Tutorial: Instale os pacotes .tar.gz e .tar.bz2

No início, quando começamos no Linux e procuramos um programa, é normal que encontremos um .deb ou .rpm e em muitos casos encontramos programas com a extensão .tar.gz y .tar.bz2Esses arquivos são compactados e geralmente contêm instruções para instalá-lo separadamente do programa.

A instalação para esses dois tipos de pacotes é exatamente a mesma

Primeiro entramos na pasta onde está o arquivo, se a pasta tiver várias palavras temos que colocá-las com "" ou se não procurar pastas com cada palavra

pasta cd onde o arquivo está localizado cd "pasta onde o arquivo está"

Dentro, descompactamos o arquivo

tar -zxvf nomedoarquivo.tar.gz tar -jxvf nomedoarquivo.tar.bz2

Nós configuramos

. / Configure

Nós fazemos (compilamos)

fazer

Agora faça a instalação

make install

Às vezes pode dar-nos um erro no ./configure, nesse caso não precisa de compilação e com a execução temos bastante, num terminal fazemos

como
Artigo relacionado:
Comandos para conhecer o sistema (identificar hardware e algumas configurações de software)
nome do programa

Ou criamos um lançador.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

102 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   Moscosov dito

    senhora, +1

  2.   adequado dito

    na verdade, a coisa correta para descompactar é
    tar -zxvf file.tar.gz
    tar -jxvf file.tar.bz2

    e para o configure existe uma infinidade de opções (dependendo do software) para personalizar a instalação

    ./configure --help

    Com isso, eles verão as diferentes opções adicionais ao instalar um programa.
    Nem todas as distribuições usam / usr / local para instalar programas, isso também deve ser mencionado.

    Você se esqueceu de mencionar como desinstalar um programa instalado dessa forma. Além de definir otimizações para cada arquitetura.

    De qualquer forma, boa iniciativa, mas você perdeu muita ... muita informação para compartilhar.

    lembranças

    1.    coragem dito

      É algo que quase nunca usei, a maioria dos programas que encontro nos repositórios oficiais.

      A verdade sobre descompressão é que sempre foi bom para mim assim.

      Eu o escrevi porque me incomoda todos aqueles que dizem, "quando você descompacta, leia as instruções."

      De qualquer forma, vejo o .tar.gz como último recurso, se não houver nenhum no pacote deb / rpm ou nos repositórios

      1.    adequado dito

        "A verdade sobre a descompressão é que sempre foi bom para mim assim."
        concordamos, não discuto isso, mas não significa que seja a coisa certa a fazer. Nem todas as distros descomprimem "de forma inteligente", algumas têm que adicionar mais parâmetros.

        1.    coragem dito

          Cara, não é minha culpa que existam distros subnormais hahahaha

          1.    adequado dito

            KISS cara ... KISS

          2.    coragem dito

            Cara, o KISS não é idiota, você já sabe disso com o Slackware hahahaha

          3.    adequado dito

            xD
            É por isso que eu te digo que

            Simples! = Fácil.

  3.   Yoyo dito

    +1 para o adequado

    1.    pimenta dito

      Mais um idiota que o outro. Esses "gênios" estão fora do assunto.

  4.   Lithos523 dito

    Se você alterar o "make install" para "checkinstall" (você pode instalá-lo com o aptitude, está nos repositórios) ele irá instalar o programa, mas também:
    -Crie um .deb para que possa instalá-lo em ocasiões futuras
    - O programa instalado aparecerá no Synaptic, para que você possa desinstalá-lo facilmente de lá

    1.    coragem dito

      Os usuários do Arch estão envolvidos com o Aptitude ...

  5.   passageiro dito

    Desculpe pela minha ignorância, mas o aplicativo alienígena resolve todos esses problemas?

    1.    adequado dito

      não, porque o alien funciona com pacotes compilados e tar.gz ou tar.bz2 são arquivos compactados com o código-fonte.

  6.   Pandev92 dito

    Você realmente não pode fazer um tutorial sobre isso, na maioria das vezes, pelo menos os pacotes qt são compilados de outras formas ainda mais estranhas.

