Ubuntu / Kubuntu e derivados descartam o tamanho do CD

A equipe de desenvolvimento de Ubuntu já lançou a primeira versão Beta do Ubuntu 12.10 Quantal Quetzal, cuja versão final ou estável será lançada em outubro próximo.


Conforme anunciado na lista de discussão oficial da equipe de desenvolvimento, Kate Stewart, enfatiza que as imagens .ISO do Ubuntu não serão mais empacotadas nas versões em CD, DVD e Alterna; desde o Ubuntu 12.10, apenas uma única imagem de 800 MB será lançada.

Acabando assim com as demais opções de instalação do Ubuntu, que se simplifica mais uma vez, pois abandonaram as versões diferenciadas do Ubuntu para Desktop e Laptop. A única versão que não será afetada por esta medida é a versão do servidor Ubuntu, Ubuntu Server.

O mesmo é verdade para o Kubuntu, embora ele sempre tenha uma imagem ISO mais pesada, então na próxima versão ela será estendida para até 1 GiB.

Esta mudança trará melhorias no pacote que vem com o Ubuntu por padrão, já que aumenta em 100 megabytes mais, e dispensa os desenvolvedores de criarem imagens diferentes, já que haverá apenas uma de uso geral.

Entre os novos recursos do Ubuntu 12.10 estão os suporte para criptografia de disco rígido, Update Manager renomeado para Software Updater que verifica se há atualizações quando lançado, Unity atualizado para a versão 6.4 com suporte para novos modos de visualização (visualizações de traços e visualização de coverflows) e migração de Python 2 para Python 3.

Para o Kubuntu, existem muitos novos recursos semelhantes:

  • KDE atualizado para a última versão 4.9.0.
  • Novo programa de chat Telepathy-KDE.
  • Calligra como uma nova automação de escritório e terno gráfico.
  • Novo LightDM Login Manager, que adiciona Login como Convidado.
  • Atualize para o DigiKam 2.8, para ter um melhor manuseio das fotos.

Você sempre pode ver o anúncio oficial com todas as mudanças.

Obrigado Eddy Solís Santana!

O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

13 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   coragem dito

    Seu bolso dói ... Eh Canoni $ oft? Hehe, como fica o espanador nisso?

    E ainda por cima o CD é mais barato, o que é mais conveniente para a economia das pessoas, sim, você também vale menos um CD do que um DVD

  2.   Raimel dito

    Pelo que entendi, um beta não é o mesmo que um release candidate, e no link oferecido pelo anúncio oficial o primeiro parágrafo diz claramente: «… A equipe do Ubuntu tem o prazer de anunciar o primeiro lançamento BETA do Ubuntu
    12.10 Produtos de desktop, servidor, nuvem e núcleo ... » … Enfim, é BETA 1 e não RC…. Felicidades…

  3.   vencedor dito

    Boas notícias, a maioria das pessoas que conheço usa USB e neste ponto era muito estranho manter os 700 megabytes

  4.   joavig dito

    Em si, não há grande diferença. No preço? pff ... menos de um dólar a mais? A maioria está começando a usar USB. Além disso, os benefícios do sistema serão para melhor. No que diz respeito à sua Canonisoft ... parece-me que estamos muito longe disso. Eu acreditaria que mesmo o Slackware, se fosse enorme, você o teria como um sistema déspota controlado por um homem ... Debian ... um republicano ... não é mais besteira.

  5.   coragem dito

    Fontes do Archoso, porque eu Vi $ ta nunca usei. Essa palavra ainda é sua invenção baseada em uma denominação existente para fanboys do Ubuntu.

    Sem fontes não vale a pena. (Uma das regras do ubunto é esta, NUNCA coloque fontes que comprovem o que você fala)

    Acho que ninguém em sã consciência vai usar um Arch virtualizado da Vi $ ta. Talvez para testar, mas para uso normal ou brincadeira, eu te digo, porque é bobagem.

    A propósito ... Você pode me dizer onde eu ataquei alguém? Acima de tudo porque considero que não o fiz, mas o mesmo sou eu que me equivoquei.

    E vamos lá, não sei em que mundo você vive porque o que está na moda há muito tempo é atacar qualquer usuário que use outra distro que não seja o Ubuntu.

    As coisas funcionam assim, se você usar o Ubuntu está tudo bem, mas se você usar qualquer outra distro você é um talibã, troll, nojento, filho da ..., você tem que morrer, etc.

    Então esses usuários são os mesmos que dizem que o Linux tem uma má reputação, e não estou surpreso porque com as coisas que eles fazem, qualquer um se intimida.

    Um bom exemplo é você, que não faz nada além de me prejudicar e me insultar.

    Mas vamos lá, eu sei que você voltará com seus insultos e desqualificações pelo simples fato de eu não usar o Ubuntu. Se não com seus preconceitos para com os outros.

    Se eu não uso o Ubuntu por qualquer motivo, ele é tão respeitável quanto aquele que o usa. Ponto.

