O Kubuntu muda de dono ou patrocinador? ¬_¬

Esta notícia ecoou rapidamente online, o simples fato de agora Kubuntu mudar "patrocinador", não será mais 'patrocinado' por Canônico mas Sistemas Azuis.

Eu pergunto ... quantos consideram Canônico como patrocinador de Kubuntu? ... bem, pelo menos eu sempre pensei que a Canonical era a dona da Kubuntu, e isso me leva à próxima pergunta:

"O Kubuntu mudou de propriedade?"

Quando a Canonical decidiu simplesmente Descartar Kubuntu, muitos de nós estamos felizes ... estamos aliviados, pois esta distro não sofreria os caprichos da Canonical, pensamos que agora não pertenceria a ninguém, ninguém teria o direito de decidir o que fazer ou não fazer ... a comunidade teria a única palavra, mas acontece que agora não tenho certeza.

Sistemas Azuis … Será mesmo um patrocinador ou proprietário? ¬_¬

Eles já patrocinaram outros projetos relacionados a KDE, como são Netrunner e (WTF !!) Linux Mint KDE.

Kubuntu, o que mais uma vez (em muito tempo) voltou a interessar (pelo menos para mim), acho que agora pode ficar um pouco confuso, porque não é segredo, o novo patrão vai impor as suas prioridades, justamente por isso que ele quer eu também Sistemas Azuis seja um patrocinador e não outro dono 🙁

Enfim, em 1 ano veremos o que colhemos e isso nos dará a medida do que plantamos 🙂

Esta é uma boa notícia para o momento, pois os caras da Sistema Azul Eles disseram que vão doar dinheiro para o projeto (pagamento de servidores, melhorias de hardware, promoção, etc.), bem como querem falar com Canônico em Kubuntu como uma marca registrada, bem ... sim Kubuntu não pertence a Canônico (Refiro-me à distro), o lógico é que o nome ou marca (Kubuntu) não é propriedade de Canônico não? Esses dados foram fornecidos pelos meninos de H-On-line.

lembranças


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

28 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   Jamin-Samuel dito

    A coisa mais conveniente é mudar o nome ... porque Kubuntu vem de "ubuntu" sem o K Ele continua dizendo ubuntu .. então eu acho que para evitar problemas futuros que são separados do término do ubuntu e são chamados de outra coisa ..

    já que o patrocinador ou proprietário se chama Blue System .. então ligue Sistema Klue

    ou como sua base pertence ao debian que são chamados kabian não sei ..

    que colocam o nome que é mas que não rima com a terminação ubuntu

    Kebian ahahahahaha xD o nome que acabou de me fazer me faz rir muito xD

    1.    adequado dito

      Ou pode ser "Klue OS".

      1.    truko22 dito

        Gosto da ideia ^ __ ^

  2.   sieg84 dito

    Então, se eles adquirirem o nome kubuntu, o netrunner desaparecerá?

  3.   Merlin, o Debianite dito

    Bem, não sei, quase não uso o kde, gosto mais do xfce ou do mate (gnome2).

    A verdade deveria ser mudar o nome, já que kubuntu nunca pareceu realmente ter nomes como: Klinux, KDEbian, Kebian? isso soou estranho certo?

    Eles também podem escolher, uma vez que é um sistema azul, eles podem colocar o Sistema com KDE do GNU / Linux (SKGL) e também colocar o u intercalado do kubuntu SuKuGuLu.

    hahahahaha Sukugulu que nome bom que é. Eles realmente não deveriam renomeá-lo como o acima.
    hahaha

    desculpe é que o nome é meio engraçado. sukugulu XD.

    1.    Jamin-Samuel dito

      sim é xD como o meu «Kebian» AJAJAJAJAJA

      não, mas eu realmente gosto de suas propostas

      - Klinux
      - KDEbian

      Ambos parecem ótimos 🙂

  4.   Saito dito

    Prefiro que o nome continue o mesmo 😉

    1.    Jamin-Samuel dito

      terá problemas com a empresa ubuntu original .. Não acho que o nome do ubuntu seja GPL

      1.    sieg84 dito

        No artigo diz que o kubuntu é uma marca registrada canônica ...

        1.    Jamin-Samuel dito

          exatamente .. portanto, o mais seguro é que o nome será alterado

  5.   Guilherme Abrego dito

    Bem, se for para o bem do projeto não há problema em ser renomeado, gostaria que o mesmo acontecesse com o Xubuntu que é ainda mais esquecido que o Kubuntu, e a verdade tem muito potencial

  6.   histórias dito

    dias atrás, foi anunciado que canônico não suportará mais o kubuntu, após 12.04, (http://www.desarrolloweb.com/actualidad/canonical-adios-kubuntu-6506.html) Fiquei no limbo por alguns dias, pois mais tarde foi anunciado que a "comunidade" continuaria com o desenvolvimento do kubuntu, (http://www.meneame.net/story/kubuntu-pierde-estatus-distribucion-oficial), e agora foi descoberto quem deu $ suporte ao kubuntu, segundo foi dito que a Canonical não via futuro para o kubuntu,

  7.   Arturo Molina dito

    Suponho que a recente adição do Lubuntu 11.10 com a Canonical teve algo a ver com isso, alguns anos atrás eu usei o Kubuntu, mas devido aos altos requisitos do KDE optei pelo Lubuntu desde 11.04.

