Como instalar o Xfce no ArchLinux

Estou seriamente pensando em tentar ArchLinux com Xfce (não me assuste, debianitas) para ver como ele se comporta. Se eu puder instalar (hoje), farei um tutorial de como configurá-lo passo a passo.

Mas se você já é um usuário de arco, Deixo-vos os passos para instalar Xfce sem morrer na tentativa:

1- Para instalar um Xfce básico, basta colocar no console:
# pacman -S xfce4

Ou se você deseja uma instalação de uma forma mais específica:
# pacman -S xfwm4 xfce4-panel xfdesktop thunar xfce4-session xfce4-settings xfce4-appfinder xfce-utils xfconf

2- Para instalar os plugins (guloseimas) de Xfce simplesmente executamos este comando:
# pacman -S xfce4-goodies

3- se quisermos xfce4-mixer trabalhar com ALSA, temos que instalar os seguintes pacotes:

# pacman -S gstreamer0.10-base-plugins

4- Finalmente para quê Xfce funcionar corretamente, temos que instalar DBus.

# pacman -S dbus

5- para quê Xfce parece bom, devemos instalar os motores gtk:

# pacman -S gtk-engines gtk-engine-murrine gnome-themes-standard

Iniciando o Xfce.

Se não instalarmos nenhum Gerenciador de sessão (Gerenciador de Login) como LigthDM ou Slim, nós começamos Xfce com o comando:
# startxfce4

Ou se quisermos, podemos adicioná-lo ao arquivo ~ / .xinitrc.
#!/bin/sh

if [ -d /etc/X11/xinit/xinitrc.d ]; then
for f in /etc/X11/xinit/xinitrc.d/*; do
[ -x "$f" ] && . "$f"
done
unset f
fi

exec ck-launch-session startxfce4

E até aqui tudo deve estar "normal" .. Mais informação aqui.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

49 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   rena dito

    jjajajaa até kz gaara convencê-lo a mudar de distribuição. hahaha estou brincando xD. Eu instalei há alguns dias, mas não consegui iniciar o kde porque perdi o início do daemon debus, mas só percebi depois de terminar de ler o guia de instalação que sou um bobo LOL. Talvez neste final de semana eu tente instalar um pouco mais completo e com menos pressa.

    1.    elav <° Linux dito

      Hahaha Eu não estava convencido. Eu só quero fazer alguns testes. Só para constar, se eu não uso o Arch (e sempre disse isso) é por causa da situação da conexão e assim por diante.

      1.    KZKG ^ Gaara <"Linux dito

        Eu vou descobrir isso ... se eu colocar repositórios Arch em repositórios locais e facilmente acessíveis para nós, você usará o Arch? ele Ele ...

    2.    KZKG ^ Gaara <"Linux dito

      Você teve que adicionar dbus em daemons em rc.conf 😀
      Não se preocupe, não é que você seja estúpido ... você simplesmente não leu bem 🙂

      Nada, tente novamente e diga-nos.
      E, honestamente, estou tão surpreso quanto vocês ... Não tenho ideia por que ele quer instalar o Arch HAHAHAHA

      1.    rena dito

        Se, como eu falei neste final de semana, eu tentar de novo lá, eu te conto.

        1.    coragem dito

          Você pode nos dizer qualquer coisa, embora eu também ache que você não adicionou dbus

  2.   Elbuengeorge dito

    Quanta diferença existe no desempenho entre usar o Arch e o Debian Testing, o último iniciando com uma instalação mínima. Obviamente assumindo que você usa, mais ou menos, o mesmo desktop e aplicativos?

    1.    coragem dito

      Em relação aos gestores, acho o Pacman muito mais eficiente que o Apt, por exemplo

      1.    Eduardo2 dito

        O local escuro da força é mais forte!

    2.    elav <° Linux dito

      É exatamente o que estou tentando descobrir 😀

      1.    Eduardo2 dito

        Elva, eu digo Elav, fique longe do pacman enquanto pode, depois de experimentar não vai querer mais sair 😀

  3.   coragem dito

    Ou se quisermos, podemos adicioná-lo ao arquivo ~ / .xinitrc.
    # / Bin / sh

    if [-d /etc/X11/xinit/xinitrc.d]; então
    para f em /etc/X11/xinit/xinitrc.d/*; Faz
    [-x "$ f"] &&. "$ F"
    feito
    não definido f
    fi

    exec ck-lançar-sessão startxfce4

    Elva, eu digo elav, você pode pular esta etapa, digamos por exemplo que você vai usar Gdm:

    pacman -S gdm

    Nós modificamos a bota

    nano /etc/inittab

    Deixamos a seguinte linha assim:

    # Boot to console
    #id:3:initdefault:
    # Boot to X11
    id:5:initdefault:

    E este assim

    #x:5:respawn:/usr/bin/xdm -nodaemon
    x:5:respawn:/usr/sbin/gdm -nodaemon
    #x:5:respawn:/opt/kde/bin/kdm -nodaemon

    Adicionamos os daemons gdm e dbus

    nano /etc/rc.conf

    DAEMONS=(... gdm dbus)

    O medo do Xinitrc pode estragar o problema ~, muitas vezes não sai ou se sai o arquivo está vazio

    1.    elav <° Linux dito

      Couñaje, quer dizer, Coragem, muito obrigado pela dica .. Uma pergunta E se usarmos LightDM?

      1.    coragem dito

        Não conheço LightDM, mas olha o Wiki

        Jogos de azar, eu diria que é para adicionar uma linha na parte de

        #x:5:respawn:/usr/bin/xdm -nodaemon
        x:5:respawn:/usr/sbin/gdm -nodaemon
        #x:5:respawn:/opt/kde/bin/kdm -nodaemon

    2.    Eduardo2 dito

      Courage não precisa colocar gdm no daemon

      meus demônios (syslog-ng dbus networkmanager netfs crond)

      1.    coragem dito

        Foda-se quem está ao seu redor vai estar metido até os ovos, sempre criticando HAHAHAHA

        1.    Eduardo2 dito

          Não criticou, apenas esclareceu que não é necessário colocar gdm em daemons, basta editar / etc / inittab. Você não pode lutar e eu não mexi com você.

          1.    coragem dito

            Não fale comigo para ferir meus poucos sentimentos buaaaaaaaaaaaaaaaaaa buaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa buaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa HAHAHAHAHA

            Eu queria foder, nada mais

      2.    KZKG ^ Gaara <"Linux dito

        Exatamente, nenhum GDM / KDM é necessário nos daemons ... apenas configurando o inittab corretamente, nada mais 😉

  4.   Alez dito

    E não é mais fácil (pelo menos para um iniciante) usar o rc.conf, colocar lightdm ou slim lá e inicializar o xfce4 dessa forma? Se você usar o slim, terá que configurar o .xinitrc que é o que ele lerá na inicialização. De acordo com o wiki (em meus dias de Arch eu configurava assim e funcionava perfeitamente) para evitar erros, você pode alterar a configuração slim colocando login_cmd exec ck-launch-session / bin / bash -login ~ / .xinitrc% session
    no slim.conf e mantendo o xinitrc o mais simples possível. Não sei se o lightdm já está nos repos, acho mais simples porque você não precisa usar o xinitrc (não tenho certeza disso)
    Em qualquer caso, está tudo no wiki! E para curtir xfce no Arch, para meu gosto uma das melhores combinações que existem. Sem esquecer de usar o xfwm-tiliing que funciona muito bem!

    PS dbus deve ir antes de gdm em rc.conf, eu acho.

    1.    coragem dito

      PS dbus deve ir antes de gdm em rc.conf, eu acho.

      Eu tenho como eu coloquei e está indo bem

      E não é mais fácil (pelo menos para um iniciante) usar o rc.conf, colocar lightdm ou slim lá e inicializar o xfce4 dessa forma?

      Não é suficiente se você deseja que carregue automaticamente

  5.   <° Linux dito

    Como obtenho um guia gráfico de instalação do Archlinux? Alguém me dê um telegrama.

    1.    coragem dito

      http: /thearchlinux.wordpress.com

      1.    Eduardo2 dito

        Este guia está desatualizado, com o gnome 3 há muitos daemons alsa hal fam gdm e o dbus e o módulo de fusível estão faltando.

        E eu tenho coragem, você deve levar um guia com fotos e tudo instalando kde, o sandy do xfce ou elav e eu do gnome 😀

        1.    coragem dito

          Não é uma má ideia, devíamos falar sobre isso por correio ou algo assim com ele e se me deixassem publicar eu publicaria diretamente

          1.    Eduardo2 dito

            a um tempo atrás eu tinha um guia de instalação do 0, mas as fotos de cada etapa. Acontece que gosto do arenoso, comecei a inventar com grub2 sem ler bem e na minha máquina, eh, me recomende a melhor máquina virtual atual e começo a fazer o guia neste final de semana.

            1.    KZKG ^ Gaara <"Linux dito

              VirtualBox, nada melhor 🙂


          2.    coragem dito

            Só usei o Virtualbox.