    1.    hypersayan_x dito

      Exatamente eu diria a mesma coisa.
      Os que usam qmake do Qt são mais ou menos assim:


      cd CarpetaPrograma
      qmake
      make
      sudo make install

      E acrescento outro caso que são os cmakes:


      cd CarpetaPrograma
      mkdir build
      cd build
      cmake ..
      make
      sudo make install

      Ou há outros que precisam apenas executar make && sudo make install.
      Esses são os casos mais comuns, mas existem muitas outras variantes: s

      1.    Mcder3 dito

        Tem hora que alguns aplicativos feitos em QT não trazem o makefile. Portanto, é hora de criá-los com a seguinte linha:

        qmake -makefile

        lembranças

  7.   passageiro dito

    Vamos ver se consigo esclarecer, quando preciso usar um tar.gz ou um tar.bz2, tudo que faço para gerar um .deb ou um all.deb usando alien é colocar sudo alien install + nome do pacote. Não é o mesmo que compilar?

    1.    hypersayan_x dito

      Não, compilar é transformar o código-fonte do programa em código de máquina.
      Considerando que o que você faz com o alien é reembalar, que é a conversão do formato do pacote de uma distribuição para o formato do pacote de outra distribuição.
      Para simplificar, é como se você tivesse um arquivo compactado em RAR e quisesse convertê-lo para ZIP, descompactaria o arquivo em RAR e compactaria novamente em ZIP, é o que o alien faz.

  8.   StuMx dito

    A compilação é feita no make, não no configure. O arquivo configure é um script que verifica se o sistema atende a todas as dependências para compilar o programa, então gera o arquivo make (que é o que define como será compilado) de acordo com nosso sistema.

    1.    coragem dito

      Agora eu o removo porque este artigo já faz muito tempo desde quando o escrevi em abril ou maio. Eu não verifiquei quase removendo algum palavrão nada mais

  9.   passageiro dito

    Olá:
    Acho que não estou me explicando muito bem. O Alien não apenas transforma um pacote rpm em um .deb, se você pega o código-fonte de um programa, seja gz ou bz2, ele o transforma em um depurador de instalação automática. Daí minha pergunta. Eu estou no Linux há muito tempo, tenha paciência comigo.

  10.   Marco dito

    desculpe minha ignorância, mas esses passos também são válidos no chakra, ou algo muda ??

    1.    KZKG ^ Gaara dito

      Homem nenhum 😀
      Como tal, sim, essas etapas são quase um padrão em todas as distros, mas não é 100% certo que sejam SEMPRE as etapas a seguir. É por isso que recomendo que você sempre leia o arquivo de instruções (geralmente README) antes de fazer qualquer coisa.

    2.    adequado dito

      como @ KZKG ^ Gaara diz, nem sempre é o caso, é um padrão que funcionará para todas as distros, desde que o programa seja escrito em C / C ++

  11.   Carlos-Xfce dito

    Quando me deparar com um desses .tar.gz, retornarei a este artigo. Como detesto esses pacotes!

    1.    coragem dito

      Droga, você tem idade suficiente para instalar esses pacotes HAHAHAHAHA

  12.   VulkHeadName dito

    Desculpe minha falta de conhecimento, este método de instalação também funciona para o Debian. Porque tento e tento e dá um erro.

  13.   Laura Tejera dito

    É por isso que ninguém usa Linux, fazer algo estúpido é um truque

    1.    elav. dito

      Que curioso, algumas dessas coisas estúpidas que você menciona, os usuários "superdotados" do Windows e do OS X não conseguem, ou têm medo deles.

      1.    Laura Tejera dito

        o engraçado é como pessoas como você podem seguir um sistema operacional tão fechado.

        1.    KZKG ^ Gaara dito

          Você evitou responder à pergunta? … Os usuários do Windows ou gênios do OS X podem fazer tantas coisas com seus sistemas quanto mostramos neste site? 🙂

          A propósito, você usa o Ubuntu então ... do que estamos falando?

          1.    Laura Tejera dito

            mantenha o mangá medíocre

            1.    KZKG ^ Gaara dito

              Somos medíocres? … Uff… LOL!


      2.    pimenta dito

        Estamos no ano de 2015!
        Acho que não é preciso perder tanto tempo estudando para trabalhar no console.
        Por que não usar aplicativos automatizados para isso?
        Em qualquer caso, quem “gosta” de escrever os comandos desde a consola aí, deixa-o continuar a fazê-lo, mas em paralelo seria necessário ter esses mesmos comandos automatizados. Não estou pedindo a você para enviar um foguete à lua.

