Testando Kubuntu, longe das mãos da Canonical

Ontem eu instalei Kubuntu 12.04 no Netbook no trabalho, tudo por causa de KDE4.10 Que estou testando agora e até agora tudo bem, digo bem: Quase Perfeito !! .. mas como sempre, nem tudo é rosado.

Deixe-me esclarecer algo antes de continuar a escrever: Não tenho nada pessoal contra a Canonical, muito menos contra Mark Shuttleworth, um cara que no final, eu até admiro. Mas a realidade é que nem tudo que a Canonical toca vira ouro. E nós temos a prova em Kubuntu y Xubuntu, que desde que passaram para as mãos da Comunidade, são intransponíveis ..

Sem medo de estar errado, posso dizer que Kubuntu 12.04 é a melhor versão que experimentei desta distribuição. Claro, KDE4.8 dá o toque que é preciso, mas sem dúvida o trabalho conjunto para BlueSystem deu excelentes resultados.

Há coisas que eu não gosto e que obviamente me apavoram Debian y Ubuntu: Os meta pacotes. Ainda não tentei, mas gostaria de fazer uma instalação do Netinstall para ver se instalando o que preciso, posso remover coisas de Kubuntu que vêm implícitos e que o tornam um pouco mais lento, em comparação com Debian.

Outra coisa que realmente não gosto é a integração aprimorada de Nepomuk + Akonadi agora se ele tocar as bolas o suficiente. Dentro KDE4.8 Eu desativei Nepomuk e não houve problemas, mas agora para kmail, também é necessário .. errado KDE, muito mal. E é que às vezes eu sinto kmail um pouco mais lento, embora ao mesmo tempo melhore em outras coisas.

Caso contrário, o desempenho é melhorado, especialmente com Golfinho ao abrir pastas com a visualização ativada. A arte foi melhorada um pouco, mas ainda haveria um tema de ícone para a bandeja de acordo com as cores do ar.

Gosto das opções da barra de menus, pois pode ser colocada como um botão na barra de título da janela, ou no topo da área de trabalho como você pode ver na imagem a seguir. E Firefox integra-se perfeitamente, mas não rekonq 😛

Também estou apresentando um problema com o Wi-fi, algo que com Debian Não aconteceu comigo, suponho que precise de uma atualização ou será uma coincidência que na hora de usar não funcionava como deveria. Claro, não posso comparar os pacotes de Wheezy com os de Ubuntu 12.04.

Pretendo ficar alguns dias aqui, testando ou esperando que eles terminem, incluindo KDE4.10 en Debian ou ver se acontece de eu PCBSD.

O que posso dizer é que Kubuntu está entre as distribuições pró-KDE que agora posso recomendar. Eu espero e Canônico definitivamente ponha suas mãos de lado, e continue dando suporte em termos de hospedagem e outros ... além do mais, se eu pudesse pedir algo seria, que Kubuntu vai separar de Ubuntu e seus repositórios. Quer dizer, o que acontece é algo como Chakra, Manjaro ou semelhante .. mas nem tudo pode ser obtido nesta vida.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

86 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   palhaço dito

    Acho que a versão 13.04 será totalmente desenvolvida pela comunidade, não tenho certeza disso.

    1.    elav. dito

      Seria ótimo…

      1.    elendilnarsil dito

        Acho que o problema de wi-fi que você mencionou é geral na nova versão do KDE. Pelo menos no Chakra, que acabei de atualizar, passei horas tentando fazer com que ele se conectasse à minha rede doméstica e de trabalho.

    2.    miguel dito

      Eu acredito que você não pode comparar um Kubuntu baseado no KDE 4.10 com o Kubuntu de versões anteriores, porque obviamente o KDE melhorou muito.

      Portanto, dizer que o kubunstu avançou graças ao fato de ter se afastado do Canolical, não vejo sentido, porque é devido ao desenvolvimento do KDE, mais do que outros fatores.

      Eu fiz melhorias no artigo do KDE 10.10 e não da equipe do kubuntu.

