Baby volte !! Adeus Kubuntu, Olá Debian

Menos de uma semana me durou Kubuntu no computador do trabalho e é que o simples fato de poder ter KDE4.10 não obscurece a estabilidade e velocidade que tinha com Debian-KDE.

O problema começou quando por algum motivo recebi uma mensagem de erro, aquela que tem a opção de enviar um relatório para os desenvolvedores e se autodenomina Trazer. Eu sairia para qualquer coisa, terminaria de assistir um vídeo e fecharia Dragon Player (por exemplo), e BOOM !!! a pequena mensagem .. e assim com todos os aplicativos. A mensagem pode ser retirada, veremos como fazer em outro post, mas vamos lá, quando soar o rio ...

De repente, as notificações desapareceram do painel e foram para o canto superior esquerdo da tela. Alguns aplicativos não estavam funcionando .. de qualquer maneira. Então, nem curto nem preguiçoso na noite passada eu me virei para Teste Debian.

Eu não vou culpar Kubuntu o KDENo primeiro caso, porque não sei qual dos dois é o culpado por essas coisas acontecerem. Eu me culpo por usar um PPA sobre uma versão de Kubuntu que provou ser estável em outros computadores, com sua versão do KDE hoje.

Mas a realidade é que vou para casa, onde me sinto melhor .. e meu Desktop está assim por enquanto .. Para quem estiver interessado, o tema Plasma que estou usando é openSUSE e o fundo pertence aos papéis de parede de Lua Elementar.

Além disso, KDE4.10 provou estar em excelente forma. Apesar Debian Vou ter que esperar muito tempo para usar, a espera vai valer a pena, também esta versão (4.8) não se comporta mal ..


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

76 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   Marco Lopez dito

    É ótimo, pessoalmente, gosto do Debian, sou novo no Linux e não sei como instalar o KDE ou outras interfaces, mas repito, o Debian é ótimo com o KDE. Felicidades

    1.    elav. dito

      Obrigado. Bem, se você quiser tentar isso pode ajudá-lo: Debian Wheezy + KDE 4.8.x: Instalação e personalização..

      Nesse artigo, eu explico como instalar um KDE mais ou menos mínimo .. mas recomendo que você simplesmente instale o meta-pacote: kde-cheio ????

      1.    Marco Lopez dito

        Por enquanto, só preciso instalá-lo no VBox, já que a bios do meu pc não suporta NENHUM linux. Então, obrigado pelo tut, e por experimentar, a propósito, o link do papel de parede? saudações de novo 😀

        1.    elav. dito

          Eu os peguei de aqui.

    2.    truko22 dito

      No site do Debian, busque → "Imagens de CD ISO" selecione o exemplo de meio de download → "Baixe imagens de CD / DVD do Debian via HTTP / FTP" selecione se CD ou DVD. Agora a plataforma i386 ou amd64, dentro da iso disponível, selecione → "debian-6.0.6-amd64-kde-CD-1.iso"

  2.   saturbo dito

    Acabei de começar a testar debain KDE, venho do PClinuxOS. Estou feliz, consegui fazer tudo funcionar com bastante facilidade, o que me deixou muito satisfeito. Eu uso o Linux há alguns anos, mas não sou um especialista. Acho que vou ficar com o Debian por algum tempo.
    Meu primeiro comentário! Saudações e parabéns pelo blog, é um prazer lê-lo.

    1.    elav. dito

      Obrigado por parar e comentar .. Estou feliz que você encontrou satisfação pessoal no Debian .. 🙂

    2.    KZKG ^ Gaara dito

      Obrigado por comentar 🙂
      Na verdade, a estabilidade do Debian Testing (adicionada a algumas versões do software atual) torna-o uma excelente opção, é uma pena que o KDE esteja tão atrasado nisso 🙁

      E obrigado pela última coisa que você disse haha

  3.   KZKG ^ Gaara dito

    Eu já sabia que não ia durar você
    Estou apenas esperando para instalar o PC-BSD ... hehehe

    1.    elav. dito

      Espero que valha a pena, mas estou lhe dizendo, com nossa situação atual ... você estará de volta ao Debian em menos de um mês hahaha ..