    2.    Santiago Luis Bazan dito

      As razões para usar software livre são a ética moral. Nunca permita que alguém tenha suas liberdades humanas negadas

      1.    pimenta dito

        A verdade de que o sanata de "liberdade" nos programas me cansa. Eles não poderiam parar de louvar um deus inexistente e ser um pouco mais humildes?

    3.    pimenta dito

      Você está certa Laura, esses caras com o Linux complicam até os ossos. No Windows put0 as coisas são mais fáceis. Não desprezo o Linux mas não pode ser que para instalar qualquer pel0tudes você passe horas e horas investigando como funciona o tar e toda a meresunda para que no fim do dia fique preso com aquele "Linux iniciante ...".

      Pretendo usar um sistema operacional estável, mas não tirar horas de minha produção porque tenho que trabalhar, não tenho desejo de me tornar um "graduado em Linux".

  14.   Thanatos dito

    Sempre falta algo ... quando eu dou ./configure, recebo: configure: error: Seu intltool é muito antigo. Você precisa do intltool 0.35.0 ou posterior.

    Subseqüentemente, a instrução make retorna: Nenhum destino foi especificado e nenhum makefile foi encontrado. Alto.

    make install: Não há regra para construir o `alvo de instalação

    Eu sou um novato e é bom fazer pesquisas para aprender, mas FUCK, você não pode explicar isso com pedras coloridas para aqueles de nós que são novos no Linux?

    1.    ponchu dito

      Thanatos, tive um problema semelhante e compartilho meu resultado:
      (Antes de mais nada, para esclarecer que também sou um neófito no mundo Linux e minhas aventuras nesse contexto com "sabor" (distro) para Ubuntu são uma semana).
      Supondo que entre na minha pasta «Downloads» com o comando «cd» onde foi encontrado o meu pacote do programa «SoulSeek» com a terminação «.tgz» no terminal ou console:
      "./Configure" me deu um erro informando que o arquivo ou diretório não existia
      "Make" me deu o mesmo erro que você ... então não continuei com o comando "sudo make install" (sudo é porque o Ubuntu requer "Super usuário e sua senha" para executar este comando, em outras palavras, faça uma instalação) .
      Investigando o arquivo descompactado anteriormente, percebi algo que pode acontecer com você é que o arquivo descompactado era do tipo "arquivo executável" (clique com o botão direito- propriedades) e 2 cliques foram suficientes para executá-lo.
      Seu problema em «./configure» pode ser resolvido com uma atualização dos pacotes ou repositórios (estes termos me confundem um pouco) instalados em sua Distro, pois informa que «intItooI» é antigo e você precisa de um mais novo e eu acho que talvez este pacote seja o que compila na sua distro. No Ubuntu, você faz isso no mesmo terminal digitando "sudo apt-get update" e atualiza todos os pacotes do sistema.
      Espero ter sido útil.

    2.    pimenta dito

      Como eu disse a Laura, essa coisa do Linux leva muito tempo. Ele me deu a mesma mensagem de erro que a sua e eu sou como o fantasma de Canterville de um lugar para outro e nada.

      Meu chefe me disse: "Você tem 2 dias para encontrar a solução, caso contrário, voltamos ao windows."

  15.   Jonathan dito

    obrigado

  16.   ivan dito

    Olá eu tenho o mesmo problema que quero instalar o skype 4.0. no meu pclinuxOS, baixei o tar, gz2 e descompactei e até lá consegui, quando faço ./configure me diz que o arquivo não existe .. onde me perdi ou o quê? diga-me, no pclinuxOS (a última versão lançada) o skype está instalado, mas é a versão 2.2 e eu quero instalar 4,
    Preciso fazer algum truque para finalmente instalar isso? algo na sináptica que não conheço ???
    Eu sou novo neste sistema, já tentei outras distros antes e até agora está tudo bem, exceto esta ..

    lembranças

    1.    pimenta dito

      Sou eu ou acho que ninguém sabe dessas perguntas.

    2.    f7eo dito

      Olá, já faz muito tempo desde sua pergunta.

      Recomendo que você baixe a versão mais recente do Skype para Windows (R)
      e que você usa o Wine para executá-lo em sua distribuição GNU-Linux.

  17.   de dito

    Olá! Estou com o mesmo problema: baixei a última versão do software center com enxtension tar.gz e quando cheguei na instância "./configure" recebi um erro, igual ao "make". O QUE É"?? OBRIGADO!! Além disso, a central de software bloqueou a opção de instalação !!!