      1.    elav. dito

        Bem, eu tentei versões anteriores do KDE e do Kubuntu, e elas não funcionaram tão bem mesmo, quando em outras distribuições funcionaram. Quer dizer, o KDE 4.8 / 4.10 adiciona muito a essas melhorias, mas o Kubuntu também não recebeu tanta atenção no passado.

  2.   caçador dito

    Os da BlueSystems fazem uma distro comercial chamada NetRunner baseada no Kubuntu, então essa seria uma relação como o Fedora-RHEL, mas com o KDE. Muito bom para o Kubuntu que isso aconteceu.

  3.   ÚLTIMA dito

    Você chamou PCBSD, a verdade é que nunca tentei, mas minha pergunta é: quais as vantagens que ele tem em relação ao linux?

    isso.

    1.    msx dito

      Tudo e nada: PC-BSD é FreeBSD + KDE SC pré-instalado - embora eu ache que agora permite que outros desktops sejam instalados também.

      O FreeBSD é interessante por causa da forma de desenvolvimento e sua herança Unix, mas é muito diferente do GNU / Linux, colocando desta forma:
      Se você deseja um sistema sólido, robusto e estável onde a inovação não é tão importante quanto a integração de todas as suas partes, use o FreeBSD, se estiver procurando outro use GNU / Linux.
      Também tenha em mente que o FreeBSD não tem nada perto do suporte HW que GNU / Linux tem, onde em distros como Ubunbu ou Fedora é uma questão de conectar dispositivos USB e que eles funcionam pela primeira vez (melhor ainda do que no Windows!) .

      Finalmente, quando experimentei o PC-BSD 9.0, ele acabou sendo um sistema pesado, áspero, não polido, difícil, bastante desconfortável e, claro, seu gerenciador gráfico de pacotes estava carregado, talvez tenha melhorado da última vez.

  4.   PeterCzech dito

    Oi Elav,
    mais uma vez um bom post :). Agora, eu recomendo que você experimente o openSUSE 12.2 com KDE.

    Para sua configuração, recomendo que você use meu post da taringa:

    http://www.taringa.net/posts/linux/15556581/Instalar-OpenSUSE-12_2-_-que-hacer-despues___.html

    Olha, eu sou o Debianero e os pacotes .deb são o leite, mas ao testar esta distro eu tive que admitir que o openSUSE é o melhor com o KDE e com alguns repositórios escandalosos. Uma frase .. O que eu tive no Debian não está faltando no openSUSE apenas adicionando os repositórios da comunidade .. Quanto à estabilidade é entre o Debian estável e o teste, mas com muito mais software atualizado.

    Instalar o KDE 4.10 não é problema para adicionar estes repositórios oficiais:

    zypper ar -f http://download.opensuse.org/repositories/KDE:/Release:/410/openSUSE_12.2/ KDE410GenericName

    zypper ar -f http://download.opensuse.org/repositories/KDE:/Extra/KDE_Release_410_openSUSE_12.2/ KDE410ExtraGenericName

    e continue com

    referência zypper

    zypper dup - do KDE410 - do KDE410Extra

    Pronto, você já tem o KDE 4.10 🙂

    Para baixar o openSUSE:

    DVD 32 bits:
    http://download.opensuse.org/distribution/12.2/iso/openSUSE-12.2-DVD-i586.iso

    DVD 64 bits:
    http://download.opensuse.org/distribution/12.2/iso/openSUSE-12.2-DVD-x86_64.iso

    LiveCD 32 bits:
    http://download.opensuse.org/distribution/12.2/iso/openSUSE-12.2-KDE-LiveCD-i686.iso

    LiveCD 64 bits:
    http://download.opensuse.org/distribution/12.2/iso/openSUSE-12.2-KDE-LiveCD-x86_64.iso

    Netinstall de 32 bits:
    http://download.opensuse.org/distribution/12.2/iso/openSUSE-12.2-NET-i586.iso

    Netinstall de 64 bits:
    http://download.opensuse.org/distribution/12.2/iso/openSUSE-12.2-NET-x86_64.iso

    Saudações a todos os Linuxeros 🙂

    1.    jai dito

      Na verdade, para mim o openSUSE é incomparável. E o próprio tema de plasma do opensuse é perfeito. Mas eu recomendaria esperar pelo opensuse 12.3 com KDE 4.10, que acho espetacular. 🙂

  5.   maxixe dito

    Sempre gostei do desktop KDE e recentemente testei comparativamente o Kubuntu 12.04 e 12.10 para ver qual deles saiu da base e fiquei com a versão 12.10 embora tenha muito menos tempo de suporte mas funciona muito melhor que a 12.04; tipo se depois eu tento um 13.04 ou 13.10 ou 14.04 e gosto mais deles porque instalo, não me importo muito com o tempo de suporte (LTS).