      1.    KZKG ^ Gaara dito

        Veremos ... é possível sim, mas veremos.
        Por enquanto estou motivado para aprender sobre sistemas BSD ... ipfw, use algo diferente de Bash (embora eu saiba que sentirei falta haha), etc etc ... Eu quero aprender sobre BSD, ele chama minha atenção 🙂

        1.    msx dito

          www, archbsd.net
          FreeBSD com espaço de usuário de acordo com a época em que vivemos 😉

          1.    damian rivera dito

            O PC-BSD é uma ótima opção, e não sei qual é a sua situação que eles mencionam, mas o PC-BSD é muito parecido com a forma como instalamos os programas no windows:

            .pbi => .exe

            O pbi traz tudo (dependências) e pesa mais, é só instalar e pronto.

            http://www.pbidir.com/

            Eles até instalam em um diretório específico (acho que foi / usr / Programas /)

            E quanto ao bash, você terá que apenas usar tcsh ou sh ou instalar o bash.

            Ainda uso o FreeBSD 😛

            lembranças

          2.    Hugo dito

            Por que você não se atreve a experimentar o Debian GNU / kFreeBSD e relatar para nós como está indo? [sorri maliciosamente]

          3.    msx dito

            Para a parte que diz "Debian" ...

            (correndo para lavar minhas mãos!)

  4.   diazepam dito

    Você também tem este repositório para ter uma versão mais recente do kde (não 4.10, mas 4.9.5)

    http://qt-kde.debian.net/debian/

    1.    elav. dito

      Infelizmente, quando tentei usá-lo, tive muitos conflitos de dependência .. 🙁

  5.   Garbage_Killer dito

    Baby volte !! Adeus Kubuntu, Olá Debian >>> isso acontece com o elav.

    Baby volte !! Adeus Debian, Olá Fedora >>> isso acontece comigo.

    1.    Bernard dito

      Baby volte !! Adeus Kubuntu, Olá Debian >>> isso acontece com o elav.

      Baby volte !! Adeus Debian, Olá Fedora >>> isso acontece com Garbage_Killer.

      Baby volte !! Adeus Fedora, Hello Arch >>> isso acontece comigo…. XD !!!

  6.   ayosinho dito

    Artigo muito bom. Instalei o Debian algumas vezes, mas acabo removendo, porque não sei como me conectar à internet via wi-fi. Se alguem me disser como fazer ...

    1.    elav. dito

      Mas o problema é que você não sabe como usar o Wi-Fi ou o Debian não se conecta?

      1.    aiosinho dito

        Isso, eu não sei usar wi-fi, não sei conectar, por isso tirei, porque me incomoda ficar conectado com cabo, saudações.

        1.    elav. dito

          A ver. Se a distribuição (neste caso, Debian) já possui o firmware correspondente instalado com seu hardware Wi-Fi, você só precisa ativá-lo ou desativá-lo usando o NetworkManager ou Wicd. Tão simples como isso.

          1.    ayosinho dito

            OK, obrigado. Quando eu instalar o Debian novamente, tentarei o NetworkManager. E mais uma coisa, você sabe quando o Debian 7 será lançado?

            1.    elav. dito

              Se tudo correr bem (e espero que sim), até março ..


  7.   Pandev92 dito

    Eu realmente acho que você vai durar um mês ou no máximo dois e então você vai tentar outra coisa ..., bem xd

    1.    elav. dito

      Pois não. Na verdade, antes de instalar o Kubuntu eu tinha o Debian instalado com o KDE por vários meses .. embora bem, você nunca sabe 😀

      1.    Windousico dito

        Vários meses ... Isso é chamado de fidelidade doentia.

    2.    artbgz dito

      A verdade é que acho que vai durar mais, o Debian tem algo que segura as pessoas por mais tempo, antes de eu mudar para o Ubuntu novamente (para ter um shell Gnome mais recente), estive 8 meses no Debian Testing, e tenho certeza que Voltarei ao Debian assim que esse branch for descongelado e eles começarem a atualizar as versões do software novamente.

      1.    elav. dito

        Sempre usei o Debian .. Eu sempre tento outras coisas e volto .. sempre 😀

        1.    Hugo dito

          Fiquei surpreso que você tenha elogiado o Kubuntu por tanto tempo, mas não disse nada porque tinha quase certeza de que era um brilho temporário e que mais cedo ou mais tarde você voltaria para casa, hahaha.