  18.   Carlos Rivera dito

    Obrigada, me ajudou muito !!!!

  19.   michael dito

    como criar um lançador

  20.   Angi dito

    Uma pergunta, você pode verificar as dependências de um arquivo tar.gz antes de executar o ./configure ???

  21.   joseluis dito

    Sou novo no linux, parece muito difícil instalar os tablets tar gz gz2 e se obtiver um deb falta dependências e com o rpm o mesmo se for i586 ou i686 ou i386 e o ​​pior é que não tenho internet em casa. Ver tantos comentários contraditórios o confunde ainda mais.

  22.   Gabriel Yamamoto dito

    boa informação, mas alguns pacotes * .tar.bz2 já estão compilados e para instalá-los basta descompactá-los em qualquer pasta (preferencialmente / opt para que fique disponível a todos os usuários) e fazer um acesso direto ao binário em / usr / local / bin

  23.   Gonzalo dito

    Explicação muito boa de como usar arquivos tar.gz. Muito obrigado pela informação. Saudações a toda equipe

  24.   Juancuyo dito

    Não me funciona,
    cd / home / ju / downloads / icecat-24.0 ——-> Responde a mim
    bash: cd: home / ju / downloads / icecat-24.0: arquivo ou diretório não existe
    O que estou fazendo errado??? O sistema operacional é Voyager 14.04 LTS (xubuntu) Xfce desktop Gdebi não está no menu de conteúdo e nem são sinápticos, mas estão no menu iniciar, mesmo se eu abri-los eles não reconhecem as pastas, é como se elas não existissem. Descompactei na mesma pasta de download. Descompactou incorretamente ????

  25.   claudio dito

    Este tutorial também funciona para .tgz?

    1.    joakoej dito

      Não, os .tgz são o formato que o Slackware usa e já estão compilados, quer você tenha baixado ou compilado de um slackbuild

    2.    joakoej dito

      Para instalá-lo, você deve usar installpkg "nome do pacote".

  26.   asdf dito

    Desculpe mas não resolve muito o problema para mim, quando você fala ./configure e nós configuramos, você deve especificar mais, certo? se eu apenas colocar ./configure, ele me diz
    bash: ./configure: Arquivo ou diretório não existe

    então você diz "nós fazemos"
    Código:
    Marca
    Meu resultado:
    make: *** Nenhum destino especificado e nenhum makefile encontrado. Alto.

    Faça a instalação
    make: *** Não há regra para construir o destino "install". Alto.

    E então você diz "nós executamos o programa"
    Código:
    Nome do programa

    Como sei qual é o nome ou qual é o executável? É muito abstrato, talvez você presuma várias coisas que saberá, mas quem vier para ver um tutorial pode não saber

    1.    Damian dito

      asdf.

      Estava investigando e o erro que surge ao dar ./configure é devido à falta do programa de compilação (como poderíamos compilar sem ter um programa que o faça?). o comando para instalar um compilador para entrar é:

      sudo aptitude install build-essential

      Uma vez instalado, vamos para a pasta onde está o arquivo a ser descompactado e executamos:

      tar -zxvf program_name.tar.gz

      Em seguida, ENTRAMOS na pasta do programa descompactada e, se houver, executamos ./configure e sudo make install

      Espero ter ajudado!

      Saudações.

      1.    Damian dito

        Desculpe, esqueci de esclarecer, no meu caso para executar o "make" e o "sudo apt-get install program" tive que entrar na pasta "base" dentro da pasta descompactada, só aí peguei os comandos para compilar ( make) e a instalação.

      2.    Carlos dito

        Dá-me problemas quando uso make diz que não encontra nada para construir alto

  27.   brenda dito

    Desculpe, eu tenho esse problema, eu executo este comando que me mostra um erro e não consigo criar o makefile
    desktop: ~ / Downloads $ tar -jxvf iReport-4.1.3.tar.bz2
    tar (filho): iReport-4.1.3.tar.bz2: Não é possível abrir: arquivo ou diretório não existe
    tar (filho): Erro não recuperável: saindo agora
    tar: Criança retornou status 2
    tar: Erro não recuperável: saindo agora
    por favor =)

  28.   Aaron dito

    Bom Dia amigos,
    Eu sou novo no Linux, no entanto, tive um pequeno incômodo quando se trata de reconhecer um dispositivo que é um leitor biométrico digital, eu apenas pesquisei e aparentemente encontrei no entanto, ele baixou com uma extensão .tar.gz, tente Descompactá-lo em uma pasta, vários arquivos foram descompactados mas não sei se depois disso tenho que executar outra coisa ou colar esses arquivos descompactados em uma pasta do sistema, não sei, se me ajudem por favor, para rodar bem o processo, gostaria muito grato, tenho o Linux Debian 7 instalado no OS XNUMX. antecipadamente saudações e muito obrigado.