  6.   Miguel-Palacio dito

    Recentemente, estive testando o Kubuntu 12.10 ... não durou 2 dias. Eu pensei que era geralmente decente, mas se eu comparasse com Chakra, não chegava nem perto dos calcanhares. Sim, no Chakra ainda temos que fazer coisas com o console, mas também não há nada que escrever. O gatilho foi a lentidão para instalar qualquer pacote, era um absurdo!

    No geral é uma boa distro, e eu invejo a quantidade de pacotes nos repositórios (embora poucos os usem por Deus), mas como uma distro do KDE, na minha opinião, o Chakra tem uma grande vantagem.

    1.    msx dito

      "O gatilho foi a lentidão para instalar qualquer pacote, era um absurdo!"
      Porque você está acostumado com o Chakra que herda a elegância e a leveza do gerenciador de pacotes Pacman. O Kubuntu, por sua vez, tem que lidar com dpkg e .deb, imagine 😛

  7.   VariadoPesado dito

    Por acaso o tema do Firefox que a imagem mostra é FXChrome?

    Por outro lado, durante o verão passado eu estava usando Kubuntu e também tive problemas com o Wifi, especificamente com a placa wireless Broadcom (que é a que é usada pelo meu laptop), e a maneira de resolver isso foi instalando o pacote «Firmware-b43-lpphy -instalador». A partir daí não tive outros problemas.
    Outra coisa que me deixou muito curioso é que a opção Hibernate não apareceu entre as opções de desligamento do KDE.

  8.   msx dito

    «Nepomuk + Akonadi que agora se ele tocar as bolas o suficiente. No KDE 4.8 desativei o Nepomuk e não houve problemas, mas agora para o Kmail, também é necessário .. KDE ruim, muito ruim. E é que às vezes sinto o Kmail um pouco mais lento, embora ao mesmo tempo melhore em outras coisas.
    Teremos de esperar pela nova alternativa leve semelhante ao Postler que estão a desenvolver para o KDE 🙁
    De minha parte, o Nepomuk + Virtuoso + Strigi (+ KMail + pesquisa semântica Dolphin + tudo mais) é perfeito no meu novo 4.10 no Arch x86_64 (i5 480, 2.67 Ghz, 8 Gb de RAM).

    “Também estou tendo um problema com o WiFi, algo que com o Debian não aconteceu comigo”
    Hmm, então pode ser que você tenha problemas futuros com o Debian ao atualizar os módulos WIFI ou que o problema seja o uso do * buntu dos drivers do Windows através do ndiswrapper 0_0

  9.   elendilnarsil dito

    Eu concordo praticamente tudo com Elav. Acho que o Kubuntu está no seu melhor e pode oferecer ainda mais. Ele melhorou muito sua estabilidade e velocidade. Também estou interessado em PCBSD. Infelizmente, a última versão que experimentei, a versão 9, gerou um kernel panic durante a instalação, então não pude continuar. A tarefa ainda está pendente.

  10.   Sr. Linux dito

    Como a Elav revisou o PC-BSD muito rapidamente, seria bom se alguém com conhecimento desse sistema operacional pudesse escrever um artigo. Também se funciona em qualquer tipo de hardware.

    1.    msx dito

      "Também se for executado em qualquer tipo de hardware."
      Claro que não, em um Celeron com chipset VIA e vídeo OpenChrome não há como iniciar o X.
      Em um laptop de meados de 2011, não há como reconhecer as teclas de controle de volume, brilho e reprodução de mídia.