    Vai ter gente que é afetada pelo DVD, imagina que tem desempregado que mal tem o que comer, e que entre os dois a única coisa que chega ao CD, enfim não, eles já estragaram tudo.

    LTS? Sim, mas não são usados ​​por todos, já que com a versão normal é suficiente.

  6.   Anônimo dito

    Uma coisa é não ser rico, ser de baixa renda e outra bem diferente cair no ridículo de não poder assumir o custo de "um DVD miserável a cada 6 meses" devido a um critério absurdo de economia que neste exemplo é inexistente ou nunca poderia ser aplicado e simplesmente pela diferença de tempo muito grande que existe e que esse gasto supõe, além disso, estamos falando de apenas centavos a cada 6 meses, também que ao longo do tempo a tendência é que as mídias de armazenamento tendem a diminuir ainda mais que preço, mais razão para dizer que sua economia aqui não é nem linear (não seria estranho que logo ou nada, até um CD fica mais caro que um DVD, como já aconteceu com o disquete discos vs CDs, disquetes sendo muito mais caros e estranhos).
    Porém, ninguém obriga a gastar um DVD a cada 6 meses para gravar a versão do Ubuntu de plantão, não é necessário, pois caso você não saiba, existem versões LTS que saem a cada 2 anos e com suporte de 5 anos, nesse caso, seria no pressuposto de querer ir para o mais recente e experimentar a versão mais recente, caso em que o custo de tentar ir para o mais recente não é linear para a economia, então pare de ser ridículo e comece a trabalhar seja o que for leva para tornar aceitável (e se você quiser) gastar um DVD a cada 6 meses.
    Aliás, não inventei o Archoso, já o vi em alguns lugares e usam-no da mesma forma que o termo Ubuntoso, são termos que aparentemente não inventamos nem você nem eu (como o Winbuntu, embora eu já teria querido ser o inventor dessa ou daquelas palavras, todas tão engraçadas quanto ridículas ao mesmo tempo), e no seu caso eu usei isso para me referir a você, simplesmente porque você cai na mesma definição que você use para descrever um talibã ou fanboy que ataca outro por usar uma distro X, além do que atualmente o que mais está pululando (se você notou) são os usuários de outras distros desacreditando quem usa Ubuntu, apenas por ter uma empresa por trás, como muitas outras distros, também têm empresas por trás delas e que, como qualquer empresa, procuram encher os bolsos (não existe empresa boa e melhor).
    Então meu caro «Archoso» (usuário que usa Arch virtualizado desde o Windows Vista e que se dedica a atacar usuários que usam outras distros por motivos do X, seja por ressentimento, trauma ou você sabe por que diabos - aliás, parece mais nojento Archoso que Ubuntoso-), você já sabe.
    Ah, e meu comentário não é racista, eu diria que é apenas "realista".

    Saudações.

  7.   coragem dito

    «De sua boca só saem os piores insultos a todas as mulheres em geral»

    Mas o que acontece com este ??

    Acho que algo muito forte foi fumado xD

  8.   Anônimo dito

    Regras de Ubuntuso? WOW Haha ... Você me fez rir, não fazia ideia de que existia. Pelo que estou percebendo, essa palavra parece ser sua invenção mais do que qualquer outra coisa, é que você definiu as regras de Ubuntuso? É você quem define quando e onde um determinado sufixo deve ser usado? Já disse que só uma criança é capaz de criar tal aberração.
    Infelizmente não tenho tempo para procurar onde vi o Archoso, mas já o vi em alguns comentários onde tanto "Ubuntusos" como "Archosos" e "Mintosos" (sim, também vi xD) se falaram a vida inteira deles, acho Que foi MuyLinux, Ubuntulog ou em Taringa, não me lembro bem agora, descubra se você está tão interessado, aliás, sinto muito desapontá-lo, mas vou repetir, você pode ter certeza de que não sou o inventor de nada.
    No fim, seja como for, este assunto é irrelevante porque, tanto quanto eu sei, nem Ubuntoso nem Archoso (e já coloquei: Debionoso, Mintoso, Fedoroso, Chakroso e todos os URSOS que existiram e existirão) têm lugar nem na wikipedia, nem no RAE etc ... então ... qual é a reclamação?
    Ah, lembre-se de que quem começou a chamar de Ubuntusos «para o pessoal» (e um usuário lá) é você mesmo nos comentários, então não finja se fazer passar por um anjinho, quando perceber seu ódio desdenhoso pelos usuários que usam o Ubuntu principalmente, como um bom menino abandonado cuja menina (para uma boba) o virou com o mais nerd do instituto e que a partir de agora só saem da boca os piores insultos a todas as mulheres em geral, o meu tem falado no mesmo nível que você.
    A propósito, adicionei o "Vista" (embora a invenção não seja minha, é do Billy Puertas -verifique com ela-), para dar um toque mais saboroso no momento, um toque que acho que funcionou , visto que você ficou sem argumentos para refutar sobre o quão relevante e óbvio é o assunto da notícia, um comentário que vejo, você só costumava tentar fazer uma conta de uma estupidez, o resultado de uma invenção de quem sabe o que é um pobre diabo.
    Mas ei, não vou continuar discutindo com você o assunto da notícia, porque com a sua resposta, você já deu para entender a sua posição em relação à nota e nos fez ver, de acordo com o seu critério, qual é o mal cara do filme ... Agora que penso nisso (embora não venha ao assunto) nem quero imaginar o que você vai pensar de distros como Chakra que planejam remover o suporte total de 32 bits para x86 , pobres de seus usuários, pobres de quem não pode pagar um computador de 64 bits, esses Chakra são cerca de% $ & @ & =)? = ~…. oh espere, eles estão perdoados porque no final ... eles não são Ubuntu.
    Saudações, e sem acrimônia meu querido "Archoso".

