Ubuntu está pronto para subsistema Windows para Linux 2

A Microsoft anunciou recentemente a atualização de maio de 2020 para o Windows, com a versão número 2004, para usuários que desejam baixá-la manualmente do Windows Update, e com esta nova versão a empresa traz muitas melhorias importantes, entre as quais encontramos Subsistema Windows para Linux 2.

WSL é a tentativa da Microsoft de unir o Linux ao Windows, permitindo aos usuários rodar oficialmente o Linux no Windows 10.

E neste novo lançamento de maio, há grandes melhorias para usuários do Linux, incluindo um kernel real.

Ubuntu pronto para WSL 2.

Ubuntu é uma das primeiras distribuições a ter suporte total para WSL 2 e hoje a Canonical anunciou que Qualquer pessoa que quiser experimentar o WSL 2 na atualização de maio pode baixar o Ubuntu 20.04 LTS na loja oficial da Microsoft.

"Ubuntu foi a primeira distribuição WSL e é a escolha mais popular para usuários WSL. O Ubuntu 20.04 LTS para WSL foi lançado simultaneamente com o Ubuntu 20.04 LTS em abril. O Ubuntu está pronto para ser instalado no WSL 2. Qualquer versão do Ubuntu pode ser atualizada”Menciona Canônico.

Se você já baixou a atualização do Windows 2020 de maio de 10, pode ser necessário ativar o WSL 2 manualmente e isso é possível usando um comando do PowerShell em uma sessão com permissões especiais:

dism.exe / online / enable-feature / featurename: VirtualMachinePlatform / all / norestart

O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

4 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   poronga dito

    A verdade incomoda o que vejo e leio. Parece-me que vou parar de usar minha distribuição baseada no Ubuntu. Eu mudo para o Debian.

  2.   Stephen dito

    Quando se atrevem a fazer o contrário, que possamos usar o Windows do Ubuntu

  3.   Abd hessuk dito

    pare de postar merda.

  4.   Kao dito

    Não entendo a aversão a esta verdade, agradeço muito que continuem com WSL forwards (anos atrás existia SUA mas acabaram eliminando-o por obsoleto) e pelo menos é outro uso para Linux.

    Eu programo principalmente para Windows no Windows no meu trabalho e até pouco tempo atrás a única coisa que eu sentia um pouco em casa era MSYS2 e similares, que agora posso ter uma máquina virtual Linux assim (e que meu empregador permite) é ótimo.

    Não acho que alguém usando Linux em seu desktop mudaria para Windows + WSL só porque, ainda mais quando o WSL não parece ter sido feito para usuários finais, mas sim para desenvolvedores. Como se usando um vibrador eu fosse deixar meu namorado, não funciona assim.