      Para instalar o PC-BSD é preferível, por toda a vida, instalar o FreeBSD e construir seu próprio sistema, Total FreeBSD é um sistema de lançamento contínuo para que você não precise reinstalar a cada certo período de tempo ou pelo menos cruzar os dedos e tocar na madeira durante a atualização da versão mais antiga para a moderna.

      Existe um projeto interessante em incubadora, o ArchBSD que promete um FreeBSD muito mais moderno e prático, veremos como se desenvolve.

    2.    Kennatj dito

      Eu recomendo que você fique no linux e uma vez que o novo Chakra ISO for lançado, eu irei deletar meu BSD

      1.    Sr. Linux dito

        Seria bom se você explicasse com mais detalhes que não gostou do PC-BSD.

        1.    Asma dito

          Bem, você vai usar os mesmos aplicativos do Linux e eles são mais bem suportados no Linux.

  11.   Juan Carlos dito

    @elav Probá Mageia2. Nunca me decidi a experimentar até que mudei de laptop e comecei a ter mil problemas com distros, digamos "mais pop". A verdade, por enquanto estou muito bem. Claro, tente baixar o dvd.iso, então, além das atualizações necessárias, você não terá que mexer em nada, até vários drivers estão incluídos no DVD que é usado como repositório.

    lembranças

  12.   pavloco dito

    Qual distro do KDE você recomenda para meu netbook antigo. 1 gb de RAM, IntelAtom, GMA 450?

    1.    Marco dito

      Eu recomendaria o Debian

    2.    smoking dito

      Com esse hardware, eu não recomendaria nenhuma distribuição do KDE, mas sim uma com um ambiente de área de trabalho mais leve. Xubuntu 12.10, por exemplo.

    3.    Juan Carlos dito

      PClinux?

    4.    msx dito

      Uma distro leve, moderna, bem estruturada e acima de tudo muito, muito rápida?
      Arco Linux.

    5.    caçador dito

      O Debian com um KDE otimizado funciona muito bem lá, mas você não quer gastar um gig de ram no desktop, escritório e navegador, eu recomendo que você vá para o outro lado do parque e instale o icewm e o básico, ou lxde se você não estiver com vontade de aprender o icewm .

  13.   Fernando A. dito

    Se fosse outra empresa você estaria chupando as meias mas como é ubuntu ... a mesma coisa sempre, nunca faz nada certo.

    1.    msx dito

      Então a Canonical nunca faz nada certo !?
      Você parece!

      Deve ser por isso que as postagens do GNU / Linux no Google são Ubuntu!
      .que o Instagram desenvolveu seu software que vendeu por centenas de milhões de dólares ao FB graças ao Ubuntu
      .que o Ubuntu Server está se tornando uma alternativa seria realmente para SUSE Enterprise Linux e RHEL (paisagem é ótima)
      .que o Ubuntu e o Ubuntu Server detectam praticamente todo o HW existente pronto para uso, incluindo o periférico que você imaginar para conectá-lo.
      que o Ubuntu Phone promete ser SWEEEEET e uma alternativa viável ao Android integrado em Java (AJJJJ)
      .que uma versão oficial do Ubuntu está sendo desenvolvida para rodar em ARM, então poderá ser instalado em muitos tablets e usado como computadores desktop reais.
      .que o Unity depois de ter dado milhares de pessoas estúpidas para encher a boca defendendo-o agora se torna facilmente um dos principais ambientes de desktop GNU / Linux.
      .que graças aos acordos da Canonical com a Valve, temos o Steam não apenas no Ubuntu, mas também no resto das distros GNU / Linux.

      Sim, claro, a Canonical está fazendo as coisas realmente erradas, elas são um desastre!
      A bagunça é o Kubuntu, saiba disso, Linux Mint KDE é construído na mesma base do Kubuntu, ou seja, o Ubuntu, e é brilhante.
      Que fique claro que o desastre é o Kubuntu e aqueles que abrem a boca sem ter o conhecimento necessário para defender suas reivindicações.

      Criticar é fácil, qualquer medíocre o faz, o difícil é justificar.

      1.    Blaire pascal dito

        Ei ei calma, todos nós temos uma fase em que defendemos a cor da nossa distro quando começamos, e outra em que criticamos tudo que termina em * buntu, só porque as pessoas falam que é para novatos e nós concordamos com eles.
        Mas então amadurecemos e fazemos comentários mais coerentes.