  29.   Rufo Lopez Retortillo dito

    Eu uso Linex 2011 e Linex 2013 e o maior problema que encontro ao instalar aplicativos é que eles não estão carregados na lista de aplicativos em seu grupo (gráficos, escritório, multimídia, etc.) e se eu quiser criar um launcher não sei onde Eu tenho que ir para encontrar o arquivo do lançador de aplicativos. Em qual pasta você o cria? Como fazê-lo?
    Quando eles são instalados a partir dos repositórios, os lançadores são colocados em seu grupo. Isso pode ser feito instalando o tar.gz conforme descrito nesta web?
    Obrigado pela ajuda

  30.   Carlos dito

    Por favor me ajude, eu tenho outro sistema operacional chamado lps 1.5.5 e não consigo atualizar o programa

  31.   Carlos dito

    Repito que não consigo descompactar um arquivo tar.bz2. Tenho um sistema operacional chamado lps 1.5.5 e não sei como usá-lo, por favor me ajude, obrigado ...

  32.   jocastel dito

    depois de descompactar o arquivo bz2, o comando ./configure NÃO funciona porque NÃO existe

    1.    jocastel dito

      Eu tenho ubuntu 14.04LTS

  33.   você sabe dito

    Não entendo, no slax o .tar.gz vai para o cinema, mas no ubuntu não tenho como compilar

  34.   Raul dito

    Qual é o melhor sistema operacional? o melhor sistema operacional é aquele que resolve seus problemas.

  35.   Juanzito dito

    O pessoal do Linux é incrível. Estou tentando instalar o ZinjaI em minha distro LinuxMint recém-instalada há pelo menos 5 horas.
    Estou percorrendo todos os fóruns que encontro e em todos (mas em todos, incluindo este), eles fornecem metade das informações.
    Por exemplo, já abri o terminal, mas não consigo colocar o endereço de onde o arquivo baixado está localizado (que é / home / user / Downloads / zinjai).
    Tudo que recebo é um erro: "bash: cd: user: Não existe esse arquivo ou diretório.
    Eu entendo que eles querem difundir e propagar o uso de um sistema operacional, mas, negando informações ou explicando tudo pela metade, a única coisa que eles vão conseguir é que, usuários como eu, que tinham o firme propósito de passar do Windows para o Linux, desistam e ficar com meu W7, ruim, mas útil e gerenciável.

    Felicidades…

    PS: O que um instalador miserável com uma interface gráfica lhes custou para fazer? Por que hoje, no século XXI, eles deveriam continuar a usar algo semelhante ao DOS para instalar um pequeno programa miserável? Meninos ... para ver se eles vivem um pouco ...

    1.    Ocelote dito

      cd ~ / Downloads / caminho do script de instalação.

      Uma dica: fique com as janelas. Cada sistema operacional é feito para um tipo de pessoa. O Windows é feito para pessoas que preferem ter tudo chão e com o mínimo esforço possível e vejo que é o seu caso. Tem gente que não pode ou não quer aspirar a algo mais do que próximo, próximo, próximo ... aceitar. Isso não é ruim, simplesmente temos que conhecer nossas limitações e nos adaptar a elas.

      Outra dica: se você soubesse quantas coisas são alcançadas com humildade e usando duas palavras como "por favor". Isso iria te surpreender. Faça isso frequentemente.

