Manjaro Linux 20.1 chega com Kernel 5.8, atualização de ambiente e mais

O lançamento de a nova atualização da imagem de instalação da distribuição Linux "Manjaro Linux 20.1", como muitos de seus usuários saberão, Manjaro é uma distribuição baseada no Arch Linux e é um lançamento contínuo (sem novas versões, apenas atualizações).

É por isso que o objetivo dessas atualizações é evitar que novos usuários e aqueles que estão reinstalando o sistema tenham que baixar grandes quantidades de GB de atualizações de pacotes de sistema.

O layout destaca-se pela presença de um processo de instalação simplificado e fácil de usar, suporte para detecção automática de hardware e instalação dos drivers necessários ao seu funcionamento.

Para gerenciar repositórios, Manjaro usa seu próprio kit de ferramentas BoxIt, projetado da mesma forma que o Git. O repositório tem suporte contínuo, mas as novas versões passam por um estágio adicional de estabilização.

Além de seu próprio repositório, há suporte para o uso do repositório AUR (Arch User Repository). A distribuição vem com um instalador gráfico e uma interface gráfica para configurar o sistema.

O que há de novo no Manjaro Linux 20.1

Esta nova atualização de imagem do sistema inclui kernel Linux versão 5.8 com o qual todos os benefícios desta versão são integrados à distribuição e um grande número de pacotes também foram atualizados.

Mas das atualizações que mais se destacam, podemos descobrir que o ambiente de usuário principal baseado em Xfce 4.14, que vem com o tema "Matcha" e é expandido com o mecanismo «Display-Profiles», que permite salvar perfis separados com configurações de exibição.

Enquanto na edição baseada em en O KDE oferece uma nova versão do desktop Plasma 5.19. Inclui um conjunto completo de temas de Respiração 2, incluindo versões claras e escuras, proteção de tela animada, Perfis Konsole e skins Yakuake.

Em vez do menu tradicional do aplicativo Kickoff-Launcher, é proposto o pacote Plasma-Simplemenu. Os aplicativos KDE foram atualizados para a versão KDE-Apps de 20 de agosto de 2008.

Por sua vez, na edição baseada em O GNOME continua a ser fornecido com o GNOME 3.36. Interfaces aprimoradas de login e tela de bloqueio, bem como aplicativos para gerenciar plug-ins para GNOME Shell.

O modo "Não perturbe" foi implementado, que desativa temporariamente a exibição de notificações. O shell padrão é zsh. Gerenciador de exibição GDM atualizado e aplicativo de troca de modo de área de trabalho (alternar entre os temas Manjaro, Vanilla GNOME, Mate / GNOME2, Windows, macOS e Unity / Ubuntu).

Pamac Batch Manager foi atualizado para a versão 9.5 com operações de detecção de dependência mais rápidas, melhor tratamento de erros e melhor implementação de pesquisa.

Além disso, a compilação do pacote AUR e a instalação em uma passagem foram fornecidas. A construção do console do Architect oferece a capacidade de instalação em partições ZFS.

Passado se você estiver interessado em saber mais sobre isso Sobre o lançamento desta atualização, você pode verificar os detalhes da postagem original indo para o seguinte link. 

Baixe Manjaro Linux 20.1

Finalmente, para aqueles que estão interessados ​​em obter a nova versão do Manjaro, eles podem obter a imagem do sistema acessando o site oficial da distribuição e em sua seção de download você encontrará os links para baixar qualquer um dos sabores que você gosta ou as versões da comunidade que adicionam outros ambientes de desktop ou gerenciadores de janela.

Manjaro vem em versões ao vivo com os ambientes gráficos KDE (2.9 GB), GNOME (2.6 GB) e Xfce (2.6 GB). Builds com Budgie, Cinnamon, Deepin, LXDE, LXQt, MATE e i3 são desenvolvidos posteriormente com a participação da comunidade.

O link é este.

A imagem do sistema pode ser gravada por:

  • Windows: Eles podem usar Etcher, Universal USB Installer ou LinuxLive USB Creator, ambos são fáceis de usar.
  • Linux: A opção recomendada é usar o comando dd, com o qual definimos em qual caminho temos a imagem Manjaro e também em qual ponto de montagem temos nosso usb:

dd bs=4M if=/ruta/a/manjaro.iso of=/dev/sdx && sync


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Um comentário deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   José Miguel dito

    Para salvar a imagem, utilizo o Etcher, também disponível em sistemas GNU / Linux e muito fácil de usar.

    Saudações.