Tentei o Kubuntu 15.04 Beta2 e deixo minha opinião;)

Alguns dias atrás, o Beta 2 do que será o ** Kubuntu 15.04 ** foi lançado e me deixou com um gosto excelente na boca após alguns minutos de teste. Vamos dar uma olhada em algumas das coisas mais interessantes que encontramos neste Beta.

O poder do KDE

Talvez a mudança mais importante que o ** Kubuntu 15.04 ** nos traz é que eles colocaram de lado a segurança e estabilidade do KDE 4.X para abrir suas mãos para o ** Plasma 5 **. Não me lembro qual versão do Kubuntu veio com o KDE 4.0 pela primeira vez, mas o que nunca esquecerei é que foi um desastre total devido à instabilidade do desktop na época.

Com ** Plasma 5 **, embora estejamos sempre propensos a algo semelhante, não acho que seja assim. Aqueles de nós que têm testado o ** Plasma 5 ** desde o seu início, viram como ele amadureceu pouco a pouco e os detalhes que ainda estão faltando são muito pequenos. Talvez o mais irritante seja que alguns aplicativos como o Pidgin, não mostram o ícone na bandeja do sistema. Mas sem dúvida algumas das vantagens e melhorias que o ** Plasma 5 ** nos trará no ** Kubuntu 15.04 ** nos farão esquecer essas coisas.

Desde que chegamos à tela de * Login *, podemos ver o cuidado estético que os desenvolvedores do KDE tiveram, graças à nova * Equipe * encarregada da imagem e design deste Ambiente Desktop. A mesma aparência que encontramos na tela de bloqueio:

Tela de bloqueio

Ao acessar o Desktop acho que a primeira coisa que notaremos é o quão "minimalista" ele é, e sem dúvida fica lindo, embora para os gostos de cores. Um exemplo disso é o menu de aplicativos do KDE, que é sóbrio, elegante e muito * plano *.

Luz de Plasma

E para quem prefere temas escuros no Plasma, porque * Breeze * (o novo tema para Desktop), também nos fornece a versão * Dark *:

Plasma Breeze Escuro

Outro detalhe que gostei do * Live CD * deste Beta é que eles incluíram apenas os aplicativos GTK necessários, neste caso ** LibreOffice ** e ** Mozilla Firefox **. Além disso, a fonte padrão é ** Fonte Oxygen **, uma fonte projetada especificamente para o KDE, embora não me convença muito com o * anti-aliasing * padrão do sistema, e sempre acabo colocando outra. Eles também adicionaram ao Centro de Preferências do KDE, a opção de ver os dados de nossa equipe:

Sobre..

Voltando ao ** Plasma 5 ** e suas novidades, agora um * miniaplicativo * está incluído no painel para controlar os reprodutores de áudio:

Plasma_Control

E no caso do ** Kubuntu 15.04 **, outro * miniaplicativo * é adicionado para iniciar a telepatia do KDE, que é bastante útil:

Plasma_Telepatia

Por outro lado, no ** Plasma 5 ** eles deram (na minha opinião) um passo para trás ao incorporar notificações flutuantes na forma de bolhas, que não são configuráveis ​​de todo. Assim que desaparecerem, podem ser visualizados no painel como de costume.

Digo que é um retrocesso porque com o KDE4, você pode * desanexar * as notificações do painel e elas ficam com a mesma forma (em bolha), mas temos a opção de fazer ou não fazer isso. De qualquer forma, eles parecem muito bons.

Notificações

Outros detalhes interessantes do Kubuntu 15.04

Testando o * LiveCD * encontrei alguns outros detalhes que achei interessantes, como ** Kubuntu inclui um novo tema GTK chamado Orion ** que tem sua variante para aplicativos GTK2 e GKT3. Além disso, adiciona um novo estilo gráfico para o KDE chamado * Fusion *.

