Com o terminal: Newsbeuter lê seu RSS por console

Embora de certa forma o que estou fazendo seja reinventando a roda, ainda Eu continuo com a ideia de criar um Leitor RSS por console para FromLinux.

No entanto, se você quiser algo já funcional para esta tarefa, apresento a você Newsbeuter, um leitor RSS a coisa mais legal. Para instalar em Debian abrimos um terminal e colocamos:

$ sudo aptitude install newsbeuter

Então o executamos para que ele crie a pasta de configuração em ~ / .newsbeuter. Com a chave [Q] saímos do aplicativo e colocamos o URL O que queremos carregar o Leitor RSS. Para isso criamos o arquivo ~ / .newsbeuter / urls e colocamos algo assim dentro dela:

https://blog.desdelinux.net/feed/
http://feeds.feedburner.com/120linuxfeed
http://www.alcancelibre.org/backend/index.rss
http://feeds.feedburner.com/BeLinuxMyFriend
http://bulma.net/xml.php
http://www.com-sl.org/feed
http://crysol.org/es/node/feed
http://diariolinux.com/feed/

Estes são alguns, você pode colocar quantos quiser. Lançamos o aplicativo novamente no terminal com o comando:

$ newsbeuter

E devemos obter algo assim.

Para atualizar todos os canais, usamos a combinação de teclas [Shift] + [R], Todos os atalhos disponíveis podem ser vistos na parte inferior.

Se queremos ver o conteúdo de um canal, movemo-nos com as teclas [acima abaixo] e pressione [Entrar], obtendo algo assim:

Para marcar tudo como lido, usamos a combinação [Shift] + [A]. E se quisermos ver um artigo específico, fazemos o mesmo:

Para voltar a um nível superior, fazemos isso com a chave [Q].

A única coisa ruim sobre isso Leitor RSS, é que temos que adicionar manualmente os endereços de URL, mas não importa, funciona perfeitamente e é muito rápido.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

2 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   fredy dito

    Excelente, obrigado funciona com opml e exporta para txt que bem, obrigado.

    1.    elav <° Linux dito

      Exatamente o que é um passe? 😀