        1.    Blaire pascal dito

          Correção: "para novatos" é "para novatos".

        2.    msx dito

          Sim, pode ser +1, boa observação.

  14.   xykyz dito

    Bem, eu uso intensamente o Kmail e tenho o Nepomuk desativado, pois deixava meu pc muito lento, então se agora vai ser necessário ter o Nepomuk ativado para usar o Kmail, terei que pensar em usar outro cliente ... Parece fatal para mim ...

    1.    jai dito

      Conselhos para quem usa o KDE 4.10. Use o nepomuk novamente. Foi reescrito a partir de ZERO, o strigi roll foi eliminado, agora ele faz duas passagens, uma onde indexa por nome de arquivo e outra por conteúdo ... e agora finalmente funciona conforme toca, o que é mais, é até muito útil (coloque o kioslave das tags nepomuk: // no golfinho e você verá o que quero dizer). Ferramentas estão sendo preparadas para minerar tags em vídeos, etc ... para nepomuk, que parecem muito boas ...

      Para começar a usar o nepomuk como Deus pretendia no KDE 4.10, siga estas etapas:
      1) Execute o limpador nepomuk. Totalmente necessário para começar do zero. Pesquise no menu 'Nepomuk Cleaner' ou com alt + f2 (krunner).
      2) Configure o nepomuk. Agora você tem mais uma guia: 'Indexação', onde você pode personalizar todos os tipos de detalhes, como:
      - o tipo (documentos, áudio, imagens)
      - mais avançado (por tipo MIME, por máscara)
      - Por pastas (esta já estava lá)

      Para aqueles de vocês que desabilitaram o nepomuk (como eu), experimente no 4.10, porque acho que finalmente começou a ser a ferramenta que deveria ser.

      1.    sieg84 dito

        entao ninguem espera ele terminar de fazer seu trabalho nepomuk?

  15.   Pandev92 dito

    Naqueles laptops intel com gráficos nvidia, instale o osx XDD e pare o craps bsd's xd

    1.    Asma dito

      Pan, este é o meu hw

      intel r pentium r cpu g630 2.70 ghz
      4gb ram
      GeForce® GT 520

      posso instalar osx nele ?? você poderia fazer um tutorial de como instalá-lo? eu não falo inglês ii

      1.    msx dito

        "Posso instalar o osx nele ???"
        Não, o MacOS funciona apenas em HW assinado.
        Embora existam alguns hacks MacOS (chamados 'Hackintosh') que presumivelmente podem ser instalados em qualquer HW Intel, continuo informando que eles são ativamente combatidos pela Apple, pois a licença de seu sistema operacional não permite o uso que esses hacks fazem isso e, portanto, hackear tal sistema proprietário é infringir a lei.

        1.    Pandev92 dito

          Se puder, então se é legal ou não é outra coisa, você tem toneladas de tutoriais no google e fáceis de seguir. Hackear o Windows também está infringindo a lei.

          1.    msx dito

            "Se pode, "
            NÃO, NÃO PODE.
            Você já tentou instalar o MacOS a partir do DVD original em qualquer PC? Ele ainda inicializou !?
            A única maneira de instalar o MacOS em PCs não assinados é usando uma cópia ilegal quebrada.

          2.    Pandev92 dito

            Me desculpe mas você ainda está errado, meu pc é um hackintosh com intel i5, e sim, ele salta, uma cópia original, da echos e você olha o tonymac você vai ver como instalá-lo vanilla, você simplesmente precisa para ter o bootloader chamaleon para o problema efi mas para o resto das coisas, no meu pc funciona * como um encanto * sem nenhuma modificação. Basta passar a iso que compra por 20 euros para um pendrive, colocar o camaleão e instalar.

  16.   miguel dito

    Eu não considero o objetivo da análise, como as conquistas do Kubuntu diferem das conquistas do KDE?

    As melhorias que você mencionou são típicas do KDE 4.10, por isso é absurdo compará-las com versões anteriores do Kubuntu executadas pela Canonical.