Outra coisa que me chamou a atenção foi que, enquanto escrevia em ** Kate **, fui desconectado. Quando voltei, abri a ** Kate ** novamente, resignada por ter feito muitas anotações e não ter salvo, mas me deparei com o seguinte:

Recuperação em KATE

Não apenas me permitiu ver as mudanças Antes / Depois, mas também me permitiu relembrar o que havia escrito, ou poderia esquecê-lo. Que vocês acham disso? Se isso já estava lá antes, eu só comi no café da manhã 😉

Como você pode ver na imagem, entre as notas que eu estava apontando como * algo negativo neste beta *, é que o LibreOffice precisa de um pouco mais de carinho já que a integração com o KDE não é totalmente ruim, mas no menu não sabemos quando paramos em alguma opção.

E para terminar esta parte, devo reconhecer alguns detalhes que devem ser apreciados. Primeiro, embora muitas outras distribuições tenham mudado o ponto de montagem dos dispositivos para * / run / media / user / device / *, o Kubuntu mantém o ponto de montagem em * / media / user / device / *. Outro ponto positivo é que inclui o KDE Connect para interagir com nosso sistema através de um telefone Android.

Conclusões do Kubuntu 15.04

Apesar do curto tempo de teste, acho que ** Kubuntu 15.04 ** está pronto e pronto para receber ** Plasma 5 **. Depois do KaOS, agora o Kubuntu 15.04 seria a outra distribuição * pro Plasma5 * que eu recomendaria a qualquer amigo. Por enquanto vou aguardar a versão final para testar novamente e confirmar se estou certo com minha opinião.

De qualquer forma, o melhor que você pode fazer é tentar você mesmo, então deixo o link para download:

Baixe o Kubuntu 15.04 Beta 2


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

55 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   Obi-Wan Kenobi dito

    Interessante. Veremos em abril quando a versão estável for lançada.
    PS: 15.04 é LTS? Achei que fossem os pares, 14.04, 16.04, etc ...

    1.    Leper_Ivan dito

      Não eu, querida.

      Os pares, mas com o XX.04.

      XX.10 não.

      Saudações.

    2.    Leper_Ivan dito

      Desculpa. Interpretação errada minha.

  2.   Gorlok dito

    Uma pequena correção se você quiser:
    «Apesar do curto tempo de teste, acredito que o Kubuntu 15.04 está pronto e preparado para receber o Plasma 5. Sendo uma versão LTS, devemos ter segurança e estabilidade de patches ou correções garantidas, mas por si só esta versão do KDE é totalmente utilizável."
    Pelo que sei, não corresponde a uma versão LTS. O LTS sai a cada 2 anos, o atual é de 14.04 LTS e o próximo provavelmente será de 16.04 LTS. https://wiki.ubuntu.com/LTS

    Agora, com relação ao teste: a verdade é que a distro é interessante, gosto da aparência geral que está recebendo. Teremos que tentar 🙂

    1.    elav. dito

      Ah, certo ... Achei que todos os .04s eram LTS: D. Obrigado pela correção, agora eu conserto.

  3.   cristão dito

    Quero experimentar a versão final, quando tento testar este beta no meu laptop, se movo as janelas, elas começam a desaparecer ou piscar ou fechar, realmente irritante, espero que a versão final possa ser usada por mim, vou tentar em Abril.

    Saudações.

    1.    elav. dito

      Qual placa de vídeo seu laptop possui?

      1.    cristão dito

        O laptop em que testo as distribuições tem uma AMD Radeon 7310 HD, no momento está com Antergos e gnome se move geralmente bem.

    2.    Marcelo dito

      Isso aconteceu comigo com 14.10 e plasma 5 ... Resolvi ativando o driver AMD estável. Agora em 15.04 eu não precisava mais disso.

      Espero que ajude você.

      Pessoalmente, considero que esta versão, embora ainda seja beta, é a que funcionou melhor no meu laptop atual (e que atualizei a partir de 14.10). Rápido, elegante, estável ... a verdade ... gosto muito. Eu só tive alguns problemas com aplicativos que foram removidos pela metade e kmix que só ocorreria na inicialização do sistema. Corrigido isso, tudo perfeito! e suporte de idioma, é o que eu mais senti falta no 14.10 alpha Plasma 5.

  4.   yacolca dito

    Olá .. e a pergunta de um milhão de dólares Como faço o Compiz Fusion funcionar?