      1.    Knary dito

        Hello Linuxeros.
        Muito obrigado pelo tutorial, ele me ajudou a instalar os drivers para o adaptador wi-fi dwa-131.
        Tenho um pouco de dúvida, fiz tudo como dizem acima.
        Vá para o caminho do arquivo, faça tar…. e então faça, espere terminar e então faça a instalação
        Até essa etapa não dei nenhum erro.
        A dúvida que tenho é saber se já tenho os drivers instalados ou preciso fazer outra coisa.
        Juanzito .. vá em frente e dê uma chance ao Linux, seja qual for a distribuição, eu decidi deixar o Windows 7 há uma semana e estou mais perdido que o inferno, hahaha, mas lendo aqui e ali você encontra informações que às vezes são difíceis para você Para entender, tudo depende do esforço de cada um em querer aprender e sair do monopólio em que o Windows te embebe (é a minha opinião).
        Uma coisa ... no terminal Linux, as letras maiúsculas contam. 😉

        PS: Tenho que fazer outra coisa após a instalação do Kame. ??

        Muito obrigado.
        Muito obrigado e saudações das Ilhas Canárias.

      2.    Arcs dito

        e quem é você para dizer a um usuário para voltar ao sistema X? Você acha que Richard estandeiro?

        Concordo com o que dizem em alguns comentários que o melhor SO é aquele que o sistema se adapta ao usuário e NÃO o contrário.

        Pessoalmente, adoro o Windows .exe porque, como você diz, não precisa ser um gênio da informática para instalar algo muito simples como um bloco de notas simples; comparei aqui no linux que se não for nos aplicativos de software dedicados você fica com o emaranhado do século com um tablet.

        Cheguei aqui procurando e organizando informações para instalar programas no Linux pois estou me preparando para instalar o mint em uma máquina produtiva e sei que se não me preparar não vou conseguir instalar nada se não estiver nos repositórios.

        Agora o "por favor" que todos perguntam o problema é que ninguém responde, é por isso que às vezes as pessoas têm que ser agressivas para não dizer bobagens.

      3.    pablo dito

        desculpe .. mas sempre defendi o uso de software livre e aberto .. Uso computador há 30 anos .. e tenho 37 ..
        o problema é que em geral no linux é perfeito que quem queira ou deva "saber" um pouco mais para algo simples como instalar um programa, uma atualização ou o que seja ... o problema vem em que muita gente precisa trabalhar e usar o pc (com qualquer sistema operacional) para fazer sua tarefa de trabalho específica .. então mesmo que leve 10 minutos para baixar um .gz e instalá-lo .. ou se, como a maioria das pessoas faz, levará horas .. são minutos ou horas sem poder faça o seu trabalho e é aí que quase todo mundo fica sem paciência ..
        No meu caso .. no trabalho só utilizo o Ubuntu que é instalado por padrão nos PCs, por ser um centro científico, mas isso me faz passar mais horas tentando instalar ou até mesmo desvendando como fazer um soft específico (por exemplo sou um geógrafo) funciona .. ou que depois de alguma atualização dele .. recupera todas as ferramentas porque meio que parou de funcionar dentro de um programa ..
        neste caso específico .. Eu precisava ver um webinar / fórum em funcionamento .. e como eles usam java eu ​​sinto falta do sinal de que devo atualizá-lo .. ok .. vá para o site java .. encontre o arquivo para meu SO, 14.04 .. olha as "" instruções de download e instalação "" .. baixe um .gz e daí em diante .. descompacte .. ok, e ... diz "instalar" .. e voila .. só que você não podia fazer nada com as informações deste post .. o que eu faço depois de descompactar o «jre-blablabla of a lifetime.gz» ??

  36.   Carlos Fabian Ferra dito

    isso nunca funcionou para mim em qualquer distro

    1.    yukiteru dito

      Se não funcionou para você, é pura Camada 8.

      1.    Yank Carlos dito

        Gênio!

  37.   Inácio Navarro dito

    Como eu uso muito ocasionalmente, toda vez que entro aqui para ver como é feito.
    Muito obrigado por ter escrito e por não apagá-lo depois de tanto tempo.

  38.   ramon dito

    como você pode ver no synaptic o novo pacote instalado se mostra o mais antigo (estável de acordo com a distro) ¿?