  8.   Blaire pascal dito

    Hmmmmm, experimentei o Debian muito pouco, no máximo em uma máquina virtual, mas não me atrai muito. É verdade que ele tem estabilidade e baixo consumo de recursos, mas pareceria um grande buraco ao usar o apt-get em vez do pacman como gerenciador de pacotes. Além de ser um ponto de liberação super-congelado. A verdade é que vou dar outra chance, porque eu acabei de ter um desktop Xfce muito feio (obviamente antes da customização) embora talvez eu possa me lembrar dos meus velhos tempos com o Ubuntu Xfce, com uma prancha abaixo e um belo painel 26 px personalizado acima e gradiente personalizado feito no GIMP. Ahhh, que horas eram essas. De certa forma, sinto-me nostálgico por usar um Archlinux ultramoderno com KDE, e por ter largado meu querido mouse de forma tão abrupta que isso me deu muita alegria.
    Sim, parece ridículo, mas acontece.

  9.   cesol dito

    De onde você tirou o tópico do plasma? Não o encontrei

    1.    elav. dito

      Foi enviado para mim por um amigo que usa openSUSE.. Você pode baixá-lo neste link.

      1.    cesol dito

        Ok obrigado 😀

  10.   caçador dito

    Parabéns elav, boa decisão.

    Dê uma olhada aqui, você pode ver os bugs que sobraram para liberar chiado.

    http://udd.debian.org/bugs.cgi?release=wheezy&merged=ign&rc=1

    1.    elav. dito

      Alguns Bugs me parecem meio bobos .. mas enfim .. Obrigado pela dica 🙂

      1.    caçador dito

        Se for por isso, espero que sejam resolvidos rapidamente.

  11.   Oscar dito

    Uma pergunta elav, em um PC com processador Intel Pentium G620 2.6 Mhz dual core com 2 GB de Ram o Wheezy + KDE rodará bem?

    1.    elav. dito

      Uff, você sobrou .. 😀

      1.    Oscar dito

        Obrigado, continuando.

  12.   Oscar dito

    Quais ícones você está usando? Eles parecem muito interessantes.

  13.   oai027 dito

    Como vão as pessoas !!!!, de Buenos Aires comentando minha experiência com o KDE 4.10.
    No Kubuntu 12.10. Recebo erros em todos os lugares, há aplicativos que não funcionam, pequenos sinais de relatório de erro aparecem, desligamento, logout, um desastre. A versão anterior era 4.98 que funcionou em 10 !!!. Alguém sabe voltar para a versão anterior ou atualizar a atual, que também não vem com fundos animados.

    Obrigada abraço !!!, Osky

    1.    elav. dito

      Voltando não sei, porque se você estiver usando o Backport PPA, duvido muito que eles voltem um passo 😀

      1.    oai027 dito

        Obrigado por responder. Olha, eu uso o Backport PPA. Se não houver volta, como você resolveria o problema no seu entendimento. Obrigado pela colaboração.

        1.    elav. dito

          Bem, infelizmente no momento não consigo pensar em uma solução .. Porque talvez um downgrade pudesse ser feito se você tivesse os pacotes antigos no cache do apt, mas eu não acho que seja 100% satisfatório .. além de ser complicado. Obrigado por ter vindo.

          1.    oai027 dito

            Eu uso o Kubuntu 12.10 64 bits, o que acontece que estou no escritório no momento !!!!. Uma consulta deve reinstalar tudo !!!!

        2.    sieg84 dito

          Eu acho que remover o ppa desinstalado do kubuntu-desktop (acho que é assim que se chama) e reinstalar usando o que estiver disponível nos repositórios.

          1.    elav. dito

            Sim, mas gostaria de voltar ao KDE 4.8 ou algo assim ... e não sei se o que você quer é voltar ao KDE 4.9

        3.    Pandev92 dito

          basta usar purga ppa….

          1.    oai027 dito

            Vou tentar ... obrigado

        4.    Ramon Luis dito

          Muito fácil OiaO27: tente instalar Chakra 2013.02 «Benz», experiência KDE pura e sem problemas, pelo menos para mim tem sido e é uma distro super estável

          http://thechakrabay.wordpress.com/2013/02/15/un-vistazo-a-chakra-2013-02-benz/

  14.   Gara_PM dito

    Uma distro com kde que eu gosto muito é o chakra, além de ter um grande número de programas tanto no pacman quanto no ccr eles os mantêm atualizados e sem perder a estabilidade do sistema. Você até tem camarões (RAD no linux) que estou usando atualmente.