    1.    msx dito

      Para mim elav é claro em seu artigo, ele faz uma referência clara ao uso do Kubuntu como uma distro e não a cada parte de seus componentes.
      Além disso, o Kubuntu executa as mesmas versões de software que muitas outras distros, então não há nenhuma vantagem ou desvantagem a esse respeito.
      Kubuntu é a definição de inchado, nada mais do que isso. Se você procurar '»bloated» em um dicionário de inglês, observe que há apenas uma definição: Kubuntu.

    2.    elav. dito

      Eu digo a você o mesmo que em outro comentário acima:

      Bem, eu tentei versões anteriores do KDE e do Kubuntu, e elas não funcionaram tão bem mesmo, quando em outras distribuições funcionaram. Quer dizer, o KDE 4.8 / 4.10 adiciona muito a essas melhorias, mas o Kubuntu também não recebeu tanta atenção no passado.

  17.   orlando dito

    Quanto ao Ubuntu, foi bom conhecer o maravilhoso mundo do GNU / LINUX, mas ele está me dando problemas de estabilidade, tanto que estou prestes a mudar para a versão mint-Debian do Linux, que é muito promissora.

  18.   Phytoschido dito

    “E temos a prova no Kubuntu e no Xubuntu, que desde que passaram para as mãos da Comunidade, são intransponíveis”. Meu deus ateu, que estudo acabei de ler. :OU

    1.    elav. dito

      Posso saber porque?

      1.    trovão dito

        Do meu ponto de vista, diz-o porque o facto de uma distribuição ser mantida por uma empresa como a Canonical ou pela Comunidade não significa que a primeira seja pior do que a segunda ou que a segunda seja melhor do que a primeira.

        Em conclusão, o fato de ser mantido pela Comunidade não o torna imediatamente melhor do que outra distro (ou mesmo a mesma) mantida desta vez por uma empresa, essa frase sugere que, para alguns:

        Empresa → Diabo
        Comunidade → Deus

        Quando não é assim.

        Saudações!

        1.    elav. dito

          O problema do Thunder é que, neste caso, não estou dizendo que a Empresa é o Diabo, mas que a Canonical sempre teve o Ubuntu em sua mira, e por sua vez o Unity, e por sua vez tudo o que estamos vendo agora com o Ubuntu Phone, e portanto, do meu ponto de vista, eles não colocaram nenhum esforço no resto do * buntu. E eu esclareço, eu entendo perfeitamente a posição da Canonical, mas está provado que quando a Comunidade faz um esforço, ela pode conseguir coisas melhores do que muitas empresas.

          1.    trovão dito

            Agora tudo está perfeitamente esclarecido, e eu compartilho sua posição 100%

            Uma saudação!

  19.   Jamin-Samuel dito

    “Nem tudo que a Canonical toca vira ouro. E temos a prova no Kubuntu e no Xubuntu »

    E é verdade ... Atualmente sou do Xubuntu e não tenho problemas 😉

  20.   truko22 dito

    O Kubuntu abriu as portas para mim no Linux e usei por mais de um ano e aprendi muito, ele despertou em mim o gosto pelos aplicativos KDE e QT. Outro que eu realmente aprecio é o debian, eu uso em muitos micro servidores caros. No meu PC de mesa, o Chakra 😀 oferece a melhor distribuição do KDE.

  21.   Ñandekuera dito

    Estou no GNU / Linux há menos de um ano. Até agora eu tentei Ubuntu, Mageia 2, OpenSuse, Debian e dei uma olhada em vários LiveCDs, mas o único com o qual me sinto realmente confortável e não tive nenhum problema é o Kubuntu, o que eu uso agora apesar do agente do usuário . KDE é o melhor.

  22.   Garbage_Killer dito

    Ah elav não recomendo distros que tenham a ver com .rpm diz que faz BOOOOM! seu pc ja sim: p

    1.    sieg84 dito

      lol

    2.    elav. dito

      Hahaha ...