  39.   Jorge dito

    tudo vai uma merda quando você chega ao ./configure não há ninguém que explique bem quando diz que o arquivo não existe

    1.    Elvis dito

      Estou tentando instalar wi-fi da broadcom nem ./configure, nem make nem make install funcionar.

      a sequência lógica é primeiro execute ./configure mas aparentemente esta instrução apenas se refere a um diretório configure e execute algum arquivo colocado lá, isso deve vir no pacote que é baixado da broadcom, mas no meu caso este diretório não está lá, ele que deve realizar o configure é uma verificação e criar o arquivo Makefile, mas ao descompactar o pacote eu percebo que o Makefile está incorporado, os outros dois comandos make e make install não funcionam para mim, seria porque a última versão do elementary OS não o suporta freya baseado em ubuntu 1

    2.    Alejandro Tor Mar dito

      A verdade? Esse método nunca funcionou para mim e sempre opto por pacotes .deb ou comandos do Terminal ... Pena que não há nada claro para instalar .tar.gz

  40.   Elvis dito

    Estou tentando instalar wi-fi da broadcom nem ./configure, nem make nem make install funcionar.

    a sequência lógica é primeiro execute ./configure mas aparentemente esta instrução apenas se refere a um diretório configure e execute algum arquivo colocado lá, isso deve vir no pacote que é baixado da broadcom, mas no meu caso este diretório não está lá, ele que deve realizar o configure é uma verificação e criar o arquivo Makefile, mas ao descompactar o pacote eu percebo que o Makefile está incorporado, os outros dois comandos make e make install não funcionam para mim, seria porque a última versão do elementary OS não o suporta freya baseado em ubuntu 1

  41.   Alejandro Tor Mar dito

    A verdade? Este método nunca me ajudou e eu sempre opto por pacotes .deb ou comandos do Terminal ... Pena que não há nada claro para instalar .tar.gz

  42.   Alejandro Tor Mar dito

    Por que este tutorial não está atualizado? Ou eles fazem um novo?
    Todo mundo aqui reclama que não serviu e já faz anos….

  43.   HECTOR MATOS dito

    Olá, quero ajuda, com isso para instalar pacotes .. Tenho Ubuntu versão 15 .. algo .. Quero instalar o plugin Adobe Flash, pois é muito útil instalá-lo, pois com o Adobe Flash posso entrar em algumas páginas web, onde vocês podem ver o TV e também ouvir rádio .. por favor me mandem um tutorial passo a passo .. Não tenho muita experiência em linha de comando, ou seja, usando um terminal.

    Socorro .. obrigado

  44.   abraham dito

    Olá a todos !!! Depois de ler quase todos os comentários procurei um manual de linux e é isso ..
    Amigo OCELOTE, aceite esta crítica, do meu humilde e insignificante ponto de vista que compartilho com milhões de usuários do Windows:

    Eu adoraria mudar para o Linux! mas muitos de nós acham isso impossível, por quê? você vai se perguntar ... porque para mim o computador é o meio que eu tenho para fazer meu trabalho, não é o fim ... Não sei se você entende o que todos nós queremos (e JUANZITO disse-lhe bem) é um sistema operacional estável que nos ajuda a para realizar o nosso trabalho, não tenho tempo de aprender a fazer coisas básicas como instalar um programa do console, tudo deveria ser mais intuitivo e fácil ... Como empresário vou dizer que o gerenciamento que você carrega com o Linux é desastroso, ao invés de ajudar as pessoas para fazerem a mudança de sistema operacional você insiste que as pessoas mentem com coisas que não lhes interessam e você mesmo bloqueia a mudança ... Alguém que programou em assembler, java, javascript, html, php e xbase diz isso ... e toca meu nariz ter que abrir o console para quase tudo.

    Uma saudação

  45.   defcon dito

    Stamina DOS 6.22 old !!

  46.   erputar dito

    Ponha você para estudar e sair dessa merda de wuendos que funciona para alguns porque eles colocam como chaves, não pagam, para piorar ainda mais aqueles que fizeram aquelas chaves são os gênios do linux e deveriam, por isso Você é como um idiota discutindo mamahuevadas, para os empresários que eu digo a eles, continuem pagando suas licenças e se o que eles querem é um estábulo então ganhe tempo que diabos eles fazem escrevendo idiotas nesses tutos isso é para aqueles de nós que gostam de idiotas de linux… .. finger po o ás

  47.   GENDA dito

    Não é muito claro para usuários novatos. Por exemplo, você diz:
    «Primeiro vamos à pasta onde se encontra o ficheiro, se a pasta tiver várias palavras temos que colocá-las com" "ou se não procurar pastas com cada palavra» ...
    Qualquer usuário entrará nessas pastas com o «explorer» e renomeará sem saber o nome da pasta que a contém com as aspas. Que do ponto de vista que você lê, «do ponto de vista do usuário novato.