  8.   coragem dito

    Quando a Canonical decidiu simplesmente descartar o Kubuntu, muitos de nós ficamos felizes ... ficamos aliviados, porque esta distro não sofreria mais os caprichos da Canonical

    Você gosta dessa empresa?

    1.    KZKG ^ Gaara dito

      Como empresa, não, simplesmente não compartilho muitas decisões que eles tomaram.

      1.    Phytoschido dito

        Bem, parece que você não gosta. Com este artigo, parece que você deseja apenas continuar adicionando combustível à Canonical para coisas insignificantes. Você pensou que a tradução de "patrocinador" significava "patrocinador", então qual é o objetivo deste artigo?

        1.    KZKG ^ Gaara dito

          Não se trata de colocar combustível, é sobre o fato de que a notícia do novo patrocinador (... hehe sim, eu sei MUITO bem o que é a tradução) pode ou não ser totalmente positiva.

          Bem vindo ao site 😉

  9.   trovão dito

    A Canonical realmente pagou apenas um desenvolvedor Kubuntu, de cerca de 25 existem, então também não contribuiu muito. Em teoria, a Blue Systems continuará a fazer o mesmo, pagando aquele desenvolvedor (em tempo integral) (a propósito, o dev é o criador do Kubuntu), mas não aos outros. O bom é que também vai pagar por infraestruturas, etc., etc.

    Não acho que a mudança seja muito grande, mas é bom saber que o pai do Kubuntu poderá continuar a viver de seu próprio produto, o que é ótimo do meu ponto de vista.

    Blue Systems é conhecido entre nada e zero, a única coisa que sei é que eles não sabem como fazer páginas da web atraentes xD o importante é que eles colocam dinheiro e fazem do Kubuntu uma distro com muito feedback de a comunidade, isso seria fantástico.

    A próxima versão do Kubuntu promete muito, uma das coisas que eu não gosto nesta distro é Muon (por causa da quantidade de erros que tem, sério), felizmente as novas versões são muito mais estáveis, senão ... - . -

  10.   José Miguel dito

    Em princípio e esperando por mais informações, acho que é uma boa notícia. Todas as ajudas são boas.

    Fui usuário do Kubuntu por alguns anos, nunca gostei do Gnome e o Kubuntu era uma boa alternativa. Mas pelos caprichos da Canonical, acabei ficando farto e foi quando decidi pelo Debian com KDE.

    Na minha opinião, foi uma decisão acertada, aprendi muito depois disso.

    Saudações.

    1.    Jamin-Samuel dito

      Brother, desculpe a pergunta .. é saudável instalar o debian Sid?

      E que diferença esse branch tem com o ubuntu?

      Quem atualiza mais rápido o Ubuntu ou o Debian Sid?

      Você recomendaria a um usuário do ubuntu para instalar o debian sid?

      1.    shiba87 dito

        Ubuntu é uma versão Cycling e o branch Unstable do Debian é tecnicamente uma versão Rolling.

        O Ubuntu não atualiza nada (ou quase) até que uma nova versão da distribuição seja lançada, enquanto no Debian Unstable os pacotes são continuamente atualizados

        Recomendado para uso comum / desktop seria o Debian Testing,

        1.    Windousico dito

          O Kubuntu atualiza os pacotes KDE de vez em quando. Não há muitas diferenças entre um Kubuntu 12.04 e um Kubuntu 11.10 atualizado.

      2.    José Miguel dito

        Desculpem a demora, mas entre meu blog e todo o resto ...

        Olha, basicamente as diferenças são por causa dos pacotes.

        No "Debian Stable", por padrão você não tem as versões mais recentes, no entanto, você pode adicionar repositórios "Testing" e fazer um "Mix". Desta forma, você pode selecionar os aplicativos importantes e estar atualizado.

        Se você quiser estar atualizado, "Teste Debian".

        Sobre "Sid" ou "Instável", não recomendo, sua estabilidade não é boa. Não seria uma boa escolha para um desktop.

        Saudações.

        1.    José Miguel dito

          Cerca!!! o que isso ... eu não percebi, desculpe.

  11.   kondur05 dito

    ganhar ou falhar? e aí está a questão!

    Acho que não devo mudar meu nome, pois ainda será ubuntu, no dia em que for debian como canaima por exemplo, porque se deveria ter outro nome, não acham?

  12.   Windousico dito

    A Blue Systems prometeu não se intrometer nas decisões tomadas pela comunidade Kubuntu. Em breve veremos se eles têm uma palavra, Riddell não é tímido quando se trata de anunciar coisas.

  13.   Jors dito

    Que bom para o kubuntu um novo patrocinador uma proposta que eu gostaria que no futuro no kubuntu eles adicionassem alguns plugins de configuração assim como os drakes mandriva seria muito bom o que resta é fazer o download de 26 de abril de 2012 para o kubuntu e apoiá-lo a pergunta quem se atreve a fazer uma versão de canaima com kde

    1.    kondur05 dito

      Seria bom perguntar ao pessoal do ministério da ciência sobre kde em canaima e chamá-lo de kanaima!