    1.    elav. dito

      Compiz Fusion no KDE? Isso não é necessário .. 😉

      1.    Chicxulub Kukulkan dito

        Não é necessário porque é KWin? Não é necessário porque o Compiz já está obsoleto? Não é necessário porque o Compiz não ajuda na produtividade? ...

        Perguntas com boa intenção, esclareço 🙂.

      2.    edo dito

        O cubo do Compiz é mais bonito que o do kwin 🙂

  5.   Rober dito

    Bem, eu não gosto do Plasma 5, eu tentei no Kaos, Manjaro, Kubuntu e Arch e não me convence. As fontes parecem ruins, me consome muito mais do que no Kde4, trava muitas vezes, começa com sddm tão lento quanto com Kdm e em termos gerais parece mais um facelift do Kde 4 do que qualquer outra coisa. Se o Kde 4 é estável, confiável e seguro, por que não fazer uma reformulação com novos ícones, novos temas e melhorar aplicativos que não são tocados há muito tempo, como Amarok ou Konqueror, etc?

    1.    elav. dito

      5 Plasma vai muito além de um lifting facial .. 😉

    2.    brutal dito

      Bem, você tem esses problemas antes da última atualização do plasma 5.2.2, que foi recentemente resolvida, ele não trava mais e funciona muito bem. Não é um aumento de face, uma vez que é qt5, o consumo de RAM é o mesmo que um desktop de plasma 4 cerca de 400 megas. Amarok? mas se não tem nada a ver com a área de trabalho. o_O

      1.    Rober dito

        Perfeito que os tenham resolvido mas no meu caso vou esperar até o verão para usar, na minha opinião ainda é muito verde, me lembra o Gnome 3 quando saiu, cheio de bugs.

        A coisa do Amarok foi dita porque alguns aplicativos do Kde foram abandonados por um longo tempo, eu acho que eles deveriam ter sido colocados antes com esses aplicativos do que com o desktop.

      2.    Miguel dito

        Se o KDE 4 for tão polido, seria uma boa ideia parar de usá-lo, certo? pelo menos por algum tempo.
        Por quanto tempo o KDE 4 é compatível?

  6.   Chuck daniels dito

    Eu não uso o KDE há muito tempo, mas a verdade é que eles deram uma boa reformulação no nível estético. Na minha opinião ele ganhou muitos pontos com isso, estava ficando meio desatualizado.

  7.   Adolfo Rojas G. dito

    Desde 2012 quando mudei do Gnome e / ou derivados (cinammon) para o Xfce, me sinto superconfortável com este último ambiente (principalmente com a nova versão 4.12 que já atende quase todas as minhas expectativas) mas eles falam tanto sobre o KDE que é ja me dando gosto quero experimentar só pra tirar minha curiosidade ...

  8.   Elias dito

    A única coisa que me impede de ir para o Linux é o problema da bateria no Windows que dura cerca de 3 horas no Linux, espero que depois de muitas correções 1 hora e meia = /

    1.    Ugo Yak dito

      Tenho notado um excelente desempenho com o Ubuntu Gnome.

    2.    Ugo Yak dito

      ups, falha pouco, eu estava me referindo a "Ubuntu MATE" ^^ (eu não testei o Gnome).

    3.    Peter dito

      Você deve instalar o TLP para reduzir o consumo… .use o PPA e em um instante você o terá instalado. Não é um milagre, mas consegue reduzir o consumo entre 10 e 20%.

    4.    manu dito

      Olá

      Minha bateria dura cerca de 6 horas.
      Otimize-o seguindo estas etapas:

      http://www.taringa.net/posts/linux/18073964/Optimizacion-de-energia-Dell-Inspirion-5521.html

  9.   Cristian dito

    Acho que devo deixar o gnome e ir para o kde, pois há uma lista de programas que ele contém por padrão

  10.   cr0t0 dito

    Eu não me importo que esta seja a primeira implementação do KDE 5 oficialmente no kubuntu, mas não sei se vale a pena deixar um LTS. Vou esperar os primeiros reviews em menos de 1 mês, experimentei em uma máquina virtual e ele come mais ram na altura do Gnome aproximadamente 600mb mas corre bem.
    OFFTOPIC: Alguém conhece algum reprodutor de som que não seja tão nojento quanto o amarok / clementine no KDE? Eu gosto de deadbeef, mas é GTK ...