    Então você coloca:
    pasta cd onde o arquivo está

    cd "pasta onde o arquivo está"
    A partir daí o usuário já foi para as nuvens ou onde quer que, porque a partir de agora ele se perde no CD com as iniciais, você não esclarece como chega lá, um exemplo passo a passo, começando com tudo isso ... é abrir primeiro o console .

  48.   GENDA dito

    Para HECTOR MATOS: O plugin adobe, java, entre outros não precisa ser feito manualmente, você só precisa estar conectado a internet por um tempo, e no gerenciador de atualizações aparecerá automaticamente, a partir daí será atualizado automaticamente, para o Firefox para Opera, e o resto de forma independente ... normalmente o launcher fica ao lado do relógio na barra de start, em várias distros eu vi que por default estava lá, não sei se vai ser assim em todas elas.

  49.   max dito

    Seja mais explícito, muitas informações estão faltando

  50.   Maria dito

    tente atualizar o python para 3.xe fazer make install na conclusão me diz que há um erro:
    zipimport.zipimporterror não pode descompactar dados zlib não disponível make *** erro de instalação

  51.   f_leonar dito

    Após descompactar para rodar ./configure, é necessário entrar no diretório descompactado, caso contrário não funciona. Eu uso o KDE e entrei graficamente na pasta que descompactei e lá abri um terminal para executar o "make" mas não funciona ...

  52.   anônimo dito

    Eu tenho uma pergunta, eu entendo:
    manolo @ mxlolo-satellite-c655d: ~ / Desktop $ ./configure –help
    bash: ./configure: Não existe esse arquivo ou diretório
    que faço…?

  53.   KATSODA dito

    Tudo bem até que o ./configure das bolas saiu.
    O QUE VOCÊ QUER DIZER COM ISSO !? Eles não explicam isso, eu só quero instalar a porra da segunda vida xddd
    «»»katsoda@katsoda-PC:~/Downloads$ ‘/home/katsoda/Downloads/Second_Life_5_0_4_325124_i686’/configure
    bash: / home / katsoda / Downloads / Second_Life_5_0_4_325124_i686 / configure: Arquivo ou diretório não existe »» »
    É melhor eu baixar o Windows 10 e pegar a bunda. (?)
    Bom não. Mas essa é uma das coisas que odeio no Linux. Instalar e rezar para que seus programas favoritos sejam compatíveis aqui é um grande desafio.

    1.    gatoo_ dito

      Não é incomodar, senhores, mas o criador do tutorial explica perfeitamente o que fazer se você obtiver um erro com ./configure.Você só tem que terminar de ler o resto do tutorial (que tem 4 linhas).

      Acho incrível que tanta gente reclame que não explica as coisas quando você nem parou para ler.

  54.   Sexta-feira dito

    Bem, eu oficialmente me declaro incompetente para este tipo de arquivo. Estou tentando instalar o java e é isso;
    javier @ loft: ~ / JAVA / jre1.8.0_151 $ tar -zxvf jre-8u151-linux-x64.tar.gz
    tar (filho): jre-8u151-linux-x64.tar.gz: Incapaz de abrir: Arquivo ou diretório não existe
    tar (filho): Erro não recuperável: saindo agora
    tar: Criança retornou status 2
    tar: Erro não recuperável: saindo agora

  55.   Roger Deku dito

    no linux ubuntu 18.04.01 lts basta digitar ./namedelprograma na mesma pasta após descompactá-la e pronto !!!

  56.   jia dito

    Muito bom, foi muito útil.

  57.   emerson goncalez dito

    no av linux isso não funciona
    Não sei o que é estranho; ou cada vez que você instala uma distro você inicia o caminho da cruz
    você vê como o teclado funciona

  58.   Jose Felix Paisano Morales dito

    Olá a todos, Eu uso o Ubunto 20 e consultei esta página para instalar o scanner de um Epson L4150 (baixei os drives de http://support.epson.net/linux/en/imagescanv3.php?version=1.3.38#ubuntu).
    Segui os passos e usei 'tar -zxvf filename.tar.gz', ao descompactar usei
    '$ cd imagescan-bundle-ubuntu-20.04-3.63.0.x64.deb', que é a pasta criada.
    Dentro da pasta que usei './install.sh', que é como usar './configure', o sistema me pediu minha senha e tudo bem instalado.
    Tentei meu scanner e foi ótimo, obrigado por me dar as instruções, consegui usar meu scanner