  23.   anônimo dito

    Uma nota estúpida, tem pouco a ver com a Canonical (que no final não fez mais do que repassar o financiamento de uma empresa para outra, porque os principais desenvolvedores do Kubuntu ainda são os mesmos, basta ir até o Launchpad para perceber e que sempre tiveram quase livre arbítrio, já que a Canonical só apoiou monetariamente projetos que não eram o Ubuntu) o fato de o Kubuntu ser como é, se atingiu os níveis que está, é graças ao desenvolvimento do KDE e da base do Ubuntu que tem, como eles disseram em um comentário anterior (não é justo comparar o KDE 4 ou 4.2 com o KDE 4.8 ou 4.10 atual.
    E muito obrigado, mas NÃO, espero que nunca se pareça com Manjaro ou Chakra e para o seu bem, espero que o Kubuntu continue como é até agora e o que sempre foi, mesmo que o Talibã anti-Ubuntu-canônico não queira para reconhecê-lo.
    Mas hey, a nota é feita em "elav", não dá para esperar mais, é como pedir peras do olmo.

    1.    elav. dito

      O que posso dizer sem perder meu tempo? Oh eu sei Eu gostaria que você tivesse a "coragem" de me chamar de estúpido na minha cara ...

      1.    Blaire pascal dito

        Uma vez um sábio disse: «não alimente o troll» ...

      2.    Oscar dito

        Calma elav, lembre-se "Se os cachorros latirem é sinal de que cavalgamos"

      3.    Sr. Linux dito

        Elav, como muitos de nós, agradecemos apenas pelo seu blog, especialmente seus artigos muito completos. Vá em frente, Elav.

      4.    trovão dito

        Ele não disse estúpido, ele disse um bilhete estúpido. E ele está certo, quando o Kubuntu foi financiado pela Canonical, apenas 1 desenvolvedor era, dos +25 que tem, então não havia muita diferença também, talvez algumas outras restrições, mas muito pouca, e esse mesmo desenvolvedor comentou sobre isso no seu blog.

        Saudações!

        1.    elav. dito

          Cara, se você começar falando que o post é idiota e terminar assim:

          Mas hey, a nota é feita em "elav", não dá para esperar mais, é como pedir peras do olmo.

          Eu não sei sobre você, mas eu sei ler nas entrelinhas ... 😉

          1.    trovão dito

            Eu também sei ler nas entrelinhas, mas você realmente não sabe se a intenção dele era aquela, então é algo subjetivo .. Pode ser que ele diga isso devido a uma certa frase que você comenta no artigo :

            "E nós temos a prova no Kubuntu e no Xubuntu, que desde que passaram para as mãos da Comunidade, são intransponíveis .."

            Embora o que você diga seja um tanto verdadeiro, se lermos nas entrelinhas, pode-se chegar a pensar que para você Comunidade é sinônimo de qualidade ou melhoria e uma empresa só estraga tudo, embora, novamente, seja algo subjetivo. Não tenho nada contra ninguém, só procuro esclarecer as coisas x)

            1.    elav. dito

              Sim, entendo o que quer dizer, é por isso que digo:

              Mas a realidade é que nem tudo que a Canonical toca vira ouro.

              Reconhecendo que se há coisas que eles fizeram bem, mas não é o caso de Xubuntu y Kubuntu.. E isso eu digo do meu ponto de vista, muito pessoal .. 😉


      5.    anônimo dito

        Que por uma crítica ao seu bilhete, você se considera estúpido (porque se você se der uma dica para algo que eu nunca disse, será para alguma coisa, certo?), Já é problema seu.
        Mas já que você diz isso, sim, como eu gostaria de ter você na sua frente, certamente não seria a única coisa que eu lhe diria.

        1.    elav. dito

          anônimo> / dev / null

    2.    msx dito

      hahaha, o que há de errado com esse!?

  24.   mario dito

    Elav isso é para você: eu respeito você e sempre sigo. Eu amo o design do blog e suas informações. Não usei muitas distribuições diferentes, estou com LMDE KDE, mas acho que independentemente do que gostamos, o tom dos comentários deve ser educado. Se eu discordo de você. tenha certeza de que não vou chamá-lo de estúpido. Diz o ditado há muito tempo: Para os gostos, existem as cores. Vá em frente, Elav.