    1.    lobo dito

      Há um milhão de tocadores de música. Se tiver que ser QT, então eu escolheria o Tomahawk ou o YaRock. Eles têm seus defeitos, mas são muito bons.

    2.    Rober dito

      Experimente o Cantata, muito completo e gastando muito menos recursos do que Amarok ou Clementine.

    3.    migurl dito

      e o que GTK tem que ser?

  11.   Hibernação dito

    Excelente artigo. Uma pergunta, quais seriam os requisitos para PC?

    1.    elav. dito

      Isso varia muito, o KDE pode rodar perfeitamente em um Netbook com 1GB de RAM e um Atom como processador. Portanto, depende do hardware que você possui.

  12.   cr0t0 dito

    A nova interface do KDE vai muito bem com o pacote de ícones Nitrux (KDE) + TYPE [: ZERO]. Pena que eles não são gratuitos.
    ligação: http://deviantn7k1.deviantart.com/art/TYPE-ZERO-489810551

  13.   pecador dito

    Experimentei o kde e, como em poucas coisas na vida, tenho certeza disso: não gosto do KDE de jeito nenhum. Sou pró-gnomo

    1.    pablo dito

      como o kde, também não gosto do gnome. Eu sou pró-XFCE. Mas é uma questão de gosto.

  14.   mykeura dito

    elav Eu pessoalmente gosto do design do Plasma 5. No entanto, devido ao problema de estabilidade. Minha permanência no KDE 4 dura muito ... Ou pelo menos até que uma versão estável do Plasma 5 seja lançada.

    No momento, me sinto super confortável com o KDE 4. Portanto, não estou com pressa de experimentar o Plasma 5.

    Apesar de tentar. Acho que instalaria uma nova cópia do Linux Mint com KDE em um disco rígido secundário. Portanto, se algo der errado no Plasma 5, eu não perderia absolutamente nada 🙂

    1.    elav. dito

      Penso igual. Acho que vou ficar com o KDE4 por um tempo, mas ainda posso tentar o Plasma5 em outro PC. 😉

  15.   Stif dito

    Eu sou um usuário de mouse, mas comprei um computador Intel i3 de 4GB, como o KDE se comportará com esta máquina?

    Obrigado por suas respostas 🙂

    1.    nerd dito

      Como seda meu amigo

    2.    McKlain dito

      Eu tenho em um Intel Core i5 e funciona muito bem 🙂

  16.   Fedorian dito

    Eu testei no Fedora e vi que ainda está muito verde:

    Não tem ícones na área de trabalho ou maneira de colocá-los (nenhuma caixa rara desses). Isso não é bom se você deseja conquistar o usuário tradicional.

    Aplicativos fundamentais estão faltando no Qt5, como Dolphin, konqueror, etc. Eu não gosto do híbrido de desova que pode se formar entre kof 4 e 5

    O centro de controle do KDE ainda não possui vários módulos de configuração. Não é possível configurar a impressora, por exemplo.

    Os aplicativos não podem ser minimizados na barra de notificação.

    Ainda faltam muitos tópicos, embora este seja o menor dos problemas.

    De qualquer forma, estou executando meu KDE4 tradicional, e se você quiser colocá-lo como padrão, espero que você tenha resolvido esses problemas primeiro ou pelo menos deixe a opção de usar o KDE4.

    E esta é minha experiência exclusivamente com o KDE5 no Fedora. Talvez em outras distros seja diferente, mas na maioria das vezes não acho que esteja errado.