    Aliás, o blog é muito bom, do Chile.

  15.   PC-BSD e seus planos para o futuro. dito

    PC-BSD, a versão desktop do FreeBSD, este ano de 2013 se tornará uma "distro rolante" (coloquei entre aspas, já que não é uma distribuição adequada, como a conhecemos do mundo Linux).
    Ontem à noite deixei o artigo na minha conta do G +, mas vou comentar de novo agora e aqui, para quem estava dormindo e para quem tem problema com o inglês:

    http://blog.pcbsd.org/2013/02/status-update-and-future-plans/

    Lá Kris nos diz que, graças ao novo sistema de pacotes de pacotes, todo o sistema de pacotes PBI atual passará para o pacote. Além disso, ele fará o mesmo no nível do sistema operacional também, usando o utilitário "freebsd-update" para lidar com as atualizações do sistema no nível binário, mas também para -RELEASE, -STABLE e -CURRENT.
    Esse não é o problema, não. Todos os utilitários próprios do PC-BSD; helpers, scripts, etc, também estarão disponíveis nos ports do FreeBSD. Isso significa que você também pode instalar um FreeBSD, e em um momento ter um desktop baseado em PC-BSD pronto.
    Graças a todas essas mudanças, por exemplo, quando uma nova versão do KDE aparecer nos ports, ela estará imediatamente disponível. Se houver uma atualização na versão do apache devido a uma correção de bug, ela estará disponível imediatamente, etc ... Além disso, você não só será capaz de ter um sistema PC-BSD / FreeBSD no ramo -RELEASE, como também será capaz de tê-lo em -STABLE sem ter que atualizar o código e recompilar o sistema !!

    Tudo isso, a verdade, me deixou ontem à noite como uma motocicleta. Tanto quanto deitar e ficar um tempo, porque não conseguia parar de imaginar as possibilidades ...

    Este ano de 2013 realmente será um ano extremamente interessante para o mundo FreeBSD / PC-BSD 😉

    1.    msx dito

      PC-BSD é uma merda.
      Para ter um bom desktop BSD, o melhor de sempre é instalar o FreeBSD (ou o ArchBSD quando estiver pronto) e adicionar o que queremos a ele.
      E uma coisa: FreeBSD _é lançamento contínuo_, na verdade os snapshots "estáveis" são apenas isso, snapshots de um determinado momento na árvore de desenvolvimento. O FreeBSD pode ser instalado uma vez e mantido atualizado sem a necessidade de atualizações desagradáveis ​​a cada 6 ou 8 meses ou a cada 2, 3, 5 ou 7 anos 😛

  16.   Carpinteiro dito

    Oi Elav,

    Digo que uso o Kubuntu há vários meses, a versão que me deu erros no início foi 12.04, mas só nas duas primeiras semanas, depois disso nada. Atualmente utilizo a versão 12.10 com o KDE 4.10 e acredite, não tive um único erro com os aplicativos, nem mesmo em alguns aplicativos que utilizo com Crossover (SPSS), menos nos nativos. Além de usar o Bespin, um tema que não está totalmente acabado, e não tive problemas, acho que tive sorte.

    E se, é que eu tenho o Kernel 3.7 instalado, porque por algum motivo desconhecido, o Kernel 3.5 do meu laptop me deu muitos problemas, tanto que eu reinstalei o sistema mais de 1 vez, pensei que era um problema do Kubuntu e instalei outro distribuições que coincidentemente tinham Kernel 3.5 e eu tive o mesmo problema. Com este kernel é difícil para o meu laptop iniciar, pois ele não desliga completamente e ao iniciar novamente carrega o Grub e então a tela fica em branco e a partir daí não acontece, até depois de 2 ou 3 pressionamentos de botão reage.
    Depois de pesquisar online por uma solução, e como não encontrei nada (acho que sou o único caso raro com essa falha) naquela época, o Kernel 3.6 foi lançado e, decepcionado, decidi instalá-lo, disse para Eu mesmo; "Meu sistema não funciona bem, que importa, vamos tentar" e que surpresa, não tive a falha de boot novamente, até agora com o Kernel 3.7.6 não tive o menor problema, meu sistema flui muito bem e sem problemas.

