Slackware 14.1: Remova o KDE completamente

SlackTip # 2: Remova o KDE completamente

Por alguma razão, você pode decidir que não quer mais KDE em seu sistema Slackware então você optou por removê-lo completamente, incluindo seus pacotes.

Uma das maneiras de remover pacotes dentro Slackware é através da ferramenta pkgtool (Como raiz).

# pkgtool

1. console pkgtool

Entre as múltiplas opções de pkgtool nós encontramos  Eliminar.

2. ferramenta de pacote

A partir daqui, devemos selecionar pacote por pacote aqueles que queremos eliminar.

3. remoção de pkgtool

Mas talvez você seja um usuário novato ou prefira não ter problemas em deletar um pacote errado por engano.

Felizmente para esses casos, temos uma alternativa muito simples que nos permitirá eliminar KDE completamente do nosso sistema Slackware, é uma ferramenta chamada Slackpkg que vem integrado com Slackware, se por algum motivo não estiver instalado no seu sistema, você pode fazer o download em Sourceforge e instale usando installpkg.

O processo de eliminação seria o seguinte, como raiz nós digitamos:

# slackpkg remove kde

4. slackpkg remove o kde

O que nos apresentará uma tela com todos os pacotes KDE para excluir no caso de desejarmos manter algum (afinal).

5. pkgtool remove os pacotes do kde

Assim que tivermos certeza, clicamos ou escolhemos a opção . Isso irá desencadear a remoção de todos os pacotes selecionados.

6. slackpkg removendo kde

Quando terminar, ele nos mostrará o prompt novamente, o que indicará que não temos mais KDE no nosso Slackware.

7. slackpkg kde removido

Clic Clique aqui para mais Dicas do Slack.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

15 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   f3niX dito

    Minha primeira distribuição com o passar do tempo, vou tentar novamente.

    1.    DMoZ dito

      Você não vai se arrepender, você pode dar um passeio por aqui: https://blog.desdelinux.net/author/dmoz/

      Felicidades …

  2.   eliotime3000 dito

    Quase ninguém sabe que o Slackware possui tal ferramenta no DVD de instalação, mas muitas vezes acontece com eles e eles não percebem que a desativaram.

    De qualquer forma, o bom do Slackpkg é que, como mostrado na imagem, ele torna mais fácil gerenciar dependências melhor do que "slapt-get" (eles disseram, slack-haters?) E sempre trata os pacotes como meta-pacotes.

    No final do dia, há a beleza do Slackpkg com Pkgtool (bem, o Debian o melhorou um pouco, mas não atinge a elegância desses aplicativos que o Slackpkg tem).

    1.    DMoZ dito

      É o objetivo desses escritos informar = D ...

      O Slackware possui várias ferramentas para lidar com pacotes, na verdade eu tenho alguns meios escritos sobre isso, espero terminá-los em breve e deixá-los aqui no Desdelinux ...

      Felicidades …

  3.   Petercheco dito

    Você me fez voltar com seu post anterior .. É verdade que o Slackware tem algo que as outras distros linux não têm ..

    Claro, eu construí meu próprio Slackware 14.1 com Gnome 3, pois adoro o Gnome a partir da versão 3.8.4.

    Para todos os interessados ​​instalei os grupos A, AP, D, F, K, L e N e depois fiz uma instalação do Gnome com o JHBuild .. 😀

    1.    eliotime3000 dito

      E o Dropline GNOME? E quanto ao Dropline GNOME?

      1.    Petercheco dito

        Ostras Acabei de ver .. Isso me pouparia muito tempo e ontem, 20 de julho, a versão 3.10 saiu no referido repositório ...

      2.    DMoZ dito

        Só venho dizer que já instalei o GNOME através do Dropline GNONE ... Não pode ser mais simples xD ...

        Vou experimentar por alguns dias e escrever sobre isso ...

        Saudações e obrigado pela recomendação ...

    2.    DMoZ dito

      É bom saber que motivei outra pessoa a usar o Slack = D ...

      O Slackware é único e você não entende até usá-lo 😉… Como eu disse, passei por muitas distribuições incluindo algumas que deixaram um gosto muito bom na minha boca como Arch por exemplo =)…

      Não sou fã do Gnome, por isso não estava realmente interessado em tê-lo no meu Slack, mas devo dizer que eles despertaram minha curiosidade pelo JHBuild e principalmente pelo Dropline GNOME, seria bom ter um tutorial nele, você não acha? 😉 ...

      Felicidades …

      1.    Petercheco dito

        OK: D .. Vou ficar atento ao seu post sobre Dropline Gnome para saber se faz sentido instalar a partir deste repositório ou se é melhor usar JHBuild mesmo sofrendo com o terrível tempo de compilação 😀

  4.   Cristianhcd dito

    Fora do assunto
    Eu quero o monitor de fundo do console ... por favor

    1.    DMoZ dito

      Espero que isso te sirva ...

      http://imagebank.biz/wp-content/uploads/2014/01/18534.jpg

      Felicidades …

  5.   Ecosslacker dito

    E então dizem que gerenciar o Slackware é difícil? Um único comando e tudo pronto, que bom post.
    Embora eu realmente goste do KDE no Slackware, na verdade para mim é uma das melhores "implementações" do KDE nas distros que experimentei, até sinto que funciona melhor do que em qualquer outra especializada em KDE.
    Existe um clichê que diz que os usuários do Slackware devem ser minimalistas e usar um DE ou WM "mais leve", mas não dou a mínima para ser minimalista. Gosto do Slackware porque tudo funciona como deveria, ponto final. Evito muitos problemas que teria com alguma outra distro. Em particular, sou péssimo em usar distribuições de distribuição contínua, não sei como gerenciá-las muito bem e todo o sistema muda de semana para semana, sem falar de mês para mês, é um desastre para mim.
    Além disso, estou usando C ++ e Qt recentemente, então mais uma razão para manter o KDE no Slackware.

    lembranças

    1.    DMoZ dito

      Slackware é uma delícia = D… Obrigado 😉…

      Eu concordo que o KDE para Slackware é muito bom, melhor do que em muitas das distros que eu lidei com esse DE, no entanto, há um não sei o que isso não me permite tê-lo como um DE base, ainda não pode me pegar, eu sou mais do estilo XFCE na melhor das hipóteses.

      Sou amante do minimalismo, devo dizer, embora não tenha escolhido o Slack para isso, essa é a minha vida, e como sempre digo, para os gostos de cor ...

      Sobre C ++ e Qt, vou pedir um conselho em breve 😉 ...

      Felicidades …

  6.   tojoska8 dito

    saudações do slackware 14.2 86_64 com qt e postgresql também executando o wine piklab com o compilador ccs e outros .. e continuo fazendo mais algumas coisas ... slackware de longe o melhor