  17.   lucas preto dito

    A verdade que pode ser proporcionada pelo desenvolvimento de software livre. Embora em relação a ambientes gráficos…. Eu teria apreciado que o gnome e o kde pensassem mais como o Windows (se isso for possível). Agora, 1 ano atrás eu uso o xfce4. Primeiro escolhi porque o meu pc de uso diário tem poucos recursos, mas depois continuei escolhendo porque é o paradigma de desktop mais estável e fixo, como era no Windows XP. Eu acredito, e não apenas por experiência própria, que os usuários GNU / Linux (não todos, mas pelo menos muitos) não querem sair a cada 2 anos procurando se a barra de tarefas mostra o que precisamos ou os botões que estão aqui amanhã estão ali, ou se os painéis de controle hoje são de um jeito e amanhã de outro. Plasma (kde 5) parece bonito, sim. Parece atraente, sim. Mas estamos com as bolas cheias que devido a uma «evolução gráfica» que o desktop e o notebbok não precisam, tudo muda, e muda, e parece não mudar e crescer.
    Acho ótimo que os aplicativos ganhem velocidade e os drivers funcionem cada vez melhor junto com a velocidade de boot e o kernel e tudo isso com os mesmos recursos de antes. Eles são maravilhas do software livre .. mas por favor !! não brinque com o ambiente gráfico.
    Acho que falo em nome de muitos. Saudações pessoas.

  18.   Dj naufragado dito

    Bom artigo! A verdade que acima, parece muito bom. Minhas dúvidas sobre as últimas versões da família Ubuntu são principalmente por ser muito exigente com o hardware. Eu acho que isso não será caracterizado precisamente pela luz ...

  19.   Jamodev dito

    Olá, estive testando neste mês passado várias distros gostei muito do Linux Mint 17.1 só que algo em canela não gostei muito, fui para o fedora 21 mas tinha algo que não me deixou feliz, agora experimentei o kubuntu 15.04 e estou fascinado é um desktop que tem tudo, a estética muito cuidadosa e intuitiva Dolphin me parece espetacular tenho tudo que preciso em mãos, a única coisa que não funcionou bem para mim foi a integração com o droopbox e no kMenu onde diz escrever para pesquisar eu escrevi Terminal ou konsole e nada não procura Espero que consertem (não sei se isso acontece com outra pessoa), mas por outro lado acho que aqui fico KDE5 Fiquei chocado do começo ao fim

  20.   McKlain dito

    Não sei o que eles fizeram mas acabei de atualizar no Arch e ele roda muito bem, por si só o desktop em geral se comportou rápido, talvez com um pequeno lag (aceitável), agora o lag sumiu completamente.

    Excelente trabalho da equipe do KDE.

  21.   Mikail dito

    Eu estava testando o Kubuntu 15.04 há alguns dias e a verdade é que gostei muito, admito que nunca fui fã do KDE mais do que tudo por sua estética, mas devo esclarecer que o KDE tem excelentes aplicativos como o Dolphin, Okular, K3b, para citar alguns. Embora consuma muito mais RAM do que o Xubuntu, no meu PC antigo (AMD64x2 com 4 GB de RAM e uma placa NVIDIA integrada) esta versão funciona muito bem, excelente trabalho 🙂

  22.   osky027 dito

    Tentei uma instalação limpa do 15.04 e não uso a placa de vídeo Nvidia GS7300. uma pena…

  23.   continum4 dito

    Tentei o Kubuntu 15.04, KDE muito bom, mas não funcionou com aquele desktop, muitos travamentos. Acabei removendo, voltei para o Kubuntu 14.10.

  24.   manual dito

    parece windows 8 windows

  25.   julio74 dito

    Bom em relação aos gráficos, performance e inicialização vai bem, a única coisa que vejo falha é que o som tenho que reconfigurar cada vez que entro no sistema e não sei se algum arquivo pode ser modificado para que eu não tenha fazer isso toda vez que ligo ou reinicio o pc. Meu jar tem um processador dual core Athleton 2.5 Ghz, 4 GB de RAM, placa de som integrada e placa de vídeo Ati de 1 Gb.