  9.   coragem dito

    XD go palha tem isso.

    O típico, sem fontes.

    Ele mente mais do que este colega fala.

    Hahaha também já foi mordido hahaha

  10.   coragem dito

    O que é um archoso? xDDD Pelo que eu sei, 99% dos fanboys que usam Linux estão no Winbuntu, e você é um grande exemplo.

    Aquele Archosos que você acabou de inventar porque não existe, você usou o nome seu, fanboys do Winbuntu para criar uma palavrinha, pois lembramos que o argumento dos usuários ubuntuais é sempre o mesmo, ofender e desprezar quem usa outras distros.

    Não, obrigado, eu não uso Vi $ ta, nunca usei no meu computador.

    Antes de julgar alguém, você deve descobrir um pouco sobre as coisas.

    "Embora eu duvide que alguém se importe de onde você é."

    Dá-me que aí existe racismo dissimulado, porque senão não tenho feito comentários que façam alusões, então pode guardar, para depois reclamar se te disserem alguma coisa.

    Não que eu não possa presumir, é que haverá pessoas que são justas e não podem presumir.

    Essa diferença com um único DVD não atrapalha, mas se você começar a adicionar um após o outro a cada 6 meses já aparece.

    A coisa do USB é antiga, mas por razões econômicas nem todo mundo vai comprar um computador toda vez.

    Homem da terra, você está no mundo real, sei um pouco mais realista que nem todo mundo é rico.

  11.   Anônimo dito

    Atualmente a diferença de custo entre um CD ou um DVD é de apenas alguns centavos na maioria dos países desenvolvidos e em desenvolvimento, onde você estará para que a diferença de custo seja milionária e você não possa presumir, embora eu duvide que alguém se importe de onde você é também.
    Mas, ei, é o que você ganha quando é um garoto apoiado que vive dos pais como um parasita e não consegue trabalhar nem para pagar um DVD.
    O outro, acho que a maioria dos computadores da época do pentium 4 em diante, permitem a inicialização por USB e que atualmente um computador não permite é porque simplesmente deve ser um computador que não atende aos requisitos para instalar nenhum sistema operacional médio -corrente, ou permitir uma experiência aceitável.A propósito, por mais que você se dedique a criticar o Ubuntu e seus usuários, sabe dizer o que você usa? Porque plano e vendo como você escreve, me parece que você é um dos Archosos típicos, mas que eles usam virtualizado de sua visão hasefroch.

  12.   coragem dito

    Uff como o colega julga isso sem saber o porquê das coisas. Se o Slackware fosse enorme e permanecesse exatamente o mesmo, não o teria como um sistema despótico, mas bom, faça o seu trabalho, é bom que continue do mesmo.

    No preço? Bem, no seu país eu não sei, mas no meu tem muito.

    A maioria usará USB, mas nem todos os computadores permitem a inicialização via USB

  13.   Peter dito

    ammm Acabei de ler a discussão xD, mas olhe para mim, por exemplo, eu uso o arch em um pc, você pode dizer que é bom cerca de 4 anos atrás 😛 4gb ram Phenom II x6 processador placa gigabyte com usb 3.0 etc ... pior se eu usar arco é porque gosto de aprender a saber O sistema operativo que utilizo, no windows wso bem, quase nem sonha hehe, mas também usei ubuntu e tenho que admitir que às vezes poupa muito do trabalho de instalação embora O arch é totalmente personalizável, mas já tive pesadelos sem mentir quando quis configurar o KDE com o arch na minha área de trabalho, que assusta muitos que acabaram de se juntar ao mundo do Linux, como configurar impressoras por navegador etc ... então por que a luta, cada um usa o que mais gosta e se ajusta às suas necessidades, agora se você tem tempo e está tão entediado sem saber o que fazer, instale em um pequeno arco de partição para aprender e matar o tempo, se você gosta bem, se não , exclua-o e, ao mesmo tempo, a comunidade é uma que não temos porque dissemos Vidirnos, isso é um absurdo meninos unidos a comunidade vai crescer se formos UNIDOS !!