    Por causa disso, acho que algo diferente acontece a todos nós com determinada (s) distro (s); mas acho que anda mais de mãos dadas com nosso Hardware do que com a distribuição em si. Essa é minha humilde opinião.

    Aqui está uma sessão de tela da minha área de trabalho:
    https://lh5.googleusercontent.com/-m1x1ZBnWo7w/UR2x-6EcYDI/AAAAAAAABTE/tI43dPC6ZQA/s800/Kubuntu%252012.10.png

    Saudações a todos. XD

    1.    elav. dito

      O problema é que só tenho o repositório para o Debian Testing e Ubuntu 12.04 em mãos ... também, eu não instalaria o 12.10 para que fique sem suporte em menos do que um galo canta 😀

    2.    oai027 dito

      Como está indo, tudo bem? Gostaria de saber como o Kubuntu 12.10 64 bits é atualizado para o Kernel 3.7. Você será gentil o suficiente para explicar.

      Obrigado de Buenos Aires, Argentina. Osky

      1.    Carpinteiro dito

        Olá, Oai, Kernel 3.7.8 já está disponível.
        Nesta página, eles indicam as etapas de instalação:
        http://www.upubuntu.com/2013/02/install-linux-kernel-378-in-ubuntulinux.html
        Depois de ter certeza de que seu equipamento e aplicativos funcionam bem com o novo Kernel, recomendo que você desinstale o Kernel antigo, incluindo os Cabeçalhos, pois no meu caso o Google-Earth me deu um erro (não iniciou); mas eu consertei desinstalando o cabeçalho antigo.
        Para ver os kernels instalados:
        sudo dpkg -l | grep linux-imagem
        Para ver os cabeçalhos instalados:
        sudo dpkg -l | grep linux-headers
        Para desinstalar ambos:
        sudo apt-get remove --purge linux-image-XXX
        sudo apt-get remove --purge inux-headers-XXX
        Eu espero que você ache isso útil.
        Saudações.

        1.    oai027 dito

          Obrigado pela sugestão, coloquei em prática e já te conto. Um abraço de Buenos Aires. Osky

    3.    Hugo dito

      Você conseguiu executar o SPSS no Crossover? Interessante. Posso saber qual versão do SPSS?

      1.    Carpinteiro dito

        Olá Hugo:
        Estes são os aplicativos SPSS que instalei no Kubuntu 12.10:
        https://lh6.googleusercontent.com/-eEvJGS2auU4/USEblv3GsUI/AAAAAAAABTY/_88B5CR5VRA/s496/Aplicaciones.png
        Estes funcionam com o Crossover 11.3.1 e digo-vos que até agora não tive problemas, ao trabalhar com as bases de dados ou programar dentro da própria aplicação. É a versão 4.5, um tanto obsoleta; mas bastante funcional para o que faço.
        Um fato curioso é que estes não rodam no Windows 8, apenas no Win 7 e XP.
        Saudações.

  17.   Ele passou por aqui dito

    É bom voltar ao Debian, com o ubuntu em geral eu nunca me dou bem exceto com os lts estranhos (e no ramo do servidor), mas a verdade, no Debian, são os tempos que se tornam problemáticos, há coisas que são desejadas muito e se acostuma ou estoura.
    Você sai do estável e sobe e as coisas acontecem um pouco mais rápido, mas ainda é lento mesmo se os pacotes se movem mais rápido (corrigir o código ainda é uma boa política). Além disso, as pessoas se deixam apelar um pouco pelo estável, você pode encontrar alguns Debian 4 em produção.
    Em casa tenho o Debian rodando para gerenciamento de arquivos + backup, ainda é o dominante nos meus computadores, mas para o dia a dia, aos poucos estou mudando para o Arch (onde o downgrade é um pouco mais fácil e posso dizer que usar o Unity, sem nunca ter instalado o Unity com o ubuntu 😛) e profiling para bsd (já tenho pelo menos um, o firewall em casa).
    lembranças

    1.    elav. dito

      Obrigado por parar e comentar .. É verdade que às vezes a gente se desespera por ter coisas novas, mas agora a estabilidade e (a sensação que isso dá) que tenho agora não mudo por nada .. KDE ainda está um pouco velha em comparação com outra distro, mas esta versão 4.8 faz maravilhas ..

