Execute um aplicativo (incluindo gráfico) em outro PC como outro usuário

Olá,

Isso é muito útil, pois através dessa dica podemos administrar outro PC, ou vai facilitar um pouco nossa vida em determinados momentos.

Eles sabem que se eles se conectarem por SSH de PC # 1 a PC # 2 por exemplo, e eles tentam abrir um programa como Firefox para executar e exibir em PC # 2, ou algum reprodutor de música ou vídeo, fazemos assim:

usuário @ pc2: ~$ firefox

Porém, ele retorna o seguinte erro:

(firefox: 1704): Gtk-WARNING **: não é possível abrir o display:

Pois bem, aqui você verá como abrir os softwares que desejamos, resolvendo este erro com apenas um comando.

Também (e na minha opinião isso é mais interessante), suponha que eu seja PC # 1, Eu acesso PC # 2 qual é o PC da minha namorada com o usuário kzkggaara por exemplo, então eu desejo a ela (usuário cc) é mostrado a você um Notificação (como aqueles que aparecem quando aumentamos ou diminuímos o volume, etc) que diz “Pare de ouvir Enrique Iglesias !!!”Hehe… vamos ver como fazer, sem precisar saber a senha do seu usuário (cc neste exemplo).

Para acessar por SSH com nosso usuário (kzkggaara neste exemplo) para PC # 2 (com endereço IP = 192.168.151.209) colocamos algo assim:

  • ssh kzkggaara@192.168.151.209

Agora, uma vez dentro de nosso usuário, queremos executar um reprodutor de vídeo, por exemplo, aquele que é instalado por padrão no Ubuntu é Totem, vamos usar isso para explicar.

Se simplesmente colocarmos no terminal "totem“Irá dar-nos o referido erro, pois antes de executar a aplicação devemos colocar a seguinte linha:

  • exportar DISPLAY =: 0.0

Colocando esse aqui, o problema está resolvido hehe. (se aparecer um erro, mude "0.0" de "1.0“) Então, as etapas para executar totem seria:

  1. exportar DISPLAY =: 0.0
  2. totem

E pronto.

Se então quisermos fechar totem nós simplesmente colocamos:

  • totem killall

Agora, suponha que queremos executar um navegador como FirefoxNão teremos escrever a primeira linha novamente (exportar DISPLAY =: 0.0), simplesmente colocamos:

  • firefox

E problema resolvido 😉

No entanto, se eles saírem da sessão e entrarem novamente via SSH para PC # 2, eles terão que escrever a linha referente a exportar.

Agora ... o mais interessante na minha opinião:

Execute aplicativos na área de trabalho de outro usuário:

Já estamos conectados por SSH a PC # 2, acessamos com o usuário kzkggaara e o que queremos é mostrar ao usuário cc um Notificação (como aqueles que aparecem quando aumentamos ou diminuímos o volume, etc) que diz “Pare de ouvir Enrique Iglesias !!!"

Para enviar notificações manualmente, devemos instalar um pacote chamado libnotify-bin, para instalá-lo colocamos no terminal:

  • sudo apt-get install libnotify-bin

E pronto. Agora, vamos criar um script muito pequeno com o comando:

  • sudotouch /opt/script.sh

Vamos editá-lo com:

  • sudo nano /opt/script.sh

E nele vamos escrever o seguinte:

exportar DISPLAY =: 0.0

notificar-enviar "Pare de ouvir Enrique Iglesias !!!"

Nós economizamos e saímos com [Ctrl] + [X], e agora daremos ao script permissões para executar:

  • sudo chmod + x /opt/script.sh

E agora só precisamos executar o script, mas vamos executá-lo como o usuário cc, já que o que queremos é que essa notificação apareça para aquele usuário específico. Passamos para o diretório que contém o script:

  • cd / opt /

E agora nós o executamos:

  • sudo -u cc ./script.sh

Feito, seria isso.

Isso é totalmente personalizável, eles podem mostrar a você um gedit isso diz "Hackeado você no PC“, Ou o que eles quiserem, tudo depende do quanto eles sabem improvisar.

Nada, o tutorial termina aqui.

