
    Você é um bom professor.
    lembranças

    1.    Chris ADR dito

      Muito obrigado eguivit 🙂 Fico feliz em ajudar, e é realmente muito interessante para mim poder contar tudo isso e ao mesmo tempo descobrir ao longo do caminho 🙂 me mantém procurando coisas interessantes para compartilhar 😛

  14.   Alex dito

    Artigo interessante, concordo com as palavras de Elon Musk.
    Chegará o momento em que teremos que regular a IA, mas será tarde demais.

    1.    Chris ADR dito

      É verdade Alex, é algo que temos que levar em consideração, antes de começar a viver a Matrix 😛 obrigado por compartilhar, saudações

  15.   prazo dito

    obrigado

    1.    Chris ADR dito

      para você 🙂 boas festas

  16.   solavanco dito

    Seu artigo me lembrou apenas uma coisa. TRON no seu melhor, desde que os programas acabem servindo aos usuários, o que seria muito bem-vindo e também assustador se se tornasse algo como o filme Terminator. Lembre-se de que o filme Skynet é um programa que atingiu a consciência e se tornou uma IA. O que eu gostaria é de aprender um pouco sobre segurança cibernética e, se você já usou firejail, adoraria que fizesse um pequeno tutorial para fazer um bom sandbox que seria excelente para o problema de segurança e evitar uma escalada de privilégios se seu espaço foi comprometido. Pelo que li, espionagem e roubo de dados por serviços de internet são irritantes

    1.    Chris ADR dito

      Olá Jolst2botl, certamente tem um ar para esse tipo de filme, a verdadeira questão seria como um sistema lógico quase perfeito (IA) encontraria uma razão lógica para servir a um ser tão caótico quanto o homem 🙂 Eu considero isso sob uma lógica simples, um computador consideraria absurdo, uma vez que não entende o fator do livre arbítrio. Mas quem sabe? Talvez algo por aí nos permita experimentar sem correr riscos tão grandes. Muito obrigado por comentar, boas festas.

      PS: quanto a firejail, ainda não entrei totalmente no assunto, um recurso que acho bastante interessante é o manual de proteção do Gentoo, onde, entre outras coisas, você pode aprender truques para criar uma sandbox de um servidor que permite mitigar ao máximo os riscos de escalonamento de privilégios , como está em inglês eu teria que traduzir o conteúdo, mas tentarei me dar algum tempo, já que é algo que também aplicamos ao processo de instalação de programas no Gentoo, é necessário realizar um sandboxing adequado para evitar riscos com os programas a serem instalados.

  17.   Jordi dito

    Olá,
    Bem, estou animado com a nova era da inteligência artificial ...

    Porque, como você disse, pode chegar um momento em que uma IA faz praticamente todo o trabalho. E o que isso significa? Bem, cerca de 80 ou 90% dos empregos serão perdidos.

    A princípio pode parecer assustador, e na verdade acho que teremos um momento de incrível pobreza e desigualdade, pois isso virá gradativamente, só realizado por grandes corporações que terão a IA e a infraestrutura necessária para executar eles, mas no longo prazo é claro que a humanidade não pode sobreviver com apenas 10% das pessoas trabalhando e sendo remuneradas, e o resto não.

    Haverá uma mudança ultraprofunda, em que a propriedade e o dinheiro perderão sentido, pois quem trabalhar será máquina, e o homem se dedicará a não fazer nada, ou a fazer tudo ...
    Em outras palavras, os humanos podem parar de trabalhar para sobreviver. As máquinas nos fornecerão os itens e serviços de que precisamos e todos nós cobraremos uma renda universal para viver como queremos.

    Claro, como sempre aconteceu, muitas pessoas vão querer continuar fazendo as coisas, se esforçando, estudando, pesquisando ... fazendo-nos ir mais longe, como os ricos do Renascimento (ou de qualquer época), que poderiam dedicam suas vidas a coisas banais como astronomia, matemática, física, pintura, música. Séculos atrás era normal que as pessoas sobrevivessem mal para não morrer de fome, e só os ricos podiam se dedicar às artes e às ciências.

    Acho que o fim será um mundo próximo ao Star Treck, onde os humanos fazem coisas não para sobreviver, mas para querer formar uma equipe, para fazer coisas que nos estimulem. E se você não quiser, não precisa fazer nada. Instrua sua IA para ter sempre a comida pronta para você e se dedicar a praticar esportes, encontrar amigos, viajar ...

