Como criar temas do Plasma em 8 etapas

Aqui você tem a tradução de um tutorial para criar temas Plasma em 8 etapas:

  1. Copie e renomeie um arquivo Plasma existente. O nome do arquivo pode ser o mesmo do tema. Os temas instalados estão em compartilhar / apps / desktoptheme / tanto no diretório .kde ou o diretório de instalação do KDE. Você também pode pesquisar temas de Plasma em KDE-LookName. Edite o arquivo metadados.desktop no diretório do tema para corresponder ao nome do tema. Vejo Armazenamento de Tema Se precisar de ajuda.
  2. Abra o arquivo SVG associado ao elemento do Plasma que deseja alterar em um editor SVG, como Inkscape ou Karbon. Vejo Elementos do tema atual Se precisar de ajuda.
  3. Cada arquivo SVG pode ter vários elementos. Modifique os elementos existentes ou crie outros substitutos. Os elementos podem ser primitivos SVG ou objetos de grupo. Nota: Você pode incluir imagens de bitmap como elementos SVG se preferir editores de bitmap como GIMP ou Krita. Lembre-se de integrar cada imagem (inkscape: efeitos-> imagens-> integrar todas as imagens).
  4. Para alterar o nome dos elementos do tema mais facilmente é possível usar uma extensão do Inkscape localizada em nesta direção
  5. Certifique-se de que o ID do item para cada novo item esteja definido corretamente. Nota: No Inkscape você pode ter certeza de que o ID do elemento for para cada objeto está correto clicando com o botão direito do mouse no objeto e escolhendo Propriedades do objeto.
  6. Adicione ou remova qualquer item que desejar. Não importa a aparência, existem ou não aqueles objetos com IDs de elemento que se adaptam aos melhores elementos de sugestão. Vejo Fundos para uma descrição dos itens de sugestão disponíveis.
  7. Salve o SVG.
  8. Repita as etapas 3 a 6 para outro tópico.

Não sei se traduzi corretamente, me diga qualquer coisa


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

15 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   Nano dito

    Verdade interessante e parabéns, baby, você finalmente escreveu algo.

    1.    coragem dito

      Sim é assim que você parou de foder

      1.    Nano dito

        Pare de foder com você? Oh não, isso nunca

        1.    coragem dito

          Bem, o que eu estava perdendo

  2.   kondur05 dito

    existe ou não existe coração? hehehe

    1.    coragem dito

      Como eu não entendo

      1.    kondur05 dito

        O que acontece é que aqui na Venezuela eles tinham um programa de namoro e assim a animadora perguntava ao casal se eles iam ficar juntos ou não.

  3.   jamin samuel dito

    muito bom

    1.    jamin samuel dito

      Aproveito esta oportunidade para testar como o agente do usuário se parece comigo 😀 ahaha

      1.    jamin samuel dito

        mas não consigo colocá-lo no google chrome; ((foda-se)

      2.    KZKG ^ Gaara dito

        hahahahaha use Chromium, Iron, Opera, Rekonq, Firefox, o que for menos Chrome… HAHA

        1.    jamin samuel dito

          AJAJAJAJAJAJA .. bem o que mais .. Vou ter que ficar com cromo .. o estranho é que me diz ubuntu e não linux mint

        2.    jamin samuel dito

          KZKG ^ Gaara .. Solução para o problema 😉

          1.    KZKG ^ Gaara dito

            Quão? 😀

          2.    jamin samuel dito

            bem abri o terminal, fiz um sudo nautilus, abri uma janela, fui graficamente por este caminho / usr / share / applications / chromium, depois cliquei com o botão direito no ícone do chromium, dei nas propriedades então pedi, Peguei / usr / bin / chromium% U .. Excluí e digitei manualmente:
            / usr / bin / chromium-browser –user-agent = »Mozilla / 5.0 (X11; Linux x86_64) AppleWebKit / 535.1 (KHTML, como Gecko) Linux Mint 12 Chromium / 17.0.963.79 Safari / 535.1 ″% U

            Eu fiz isso à mão .. porque copiar e colar não aplicava a mudança, então eu tive que escrever sozinho.