            Quando você tiver, deixe o arenoso saber e deixe-o me dizer

          3.    prefeito dito

            Saudações, sei que o problema é antigo, mas acabei de instalar o arch e ao conectar algum usb ele o reconhece mas não me deixa ver diz que não pôde ser montado. Não autorizado a realizar a operação. O mesmo vale para o cdrom. Que posso fazer. Tenho armazenamento e roda no meu usuário e tudo mais. Veja se você pode me ajudar.

            1.    KZKG ^ Gaara dito

              Experimente adicioná-lo ao grupo adm e disk para ver.
              lembranças


        2.    KZKG ^ Gaara <"Linux dito

          Nah eu não sou bom em fazer guias detalhados HAHAHAHAHA

          1.    coragem dito

            Vamos lá, não é um grande negócio, use como guia para fazer um guia detalhado meu para ArchBang de uL

    2.    KZKG ^ Gaara <"Linux dito

      RI MUITO!!!! HAHAHA !!!!

  6.   Oscar dito

    Coragem, estou muito, muito intrigado, preciso, se possível, que me esclareça porque KZKG ^ Gaara você chama de corajoso.

    1.    elav <° Linux dito

      Hahahaha outro que não viu Naruto. Não acontece nada, vou explicar. Existe uma série de mangás chamada Naruto, onde um dos personagens é o líder de The Sand Village, e seu nome é Kazekage Gaara. Nosso querido amigo tem aquele apelido: KZKGGaara, embora na realidade devesse ser KCKGGaara, mas enfim.

      1.    KZKG ^ Gaara <"Linux dito

        Erro ... não precisa ser KCKG porque NÃO é para pronúncia, é para CONSONANTES, você vê algum C no KaZeKaGe? 😉

        1.    Oscar dito

          Não tente acomodar, você só pediu, só tem que aguentar, hahahahahaha.

          1.    KZKG ^ Gaara <"Linux dito

            HAHAHAHAHA a propósito, eu tenho (na verdade temos) uma proposta, caso você queira nos ajudar com o site, acredite, você nos ajudaria muito 😀
            Escreva-me um e-mail 😉

    2.    Eduardo2 dito

      Eh o copyright de sandy tem meu nome 😀

      1.    coragem dito

        Isso mesmo, eu deveria ter perguntado a você, não a mim

  7.   kik1n dito

    Bom para instalar o Arch.
    Você também pode experimentar o Lxde. Mais leve, fofo.

    Depois de entrar no mundo do Arch, você nunca mais sairá.

    1.    elav <° Linux dito

      Já estou dentro .. Vamos ver quanto tempo dura para mim 😀

      1.    Oscar dito

        E isso usando o Chrome, vem nos repositórios do Arch?

        1.    Eduardo2 dito

          Nos Funcionários deste Chromium, no AUR você tem uma grande variedade para instalar o Chrome

          * google chrome 15.0.874.121
          * google-chrome-beta 16.0.912.41
          * google-chrome-dev 17.0.942.0

  8.   Eduardo2 dito

    Bom, já tenho muitas fotos da instalação básica do iosa coisa curiosa que dizem que é o mais difícil, mas já sei de cor 😀 e aí instalo o gnome 3 e aí tenho que colocar o texto 😀 e a explicação. Eh, como você está fazendo com suas peças?

    Coragem permaneceu no kde

    Sandy ou Elva farão o guia xfce. (bem, essa ideia foi minha e eles não confirmaram)

    1.    elav <° Linux dito

      Bom, depois que você sabe como trabalhar com o instalador, fica tudo mais fácil, não é tão complicado assim .. Ahh e a Elva diz que não tem nenhum tutorial do Xfce para você.

    2.    KZKG ^ Gaara <"Linux dito

      Elav fará isso (ou fez, não estou certo), mas ... eu Xfce? HAHA não é brincadeira HAHA.

  9.   nicochee dito

    oi alguém pode me dar uma mão, estou tentando instalar em uma máquina virtual arch + xfce com gdm manager já instalei o metapacote xorg, instale o gdm, adicione o daemon dbus (no final de tudo na lista) instale o xfce e xfce-goodies, mas quando eu ligo a máquina tudo começa muito bem, mas quando eu deveria executar o gerenciador de início de seção eu obtenho uma tela preta e um ponteiro médio estranho como se fosse uma bola
    obrigado
    PS: Na verdade, sou um iniciante, mas queria tentar o Arch por curiosidade

  10.   COMECON dito

    Bom tutorial!
    Mas a roda do botão não funciona para mim no XFCE ou LXDE ...