    Acredito que a renda universal será o começo deste mundo, mas que não teremos escolha (a menos que proibamos a IA, é claro ...)

    1.    Chris ADR dito

      Olá Jordi, muito obrigado por compartilhar, com certeza é um futuro muito promissor se cumprido como você diz, também é verdade que em um mundo onde as máquinas fazem de tudo, o homem terá que encontrar novos significados para sua existência (como como parede -e ou matriz 😛) mas certamente uma grande mudança está se aproximando, provavelmente nas escolas a identidade "virtual" começará a se aprofundar mais do que a "real", e muitas outras possibilidades.

      Certamente também chegará um momento em que as grandes empresas podem e terão que fazer o mundo seguir em frente, já que a obtenção dos equipamentos será extremamente cara, mas como toda tecnologia, com o passar do tempo e novas descobertas, materiais e processos vão se tornando mais eficiente e, portanto, menos caro. Do contrário, não teríamos a facilidade de ter 1,2, 5 ou 30 laptops em casa, algo que há cerca de XNUMX anos seria impensável.

      E talvez o aluguel também perca sentido, pois por que precisaríamos de dinheiro se tudo já está disponível para todos? bem, ideias curiosas sem dúvida, mas acho que teremos que esperar um pouco para saber como elas se desenvolvem

      Boas Festas 🙂

  18.   Alvaro dito

    Contanto que eu consiga remédios e salve vidas.

    1.    Chris ADR dito

      AI já está entrando na medicina Alvaro 🙂 por exemplo o seguinte link 1 que nos mostra como a IA está ajudando a reduzir o risco em hospitais e a curar pessoas 🙂 sem dúvida algo maravilhoso e ao mesmo tempo preocupante para muitos médicos, porque talvez logo chegue o tempo em que uma máquina será muito melhor do que um médico para diagnosticar e curar pessoas doentes 🙂

      Saudações e boas festas.

  19.   Angel Lopez Ortiz dito

    Excelente artigo, para mim destaca a necessidade crescente de transferir a segurança do perímetro de nossos sistemas para profissionais que sejam capazes de aplicar essas tecnologias.

    1.    Chris ADR dito

      Certamente será um passo para seguir o Angel, mas obviamente o próximo passo também será a própria segurança se esquecer das pessoas e passar para a IA também 🙂 a questão é saber enfrentar esses novos desafios. Muito obrigado por compartilhar e boas festas.

  20.   marco dito

    Compartilho a visão de um futuro entre uma mistura de tron ​​e terminator, recomendo que você leia este artigo https://independenttrader.es/se-acerca-la-criptomoneda-global.html que fala sobre como estão as elites com as criptomoedas, algo que nasceu para nos libertar está se tornando nosso inimigo, não quero ser apocalíptico mas o futuro parece ruim meu amigo, vi um documentário onde falavam da personalidade tipo adotado pelas corporações (psicopata, caso tenha interesse) e estamos de certa forma confiando nosso futuro a um psicopata sabendo controlar a evolução do Al !!!? Bem, parece que devemos refletir um pouco mais sobre o assunto.
    Saudações, excelente artigo.

    1.    Chris ADR dito

      Olá maRc, é verdade que o capitalismo nos destrói até certo ponto, mas mais do que corporações como tais, são eles que as dirigem, e isso é algo que terá de ser enfrentado por muito tempo (provavelmente enquanto houver são seres humanos neste planeta).

      O interessante para mim seria ver o que vai acontecer quando uma IA for capaz de entender conceitos como corrupção, mentira, egoísmo ... vai adotá-los para si mesma? Ou, em sua lógica correta, você tentará eliminá-los? ambos os lados da moeda parecem peculiarmente complexos se você me perguntar, o que a torna ainda mais interessante 🙂

      Muito obrigado e boas festas

  21.   Eidur dito

    Muito interessante. Continue assim.

    1.    Chris ADR dito

      Obrigado Eidur, boas festas 🙂

  22.   Francisco dito

    Adorei a exposição de seu artigo e a sensação de que estamos atrasados.
    Até hoje e para um futuro próximo, na singularidade da criatividade estamos seguros.