  18.   Merlin, o debianita dito

    É ótimo, o debian tem algo que te faz voltar Eu também tenho o debian testing + KDE. Não o tenho tão personalizado, pois gosto do KDE e dos efeitos do Oxygen.

    http://www.subirimagenes.com/imagen-es-8300811.html

    essa é minha mesa.

    1.    elav. dito

      O ar parece fofo no KDE 4.10, mas ainda falta um pouco .. Além disso, estou um pouco mais atraído pelo painel de cor escura .. mas para aproveitar 😀

  19.   Petercheco dito

    Oi Elav,
    no final também deixei o openSUSE KDE, que considero uma distro muito boa, e voltei para o Debian Wheezy. A estabilidade e agilidade do Debian são comparáveis ​​apenas ao RHEL ou CentOS e estes têm um pacote um tanto "antigo". Parece que uma vez que alguém desenvolve no Debian e faz o que quer, ele domina o administrador e fica difícil sair das mãos do Debian ... Eu sempre volto .. É simplesmente a melhor distro :-). Deixo-vos um PrtSc da minha secretária ..

    https://www.dropbox.com/s/ko6bhsiv6xx8nmu/sn%C3%ADmek1.png

    Saudações Debianeros 🙂

  20.   tavo dito

    Caro @elav, você deve dar uma chance ao OpenSUSE, uma distribuição que, na minha opinião, não é adequada para versionitics. A princípio, pode ser um pouco pesado para você e eu admito que o consumo de recursos da distro não é o melhor. É certo que é a distribuição kde mais robusta e estável que usei (ouso dizer que é a mesma do Debian, mas muito mais atualizada).
    De qualquer forma, escrevo a partir do Debian estável e na semana passada instalei o Crunchbang Waldorf (baseado em testes do debian) no computador de trabalho, me considero uma obrigação, mas no dia em que deixo o Windows Seven no meu notebook, tenho que admitir que não dadas as razões para removê-lo, eu certamente instalaria o OpenSUSE kde. Sempre os repositórios das versões mais recentes do kde funcionam muito bem nesta distro

    1.    msx dito

      É precisamente NÃO a distribuição mais robusta ou estável, começando com sua integração pobre de PACKAGEKIT que tem dez mil problemas, ou o peso do Yast2 que também é uma tortura gráfica.

      O melhor KDE SC é o período do Arch Linux de 64 bits.

      1.    Ramon Luis dito

        Desculpe, mas eu não concordo. O Arch pode ser o melhor para você, que tem experiência suficiente para instalá-lo, contorná-lo e deixá-lo ao seu gosto. Para a maioria dos usuários de nível médio (sem falar dos novatos), o Arch nunca será uma opção válida, seja qual for o ambiente de desktop escolhido, pelo simples fato de que eles não saberão / serão capazes de instalá-lo, diga "de forma limpa".
        Ainda estou nos meus treze anos: o melhor KDE SC agora é o Chakra 2012.03, se você pressionar OpenSuse.
        obrigado

      2.    tavo dito

        Como você diz, senhor dono da verdade absoluta

      3.    sieg84 dito

        não a verdade não.

      4.    msx dito

        HAAHAHA, eles morderam vários! xD

        Obviamente, é o melhor _para mim_, mas nada mais do que isso 🙂

        Você foi enganado 😀

  21.   Fabri dito

    Depois de tentar todos eles e eu digo ... todas as distribuições xD cheguei à conclusão de que o Kubuntu é a melhor distro, desde a versão 12.04 as coisas mudaram e de acordo com minha experiência a última versão do kde sempre funciona melhor do que a que vem por padrão, essas mensagens de erro às vezes saem, mas sempre que saíam era minha culpa, por experimentar, é uma distro fantástica, eu instalo para meus amigos e família e todos estão maravilhados, eu fui mais para o Linux ou menos 15 Pessoas e todos eles depois de 1 ou 2 semanas não querem mais iniciar suas janelas, espero que o kubuntu continue neste caminho agora com bluesystem, excelente blog, mas esses erros não vão sair por tocar muito no sistema? Saudações xD

  22.   Sr. Linux dito

    Todos são livres para usar a distribuição de sua escolha, mas alguns de nós preferem sistemas operacionais da velha guarda, como Slackware e Debian.