    1.    elav. dito

      Mario:

      Procuro respeitar a opinião de todos, nos meus comentários e nos meus artigos. Quando é um artigo de opinião, é lógico que muitos podem concordar ou não comigo, mas como você diz: Para discordar não é preciso ofender ... o que acontece é que muitos se escondem atrás de um nick para fazê-lo, e eles não mostram a cara .. e isso não é correto, certo?

      Obrigado por comentar..

  25.   kondur05 dito

    elav, velhote, não dê atenção a ele, olha o nome dele, então não adianta se acalmar (olha só quem te fala hehe). Agora vou aprovar o kubuntu no laptop da minha esposa porque o mini mia de 1 GB de RAM não acho que seja do tamanho

    1.    elav. dito

      Bem, até hoje (eles me deram um Dell Vostro no trabalho) eu estava usando Kubuntu e Debian KDE em um Netbook com 1 GB de RAM e tão largo 😀 Você só tem que otimizar algumas coisas, mas até funcionou com efeitos 😀

  26.   Oscar dito

    Uma pergunta elav, por que você usou a versão 12.04 e não 12.10?

    1.    elav. dito

      Ah, é simples:
      1- Porque eu tenho um espelho local dessa versão
      2- Porque é LTS e 12.10 não é
      3- Pelas duas primeiras razões 😀

      1.    msx dito

        A 2ª não acho que seja válida no seu caso, mesmo sem te conhecer acho que não vai usar a mesma versão pelos próximos 5 anos !!! xD

        1.    elav. dito

          Hahaha, você está certo ..

  27.   Javier dito

    Bom elav 😀 No final eu abandonei o debian e migrei para o arch xD Primeiro pensei no kubuntu como você disse, mas no final escolhi o arch por medo de que o kubuntu estivesse muito carregado. Achei que fosse usar menos memória, mas me consome da mesma forma que o debian (170 MB de RAM)
    http://www.subirimagenes.com/privadas-instantnea1-2016327.html
    http://www.subirimagenes.com/privadas-instantnea2-2016328.html
    Eu usei o libreoffice antes, mas acho que vou dar uma chance ao calligra (eles acabaram de lançar uma nova versão), mas para o .doc vou usar o abiword. Você acha que eu faço bem?
    Saudações 😀

    1.    elav. dito

      Arch !! Bom .. Bom, use o que funciona melhor para o .doc .. Tente o mesmo com o Calligra, talvez esta versão tenha melhorado nesse aspecto.

      1.    Javier dito

        Ele ainda não os abre tão bem quanto o resto, e também não exporta para o doc. Mas para essas coisas eu usarei uma palavra, o resto calligra 😀
        A propósito, a caledônia parece muito melhor em 4.10 do que em 4.8 😀

  28.   Javier dito

    Já agora, estou a tentar registar-me e não me deixa xD
    http://www.subirimagenes.com/privadas-instantnea3-2016339.html

    1.    elav. dito

      Mmm tão estranho.

  29.   Anônimo dito

    Parece muito bom!! 😀

  30.   Alga dito

    Se o KDE 4.10 nos trouxe muitas mudanças e estou muito melhor do que as versões anteriores, noto que é mais fluido e é muito rápido mesmo com 1 GB 🙂

  31.   Fabri dito

    olá, acho que você tem tido sucesso em tudo ... ou quase 😉 a verdade é, sim, tem uma melhora perceptível já que o canônico não alcança mais ... o mais importante "o nepomuk", sempre foi uma dor de cabeça e agora vivo perfeitamente com ele…. Sempre tive um "mas" com o kubuntu para dizer que está de acordo com a minha "distro perfeita" e agora digo honestamente sem medo, não sei o que terá acontecido mas melhorou muito…. o que não sei se concordo é que você quer que seja separado dos repositórios do ubuntu ... para mim é uma vantagem para as pessoas que vêm de outro sistema operacional ... pelo suporte e isso, qualquer tutorial do ubuntu funciona para o kubuntu também ... saudações amigo !!

    1.    elav. dito

      Quando me refiro à separação dos repositórios do Ubuntu, é que eles mantêm um repositório com pacotes KDE e os "necessários" à parte ... que eles não dependem de um lançamento a cada 6 meses. 😉

      lembranças