    Bravo

    1.    Chris ADR dito

      Olá Francisco, obrigado pelas amáveis ​​palavras. Sem dúvida, esse mundo louco é muito interessante 🙂 o que torna entender ou pelo menos tentar entender essas questões uma aventura em si.

      saudações e boas festas

  23.   w.reich dito

    ChrisADR, artigo interessante. Comentários inestimáveis ​​e realmente surpreendentes a dedicação que você coloca em comentar cada comentário, vale a pena a redundância. Parabéns do fundo da web e todo incentivo do mundo a você e boa sorte ao seu blog. Já tinha estado aqui há algum tempo, desta vez está registado em fav. 😉 A Força é poderosa por aqui Chris .. Em boa hora, a filosofia da cultura livre permeou as camadas do seu código. Meu mais profundo respeito por sua tarefa. Uma saudação!
    (^ _ ^) /

    1.    Chris ADR dito

      Olá W. 🙂
      Palavras muito amáveis ​​que me enchem de alegria. Muito obrigado por todos os seus votos de boa sorte e encorajamento. Bem, é sempre sobre aprender e, mais do que tudo, compartilhar, pois se você não deixar um legado de conhecimento em seu rastro, de que adiantaria tê-lo adquirido? Pelo menos sigo essa premissa com pessoas que vejo que buscam avidamente o conhecimento, e isso é algo especial que muitos usuários GNU / Linux têm 🙂 Aqui no Peru não tenho muitas oportunidades de compartilhar essas experiências porque não consigo encontrar grupos de usuários que realizam eventos ou palestras ou outros 😛 mas suponho que a partir daqui eu alcance mais pessoas e mais pessoas podem se beneficiar da minha curiosidade hiperativa 😛

      Saudações e boas festas 🙂

  24.   Miguel Júnior dito

    Postagem muito boa, as pessoas que se envolvem com tecnologia porque conhecemos esse tipo de tecnologia, mas o que acontece com as pessoas que usam a Internet para lazer e / ou entretenimento. Inadvertidamente, eles enviam uma grande quantidade de informações para os servidores do Google ou do Facebook. Muitos pensam que o fato de usarmos segurança em duas etapas é uma loucura, mas a verdade é que as informações que são publicadas hoje ficarão para sempre na Internet e podem rastrear os hábitos das pessoas. Na minha opinião já estamos vivendo nos tempos da Skynet sem que as pessoas percebam e está nas mãos de muitas pessoas dedicadas à tecnologia controlar isso e ver que o conhecimento utilizado não é utilizado para fins ruins.

    1.    Chris ADR dito

      Certamente temos que repensar a maneira como educamos as próximas gerações, não apenas sobre segurança virtual, mas sobre identidade virtual. Este é provavelmente um problema prioritário em outros países, e esperamos que a oportunidade de tocá-lo também chegue até nós em algum momento very Muito obrigado por compartilhar Miguel Junior, Saudações

  25.   Javier dito

    Olá, o artigo é muito atual, mas na minha opinião a resposta para a pergunta Devo continuar minha carreira em segurança? Sem dúvida que deve ser: Claro que aprender é fundamental e deve ser um bem desejável e precioso do ser humano, além disso, como profissionais, é nosso dever aprender e continuar investigando não só em questões de segurança, mas em todas as áreas da atividade humana. também gerar novas abordagens se quisermos estar na vanguarda como uma corrida nos próximos anos e não simplesmente fazer parte do ELOI (The Time Machine de HG Wells).
    Temos que ter em mente que a capacidade de processamento de IA para 24-7-365 é totalmente superior à capacidade humana, mas os humanos sempre podem contribuir com ideias que levam a movimentos disruptivos, mudanças de paradigma, filosofias e revoluções; eventos antes dos quais possamos usar a mesma IA para nosso próprio benefício, parece-me que a grande conquista aqui são os avanços em biotecnologias, como a modificação de DNA quente com CRISPR ou implantação de conhecimento direto no cérebro no melhor estilo do filme HOMEM DA DEMOLIÇÃO ou seja, usa a velocidade que a IA tem e aplica ao nosso ser,
    Quanto à fobia de IA, devo dizer que é tarde demais, não há como voltar atrás, esta é a nossa realidade, é o veículo em que a humanidade fez uma nova jornada, portanto, ela continua a competir pela superioridade

    1.    Chris ADR dito

      Certamente Javier, é preciso estar sempre em constante estudo, pesquisa e atualização. Infelizmente, existem setores e / ou pessoas que não veem as coisas dessa forma e se acostumam a fazer trabalhos "mínimos" para manter as coisas funcionando. Isso me lembra um gerente de TI que conheci, que trabalhava na força policial e era responsável por uma grande rede. Infelizmente ele pensava que trabalhar 2 horas por semana remotamente sem realmente melhorar as coisas era o suficiente para ganhar seus x000.00 soles por mês, triste realidade, mas existem pessoas assim, e graças a essas pessoas temos grandes problemas a nível social.