Qualquer erro que surja, problema, dúvida ou dúvida, reclamação ou sugestão, agradeceria se me comunicasse, a crítica construtiva é sempre bem recebida.

Saudações e ... eu sei que isso será útil para alguém ^ _ ^


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

11 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   ar0 dito

    Suponho que você complique muito as coisas pelo menos do meu ponto de vista, para fazer o mesmo explicado na primeira parte simplesmente ao conectar ao servidor ssh adicionamos o parâmetro -X e após a autenticação simplesmente digitando o nome do aplicativo vai abrir sem nenhum engano
    exemplo

    ssh -X kzkggaara@192.168.151.209
    firefox

    e com isso evitamos fazer a exportação ...

    1.    KZKG ^ Gaara <° Linux dito

      Olá e bem vindo ao site 😀
      O problema é que o que eu quero é escrever num terminal «firefox»(Para dar um exemplo), e que este seja aberto naquele outro PC sim, mas que também seja mostrado no seu display / monitor, ou seja, o que executo em um terminal que é mostrado ao outro usuário no PC dele, fazendo-o entender ou parecer que o computador "enlouqueceu" 🙂

      Se eu fizer ssh -X $ user @ $ ip e então escrevo «firefox»Nesse terminal, o aplicativo (firefox neste caso) abrirá para mim no meu monitor / tela, e nada será mostrado no monitor daquele outro computador (ao qual me conectei remotamente via SSH).

      Pelo menos isso é o que eu poderia apreciar com -XSe eu estiver errado, esclareça a dúvida.
      Saudações e mais uma vez, seja bem-vindo ao nosso site 😉

  2.   ar0 dito

    Exatamente isso acontece se o que acontece é que eu entendi que era isso que se pretendia, mas vejo que não está bem, pelo menos é uma forma de abrir aplicativos remotamente, embora não seja de brincadeira 🙂 e obrigado pelo acolhimento aqui vamos caminhar.

    1.    KZKG ^ Gaara <° Linux dito

      Esse é o problema hehehehe, para mim não adianta brincar, mas para funcionar dá, porque o processamento e o carregamento são assumidos por aquele PC remoto, enquanto o aplicativo é mostrado no meu display, boa dica 😉

      Saudações e lemos uns aos outros aqui 🙂

  3.   Castanho dito

    Se entendi bem o procedimento, agora como obtenho o IP da máquina 2 do meu console? se pode ?

    Não sei nada sobre redes, que pena 🙁

    1.    KZKG ^ Gaara <° Linux dito

      No terminal coloque: ifconfig
      Lá você pode ver os detalhes de cada interface de rede, ou seja, se você possui uma LAN (rede a cabo), Wifi, ou alguma outra.

      Onde diz "inet", aí você pode saber o IP 😀
      E não se preocupe, ninguém nasce sabendo hahaha, todos nós aprendemos no caminho.

      lembranças

  4.   semptrio dito

    Obrigado!!! isso é exatamente o que eu estava procurando ...

  5.   david dito

    E se eu quisesse fazer isso da web usando php, mostrando também uma imagem da web, sem usar o script que você cria, ou seja, algo assim, como eu poderia conseguir ???
    $ image = »http://website.net/imagen.png»;
    $ message = »pare de ouvir Enrique Iglesias»;
    exec ("exportar exibição =: 0.0 | notificar-enviar $ mensagem -i $ imagem");

  6.   alexweb dito

    Olá, muito bom conselho!
    Em relação ao ssh, funciona se você exportar o display.
    Pelo menos eu consigo isso no console.

    Uma saudação.-

  7.   Lida dito

    Ao configurar o arquivo sshd_config, é necessário modificar o x11Forwarding para fazer o que você está fazendo? essa é a minha dúvida

  8.   Ricardo Luis Ordaz Villalobos dito

    Olá, tenho uma pergunta, pode ser o contrário? Por exemplo, se eu estiver no PC1 sem Firefox, e minha namorada estiver no PC2 com Firefox, posso executar o Firefox do PC2 e fazer a janela do navegador aparecer no PC1 onde o navegador não está instalado?