  26.   Carlos dito

    Olá, gostaria de expressar minha humilde opinião, embora concorde bastante com o autor do artigo, pessoalmente não recomendaria plasma 5 ainda, acredito sinceramente que ainda precisa resolver alguns problemas que poderiam ser seu calcanhar de Aquiles dentro dos diferentes ambientes de desktop.
    Fiz alguns testes no Kubuntu 15.04, este foi instalado em um laptop da marca HP, modelo 420, com 2 GB de RAM e vejo o seguinte:
    Prós.
    Velocidade: Embora o Laptop de teste seja limitado descobri que o Kubuntu funciona bem rápido em relação ao seu irmão Ubuntu 15.04 instalado no mesmo Computador.
    Design: Sem dúvida é um dos designs mais bonitos que pelo menos eu já vi, como diz o autor, é visto que os gênios do KDE ficaram muito preocupados com este ponto, visto que se vê que é um aspecto muito limpo e estético Área de Trabalho.
    Automação de escritório: como sempre o LibreOffice, nada a dizer embora o libreoffice falte um pouco para poder superar o Office do Microrobo, na minha opinião é a melhor alternativa.
    Personal Manager: nada a dizer, acho que o Kontact é o melhor em seu campo e, modestamente, este programa se deu o trabalho de ser mais útil do que o Outlook ou o próprio Thunderbird….

    Contras ...
    1.- Custa um pouco personalizá-lo já que por padrão vem com o tema Brize, pior é um ponto, embora não seja importante pode ser chato.
    2.- Amarok, pessoalmente nunca gostei, pois acho muito complicado que se temos que admitir que é o mais estável ...
    3.- o mais recorde de tudo é que pelo menos o Kubuntu 15.04, está tendo um sério problema com os gráficos, já que a tela pisca, descobrir em alguns blogs é a dor de cabeça para as pessoas do Kubuntu que não conseguiram resolver esse problema que pode ser o calcanhar de Aquiles do Plasma 5… aparentemente o Fedora 22 fez algumas alterações e encontrou uma pequena solução para este problema….

    Resumindo, acho que o Plasma 5 vai dar muito o que falar, mas em alguns meses ou pelo menos quando o Kubuntu 16.04 for lançado (se sair), porque talvez em um deles ele se afaste completamente do Ubuntu para aquela data, quem sabe ...
    No final, temos muitas alternativas gratuitas que nos permitem não ter que usar o Robosoft 7 ou Robosoft 10 de minha parte, eu prefiro esperar até que o Kubuntu estabilize com o plasma 5 ...

    Esclarecimento: minha opinião é de uma pessoa que não tem conhecimento de informática, sou apenas um usuário comum e selvagem….

    1.    Roberto dito

      Posso apenas dizer que o Windows é uma merda !!!!
      Saudações a todos!

    2.    julius mejia dito

      Finalmente alguém fez o dever de casa e a isso acrescento que eles têm um problema em reconhecer a saída de áudio frontal, para aqueles de nós que têm PCs de mesa e usam o fone de ouvido conectado aos conectores frontais é importante, agora se fizermos a configuração por o kmix reconhece mas a configuração se perde depois de reiniciar o computador, o piscar na tela costuma acontecer e é entediante e acontece mais do que qualquer coisa quando você assiste um filme ou ouve música com várias janelas abertas e outra coisa é que algo tem já me aconteceu em 2 ocasiões E é que a tela está totalmente preta e como em uma barra de desktop ou gerenciador de tarefas mas não sai nem deixa nada fazer, rodando eu reinstalei meu antigo poderoso e estável KUBUNTU 14.10 de onde estou fazendo este comentário agora. Meu computador tem um processador AMD ATHLON 2.5 × 2 Ghz x64 4 Gb RAM DD 1 TB, gráficos Radeon 4550 1 GB de RAM

      1.    Marcelo dito

        Como eu disse cerca de quinhentas mensagens atrás, hahaha, eu consertei o problema de oscilação instalando o driver AMD estável para minha placa de vídeo.

  27.   Eliud Gomez dito

    Olá amigos do FromLinux: Eu instalei o Kubuntu 15.04. Um dos seus aplicativos do SMplayer youtube Browser não funciona para mim. Digo-vos, eu ativo a aba no SMplayer, na opção «pesquisar vídeos no youtube, aparece uma caixa de diálogo que diz: Erro: Não é possível conectar ao servidor do youtube. Você poderia me ajudar a resolver esse problema? Eu aprecio muito isso. Aguardo a vossa resposta.