      A IA é definitivamente uma coisa boa, e está mostrando isso, mas nos empurra a fazer uma reflexão profunda não apenas sobre nossas formas de proceder e essa reflexão deve ser feita em breve, pois o momento em que a tecnologia começará a ser feita é não muito longe, mais independente do homem.

      Muito obrigado pelo seu comentário, saudações 🙂

  26.   Totoro dito

    Excelente artigo…. Muito atencioso e me fez imaginar coisas
    Saudações da Colômbia

    1.    Chris ADR dito

      Olá Totoro, muito obrigado 🙂 saudações e que a curiosidade continue a fazer-te imaginar coisas 🙂

  27.   HO2Gi dito

    O que aconteceria se o software fosse aprimorado para uma tarefa, mas estivesse cheio de um bug, como ele pode melhorar depois disso?
    É uma pergunta estranha, mas poderia acontecer?

    1.    Chris ADR dito

      Oi HO2Gi, obrigado por uma pergunta tão interessante. O processo de evolução é baseado em genes e gerações, praticamente o que aconteceu com todas as espécies vivas do planeta. Um genoma atípico se desenvolve, a princípio poderia ser considerado um "bug" no sistema normal, mas com o tempo a mesma evolução aceitará ou descartará essa singularidade. A título de exemplo temos os cavalos, que costumavam ter 5 dedos em vez de cascos, eventualmente alguns começaram a nascer com dedos atrofiados e estes sobreviveram mais tempo que os seus homólogos sem "bichos", a evolução aceitou a mudança e agora estão como são está. Outro exemplo, girafas e seus pescoços, bem, existem muitos exemplos.

      Voltando à questão, um "bug" pode ser produtivo ou destrutivo, por isso muitos desenvolvedores dizem: "Você pode vê-lo como um bug ou como um recurso". O centro está nos resultados, se dito "bug" gerar resultados melhores do que a falta dele, provavelmente a evolução se encarregará de melhorá-lo ao longo do tempo, senão irá descartá-lo. Essa é a beleza da evolução 🙂

      Espero ter respondido a sua pergunta, saudações e feliz ano novo.

  28.   LxiZ dito

    Artigo excelente e interessante para aqueles de nós que estão começando em Segurança

  29.   Fernando dito

    Suuuper interessante! Meu propósito para este ano de 2018 que começa em breve, é entrar no mundo da programação. Sendo muito jovem, quase por engano, fui assistente num curso de programação básica da TI 99 / A… pré-história !!!!
    Bem em sonho, lembro-me de algumas coisas que, pela minha tenra idade, me chamaram a atenção. Este ano vou olhar para este HD de 44 anos!
    Meu interessante é a sua abordagem do assunto.

    1.    Chris ADR dito

      Olá Fernando 🙂 Bem, com certeza é um grande propósito para este ano que começa, e existem centenas de comunidades e projetos que exigem muita ajuda, então é uma ótima maneira de participar e aprender 🙂
      Saudações e encorajamento

  30.   tormund dito

    Artigo muito interessante que todo profissional ou entusiasta de segurança já considerou.
    É alimento para o pensamento, assim como criptografia e computação em nuvem.

    Parabéns, você ganhou um leitor.

    1.    Chris ADR dito

      Olá Tormund, muito obrigado por suas amáveis ​​palavras, sinceramente espero não decepcioná-lo e que você sempre encontre algo interessante em meus escritos 🙂 são certamente tópicos bastante interessantes, eu gostaria de escrever sobre ambos, veremos como o tempo me dá esses dias 🙂 Saudações e sucessos neste 2018

  31.   Roosevelt dito

    isso me faz pensar em um skynet como o terminator, onde a IA pensa que os humanos não são mais dignos de usá-los e estamos condenados a uma nova idade da pedra, acho que estou sendo um pouco malvado.
    Em resumo, bom artigo, saudações da Venezuela